Cuiabá, somos todos 300

Por 25/03/2019, 08h:02 - Atualizado: 25/03/2019, 09h:50

sirlei theis artigo fixo segunda

Sirlei Theis

O dia do nascimento é um marco na vida de uma pessoa, motivo suficiente para uma comemoração. É o momento de celebrar e agradecer por todas as conquistas, mas existem alguns aniversários que são mais esperados.

O aniversário de 1 ano, é a data esperada pelos pais para apresentarem o filho para os amigos; o aniversário de 3 anos, quando a criança já entende o que se comemora; o aniversário de 15 anos, aquele esperado pela maioria das adolescentes; os 18 anos e ainda outros também importantes. Empresas comemoram com orgulho o aniversário que atesta a solidez no mercado.

Agora, será que comemorar o aniversário de uma cidade também é importante?

Sempre vejo um destaque especial em comemorações específicas como de 10, 20, 50, 100, 200 anos. Os centenários são mesmo a cereja do bolo e Cuiabá, esta senhora tricentenária, caminha altiva rumo aos 300 anos. Oportunidade impar para mim, para você e para todos nós.

No dia 08 de abril de 1719, às margens do rio Coxipó, o bandeirante Paschoal Moreira Cabral declarou a fundação de Cuiabá.

Três anos depois descobriu-se as lavras do sutil, na região onde hoje está a Igreja de São Benedito. Dizem que naquele local um dos índios que acompanhava a comitiva saiu para buscar algo para o grupo comer. Voltou com mel em uma das mãos e uma grande pepita de ouro na outra.

Aqui muitos brasileiros lutaram, trabalharam para que vencêssemos o tempo e as adversidades

Sirlei Theis

Nossa terra é cheia de histórias. Aqui muitos brasileiros lutaram, trabalharam para que vencêssemos o tempo e as adversidades. Cuiabá recebeu de portas abertas muitos e ilustres imigrantes, dentre os quais podemos citar Mauro Mendes, que aqui chegou e fez fortuna, foi prefeito de nossa querida capital e agora governador de nosso Estado.

Lá se vão 300 anos de muitas historias e realizações e uma pesquisa recente, publicada na revista exame, aponta Cuiabá como uma das melhores cidades para se investir no Brasil. Isso, por si só, seria motivo para o cuiabano comemorar este tricentenário, e se formos falar aqui o quanto evoluímos nestes últimos cem anos, no final teríamos um belo livro.

Justamente agora quando estamos quase as vésperas dessa importante comemoração vem a noticia de que a festa vai ser cancelada.

Será que de fato é isso mesmo ou está faltando vontade e engajamento político daqueles que eleitos foram para apresentar soluções?

O evento de aniversário de Cuiabá ficará registrado na história, pois festa igual só daqui 100 anos.

O que comumente temos notado, é que sempre que um assunto polemico é trazido à baila, busca-se a mais rápida solução e nem sempre é feita a melhor escolha. No caso da festa, o governador decidiu, na minha opinião, precipitadamente, quanto a não realização da mesma na Arena Pantanal, atendendo sugestão apenas do Ministério Público, quando na realidade deveria promover uma discussão mais ampla em uma audiência pública, por exemplo. É um desgaste que ele não precisaria assumir sozinho, principalmente nessa gestão que desde o início tem adotado medidas nada populares.

 Um bom caminho neste momento seria a Assembleia Legislativa propor uma audiência publica para debater o tema com os seguimentos envolvidos, pois 24 deputados, representantes do povo foram eleitos e necessariamente precisam participar efetivamente em situações que podem trazer prejuízos para a administração pública, como já foi anunciado na mídia.

Em 1962, o professor Ezequiel Pompeu Ribeiro de Siqueira e Luis Cândido da Silva se uniram para falar sobre Cuiabá. Disseram eles: “Recendes qual um rosal, enterneces corações, ergues a Deus orações, para venceres o mal”. Palavras e sentimentos que compõe o Hino de nossa cidade. Não podemos esquecer quem somos.  

Sirlei Theis é advogada, especialista em gestão pública e escreve com exclusividade para esta coluna às segundas-feiras. E-mail: sirleitheis@gmail.com. Instagram: @sirleitheis. Facebook: sirleitheisoficial

Postar um novo comentário

Arco de alianças define vice de Eliene

eliene liberato 400 curtinha   A professora e vice-prefeita de Cáceres, Eliene Liberato (foto), pré-candidata do PSB à sucessão municipal, disse que a definição do nome para vice de sua chapa só sairá na pré-convenção. Até lá, o amplo arco de alianças...

Pesquisa derruba discurso de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O resultado da pesquisa Analisando, que traz Emanuelzinho com boa vantagem nas intenções de voto sobre todos os pré-candidatos a prefeito de Várzea Grande, está provocando uma reviravolta nos bastidores. Os dados vieram a público nesta quinta, em publicação no...

Tucano dá título a Bolsonaro em Sinop

dilmair callegaro 400 curtinha   O presidente Jair Bolsonaro, que comanda o país desde janeiro do ano passado, irá receber o título de Cidadão Sinopense, mesmo sem previsão de pisar os pés, por enquanto, ao município considerado Capital do Nortão. A homenagem partiu do vereador do PSDB Dilmair...

Ação pró-Thiago, mas Luizão resiste

carlos bezerra 400   Com uma pesquisa debaixo do braço, cujo resultado traz Thiago Silva na dianteira na corrida à Prefeitura de Rondonópolis, inclusive na frente do prefeito Zé do Pátio (SD), o MDB de Carlos Bezerra (foto) tenta convencer o empresário Luizão (PRB) a recuar para apoiar o...

Padrinho político de Fabio a prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Após se reunir com o governador Mauro Mendes (foto) na sexta (14), o suplente de senador Fabio Garcia, presidente regional do DEM, deve oficializar sua pré-candidatura à Prefeitura de Cuiabá. Fabinho quer discutir com Mauro, que é seu padrinho político, o arco de aliança e...

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.