Sirlei Theis

Como saber a hora de se reinventar?

Por 12/08/2019, 09h:00 - Atualizado: 12/08/2019, 13h:30

Dayanne Dallicani

Colunista Sirlei Theis

Desde o dia que nascemos somos bombardeados com informações prontas e muitas delas se tornam crenças que vão definir como vamos reagir nas adversidades que vão surgir em nossa vida, porque essas, com certeza, inevitavelmente virão. A única coisa que pode ser diferente é como elas serão recebidas e principalmente como vamos reagir.

Vejo, atualmente, uma geração de jovens incapazes de lidar com as adversidades, desistem no primeiro contratempo, no primeiro vento e na menor tempestade. Tudo isso, é muito preocupante

Vejo, atualmente, uma geração de jovens incapazes de lidar com as adversidades, desistem no primeiro contratempo, no primeiro vento e na menor tempestade. Tudo isso, é muito preocupante, porque vivemos na era de se reinventar, pois de acordo com muitas pesquisas, em breve muitas das profissões que ainda estão sendo ensinadas nas faculdades não mais existirão. Você está preparado para as mudanças que virão?

Se reinventar, significa sair da zona de conforto, enfrentar desafios, acreditar em sonhos e trabalhar para que eles deixem se ser sonhos e se tornem realidade. É claro que se reinventar demanda riscos e exatamente por isso, que é preciso coragem para enfrenta-los e não deixar as oportunidades passarem. Como saber a hora certa de se reinventar?

Eu já tive que me reinventar diversas vezes, nem todas eu acertei, mas o aprendizado que ganhei em cada uma delas é o que de fato importa e sei que muitas reinvenções ainda virão. Estar aberto às mudanças é o que permitirá a evolução constante do ser humano.

O problema é que assim que decidirmos nos reinventar vamos invariavelmente sair da nossa zona de conforto, vamos ter que deixar lugares já conhecidos e que nos levam a situações de extremo conforto.

Precisamos ter coragem, precisamos querer e principalmente teremos que enfrentar nossos medos e todas as situações que ao longo dos anos estão nos limitando. Sempre que você cresce você acaba perdendo algo. Aquela roupa que você amava aos 11 anos de idade, não cabia mais em seu corpo aos 13. Crescer vai sim nos obrigar a abandonar coisas que eram tão queridas e que em determinado momento chegaram a definir nossa personalidade. É aquela camiseta que o tempo deixou fora de moda, o carro que ficou ultrapassado, lugares e pessoas que acabam perdendo o sentido. O grande problema é que isso funciona muito bem com coisas e pessoas, mas quando levamos esta analise para o campo das emoções isso já não funciona tão bem. Alguns vão preferir viver como se fossem a Gabriela, eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou assim. Eliminar este padrão de pensamento vai exigir muito de você e toda pessoa que estiver determinada a se reinventar vai precisar enfrentar este tipo de dor, sem ela não haverá mudança e tão pouco crescimento.

Se reinventar como amigo, como esposa naquele relacionamento que anda morno, como colega de trabalho, como profissional, como filho ou como pai e mãe, demanda muitas vezes desconstruir verdades até então tidas como certas e absolutas

Recentemente, a ex vítima de um relacionamento abusivo Mel di Pietro, que aderiu ao projeto supere-se, revirou sua vida. Um ano e meio depois da agressão, ela declarou: “a vida me virou do avesso e eu descobri que esse é o meu melhor lado”. Não foi fácil no início, mas ela conseguiu transformar o que de pior aconteceu na vida dela em uma oportunidade para mudar até de profissão. Assim, como a Mel, diariamente muitas pessoas enfrentam desafios para se reinventar, mas também existem aquelas que por medo de errar se enterram na mesmice e por consequência deixam de fazer novos acertos.

Se reinventar como amigo, como esposa naquele relacionamento que anda morno, como colega de trabalho, como profissional, como filho ou como pai e mãe, demanda muitas vezes desconstruir verdades até então tidas como certas e absolutas. A questão aqui é que um primeiro passo precisa ser dado, seu futuro pode depender disso. As vezes poderá ser um pequeno passo, daqueles que damos todos os dias para pular uma pedrinha ou vencer um pequeno obstáculo.

