Sirlei Theis

Mãe também sente prazer

Por 01/03/2021, 07h:28 - Atualizado: 01/03/2021, 07h:34

Arte/Dayanne Dallicani

Colunista Sirlei Theis

Como ficou a sua vida sexual depois da Maternidade?

Nos primeiros meses após o nascimento do bebê a mãe e o filho vivem um estado quase simbiótico, sendo natural que o desejo sexual não esteja tão presente, pois ela está muito focada na maternidade e nos cuidados com o bebê.

Nesse momento é necessário muito companheirismo entre o casal e compreensão, principalmente do parceiro, que precisa respeitar esse momento de tanta mudança que a mulher está passando.

Não podem esquecer que a sexualidade é a base do relacionamento, que propicia intimidade e prazer. Quando ela não está presente pode gerar vários problemas como separações, traições ou um afastamento tão grande entre o casal, que acabam se tornando quase irmãos ou mãe e filho.

Alguns casais após o nascimento dos filhos até passam a se chamar de pai e mãe. Isso é crucial para a perda do interesse sexual e afastamento entre os parceiros.

A sexualidade é vital para um relacionamento, representa a continuidade da vida e o desejo sexual, a vontade de viver, enquanto que o prazer é aquilo que precisa ser alimentado dia a dia para não morrer. Num relacionamento a dois quanto mais se estimular o prazer, mais vai se fazer presente.

Muitas mulheres depois de terem filhos se tornam apenas mães, acabam esquecendo o papel de esposa e principalmente da sexualidade.

A vida sexual ativa é muito importante para a saúde e bem-estar da mulher, por isso não pode ser esquecida mesmo após o nascimento dos filhos. É importante para a saúde emocional, mental e física dela, devendo ser estimulada pelo casal, inclusive com a divisão de tarefas para que a mulher se não se canse tanto

Sirlei Theis

E quando se fala em sexo e maternidade existem vários fatores que podem interferir nesse estímulo, começando pelo vínculo mamãe-bebê, as mudanças na produção de hormônios, em questões práticas da vida, mudanças no corpo ou até das crenças familiares de que o sexo é sujo ou indecente.

A vida sexual ativa é muito importante para a saúde e bem-estar da mulher, por isso não pode ser esquecida mesmo após o nascimento dos filhos. É importante para a saúde emocional, mental e física dela, devendo ser estimulada pelo casal, inclusive com a divisão de tarefas para que a mulher se não se canse tanto.

O sexo é bom e o fato da mulher se tornar mãe, não transforma o ato sexual em algo ruim ou pecaminoso.

As crenças em torno da sexualidade de acordo com Berth Hellhinger, no livro, no centro sentimos leveza: “O pudor em nomear nosso ato mais íntimo e em desejá-lo, como o mais importante e mais próximo numa relação conjugal, decorre certamente de que, em nossa cultura, o ato do amor entre o homem e a mulher é considerado por muitos como algo indecente, como uma necessidade indigna. Entretanto, é a maior realização humana possível.”

Essas crenças geralmente são passadas de geração para geração e estão fixadas no subconsciente da mulher ou até do homem, que deixa de ver a parceira como mulher, mas apenas como mãe de seu filho, tirando completamente o interesse sexual pela companheira.

É importante observar que o tempo pode variar de uma mulher para outra, por isso não se culpe, caso caminhar em outro ritmo, porém não se acomode também.

Deixar de ser a super-mulher que consegue fazer tudo sozinha pode ajudar a diminuir o cansaço, por isso incluir o parceiro nas tarefas com o bebê vai ajudar muito. Afinal ele também tem interesses e a responsabilidade da volta da vida sexual é dos dois.

Façam isso a dois, esbanjem da cumplicidade, resgatem a paixão e tenham uma vida plena e feliz, afinal a maternidade é uma benção e de forma alguma deve ser encarada como um empecilho para a vida do casal.

Sirlei Theis é advogada, especialista em gestão pública, palestrante e treinadora comportamental e escreve com exclusividade para esta coluna às segundas. E-mail: sirleitheis@gmail.com. Instagram: @sirleitheis. Facebook: sirleitheisoficial

Postar um novo comentário

Mais 20 respiradores para Cáceres

leonardo 400   O Ministério da Saúde enviou mais 20 respiradores para Cáceres, em atendimento ao pedido do médico  e deputado federal Leonardo (foto). Os equipamentos foram entregues na segunda (12) para a secretaria municipal de Saúde e serão instalados no Pronto Atendimento Municipal para tratar...

Isenção de IPVA a algumas categorias

max russi 400   A Assembleia Legislativa deve aprovar esta semana uma proposta do governo para, em tempos de pandemia, isentar algumas categorias do pagamento de Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) do exercício de 2021. O projeto chega nesta quarta à Mesa Diretora, sob Max Russi (foto), e vai ser votado no...

CAA-MT fará vacinação contra H1N1

ittalo leite 400 caixa de assistencia   A Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA/MT), presidida por Ittalo Leite (foto), já deu início à Campanha de Vacinação Contra a gripe H1N1. Serão disponibilizadas seis mil doses da vacina para imunização contra a Influenza A e B,...

Governo compra 103 motos para PM

O governo estadual vai entregar nos próximos dias 103 motocicletas à Polícia Militar. Isso deveria ter ocorrido nesta segunda, mas foi adiado e ainda sem data definida. As motos serão utilizadas pelas equipes de policiais da Companhia Raio de Moto-Patrulhamento, Força Tática e pelo policiamento ordinário na Região Metropolitana de Cuiabá e em vários outros municípios. No primeiro lote, o governador Mauro...

Ex-prefeito, contratos e multa do TCE

jeovan faria 400   O ex-prefeito de Campinápolis, Jeovan Faria (foto), vai ter de pagar uma multa equivalente a 10 UPFs/MT, o que corresponde hoje a R$ 1,8 mil, como punição por contratação de pessoal por tempo determinado sem atender à necessidade temporária de excepcional interesse público....

Decon investiga "fura-fila" da vacina

O delegado Rogério Ferreira, da Especializada do Consumidor (Decon), instaurou o que se chama de Auto de Investigação Preliminar para apurar possíveis irregularidades no cumprimento da ordem de vacinação contra a Covid-19 dentro dos critérios estabelecidos pela Prefeitura de Cuiabá. Na prática, busca investigar possíveis situações de “fura-fila” e outras circunstâncias ilegais. Rogério...