Também pode ser aquele passo difícil que irá exigir um esforço sobre humano da sua parte. Não importa o tamanho do desafio que você terá pela frente, se o primeiro passo for dado, nada irá te impedir de conquistar o almejado. Quando não se sentir mais confortável em determinada situação e estiver se sentindo ligado no automático, vivendo num mundo de aptidões limitadas, pode ser que o momento chegou e ouvir o som que vem do seu coração pode te levar a a coisas inimagináveis. Mente, coração, razão, um tripé que pode te elevar a um ponto nunca antes sonhado, nunca antes imaginado.

No campo das emoções as montanhas mais altas poderão ser vencidas, os abismos mais profundos poderão ser cruzados, os medos mais terríveis poderão ser enfrentados, enfim, se você determinar, nenhum fator externo poderá te impedir de vencer, acredite! Cada dia é uma nova oportunidade para se reinventar, então comece agora.

Sirlei Theis é advogada, especialista em gestão pública, palestrante e treinadora comportamental e escreve com exclusividade para esta coluna às segundas. E-mail: sirleitheis@gmail.com. Instagram: @sirleitheis. Facebook: sirleitheisoficial

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Raquel | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 20h02
    1
    0

    Maravilhoso artigo Sirley, se somos capazes de pensar, somos capazes de realizar. Gratidão pela sua vida que traz luz a cada artigo para nossas vidas.

  • HERMES SERRA | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 17h28
    2
    0

    Parabens Sirley, Mais um Artigo interessante. Concordo plenamente: se você determinar, nenhum fator externo poderá te impedir de vencer, acredite! Cada dia é uma nova oportunidade para se reinventar, então comece agora.

  • Marta | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 16h39
    1
    0

    Assim como a água não é?não para diante dos obstáculos,mas cria novas rotas até chegar ao seu destino final,a imensidão do mar...

  • Marta | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 16h38
    1
    0

    Assim como a água não é?não para diante dos obstáculos,mas cria novas rotas até chegar ao seu destino final,a imensidão do mar...

  • Bethina Azevedo | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 15h19
    2
    0

    Parabéns pelo artigo Sirlei, muito motivador e inspirador...e como já te disse antes: se tens asas, voe....rsrsrsrs....sucessos com o seu projeto, tem tudo pra dar certo. Estou na torcida...bjs

  • Gonçalina | Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 15h16
    2
    0

    Amo as suas postagens

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

Selma vê maior conforto no Podemos

selma curtinha 400   No grupo de WhatsApp "PSL Mulher MT", Selma Arruda (foto) escreveu um texto de despedida do partido. Disse estar chateada "com tudo isso", mas que não perdeu a fé e que o Governo Bolsonaro vai dar certo. Afirma sair do PSL com "coração partido" e que continua com os mesmos ideais no Podemos, onde...

Podemos esperando Selma se salvar

alvarodias_curtinhas   Na busca para ampliar a bancada do Podemos no Senado, o senador Alvaro Dias, derrotado à presidência no ano passado, só correu atrás de Selma, no sentido de convencê-la a se filiar no partido, depois que foi informado que ela tem chances reais de derrubar no TSE a cassação por...

Fávaro e esperança em assumir vaga

carlosfavaro_curtinha   O representante do escritório de MT em Brasília Carlos Fávaro (PSD) está convicto de que a senadora Selma não só será cassada de vez pelo TSE nos próximos meses, como a decisão da Corte lhe permitirá assumir a vaga enquanto não for eleito um novo...

Maturidade e nova visão sobre o TCE

janaina_riva_curtinha   No segundo mandato e sentindo-se mais madura politicamente, apesar de ainda bem jovem – completou 30 anos em 21 de janeiro – a deputada Janaína Riva revela que pensa diferente sobre a indicação de políticos ao cargo de conselheiro do TCE. Ao autorizar os colegas a derrubar a...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.