Sirlei Theis

O discurso do DEMAGOGO

Por 23/11/2020, 08h:09 - Atualizado: 23/11/2020, 08h:52

Arte/Dayanne Dallicani

Colunista Sirlei Theis

Ser articulista fixa há quase 2 anos tem sido um grande desafio para mim todos os finais de semana. Não importa se na segunda-feira será feriado, se vai chover ou fazer sol, se vou viajar ou ficar em casa no final de semana, se estou bem ou não, o artigo precisa ficar pronto até o domingo a noite. Já foram mais de 100 artigos escritos nesse período, mais de 100 temas, mais de 100 ideias lançadas para a critica do leitor.

 É um compromisso comigo mesma, pois consigo me disciplinar, estudar e lançar minhas ideias para debates, mas em certas semanas, confesso que falta energia, falta ideia, falta assunto atual, falta pauta interessante para falar e fico na dúvida quanto ao assunto que vou escrever.

Hoje, é um dia desses em que esperei até a última hora pela inspiração e ela veio de um grupo no WhattsApp, onde o meu amigo e jornalista Eduardo Gomes (Brigadeiro), comentava sobre os políticos e candidatos que escrevem artigos apenas no período da campanha política. Nesse período surgem muitas pessoas pensantes e críticas, dispostas a falar sobre as suas ideias e debater os temas que estão em evidência, mas logo depois que acontecem as eleições, essas mesmas pessoas desaparecem e voltam depois de 2 ou 4 anos.

No período eleitoral, surgem muitos ativistas, pessoas que nunca falaram ou fizeram algo em relação a causa abordada, mas de uma hora para outra se tornam especialistas, defensores de uma vida toda. De repente do nada surgem políticos compromissados, atentos ao bem-estar de determinados grupos, mas no primeiro pé de vento se afastam em prol de interesses pessoais.

O engraçado nisso tudo é que a grande maioria defende aquilo que não conhece, são ativistas de uma causa fantasma, isso quando não roubam a ideia alheia apenas tentando surfar uma onda imaginária que podem lhe render votos, pelo menos esta é a esperança.

Tem aqueles que chegam ao cúmulo de contratar as pessoas que vão escrever sobre “suas ideias”. São os donos do discurso pronto e vazio.

Nesta eleição tivemos mais de 700 candidatos a vereadores em Cuiabá e muitos outros Mato Grosso a fora. Você vai perceber que a grande maioria vai mesmo desaparecer na escuridão da derrota. Não vão ter força para continuar lutando pelos “seus ideais”, por que na verdade nada era real. Tudo não passou de arapuca para tentar pegar o incauto eleitor que deu a resposta nas urnas.

O populismo midiático-vingativo nunca diminuiu nenhum tipo de crime em nosso país, essa é a bem da verdade. O máximo que conseguimos foi prender por algum tempo alguns corruptos, que logo foram soltos para usufruir o fruto da corrupção

Sirlei Theis

Muitos já conseguiram se eleger com a pecha da anticorrupção e temos inúmeros exemplos, recentes inclusive, onde depois de eleitos nada fizeram em relação a questão estrutural da corrupção existente no Brasil.

Anticorrupção, a pauta mais demagoga de todas, pois quem já estudou profundamente sobre o tema sabe muito bem, que o combate a corrupção não acontece apenas na esfera do discurso ou ao eleger somente um dos lados para combater. A corrupção é estrutural como já disse e está em todas as esferas da administração pública, devendo ser combatida com ações contínuas e eficientes e não com discurso demagógico, que poupa um lado porque lá tem amigos ou interesses pessoais. Nada é mais vazio e demagógico do que se colocar fortemente contra algo, que ninguém é a favor ou deveria ser.

O populismo midiático-vingativo nunca diminuiu nenhum tipo de crime em nosso país, essa é a bem da verdade. O máximo que conseguimos foi prender por algum tempo alguns corruptos, que logo foram soltos para usufruir o fruto da corrupção. E o pior de tudo isso, é que são substituídos por outro grupo que não fará muito diferente porque a questão é estrutural e na pauta do demagogo não existe conhecimento suficiente e nem aparece as ações que poderão mudar de fato essa realidade.

O que precisamos é de políticas públicas eficientes com menos falácia e mais ação, capazes de mudar essa realidade num futuro não muito distante.

Discursos são formados pela mesma matriz, fora isso, tudo não passa de engodo eleitoreiro e isso não cabe mais em nosso mundo, é hora de fugirmos dos discursos falaciosos e vazios, de nos emanciparmos, como dizia o filósofo Kant no século XVIII, ou continuaremos contabilizando cadáveres antecipados.

Sirlei Theis é advogada, especialista em gestão pública, palestrante e treinadora comportamental e escreve com exclusividade para esta coluna às segundas. E-mail: sirleitheis@gmail.com. Instagram: @sirleitheis. Facebook: sirleitheisoficial

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Prof Aleomar Lara | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 18h53
    3
    4

    Ficar em casa assistindo Netflix e tomando vinho do Porto e escrevendo artigos fracos não é trabalhar. É FESTA.

  • Gonçalina | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 16h26
    4
    1

    Precisamos de mais ações e não promessas, na campanha os candidatos conhecem a necessidade do seu povo e depois de eleitos só lembram das próprias necessidades. Parabéns querida Sirlei pela matéria

  • Maria Cláudia Fuzari | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 15h06
    6
    1

    Parabéns Sirlei pelo texto claro e conciso com a nossa atual realidade.

  • Ana Paula | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 14h48
    7
    0

    Excelente artigo, reflete muito bem o cenário atual.. Serve para que nós eleitores nos nos atentemos a esse tipo de politico temporal que só aprece em época de campanha eleitoral.

  • Sebastião Finotto da Silva | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 13h35
    7
    0

    Parabéns. Artigo com abordagem perfeita. Espelha muito bem a realidade!

  • Maria Cláudia Fuzari | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 12h09
    6
    0

    Parabéns Sirlei um texto claro e conciso.

  • NATALICIO CONSTANTINO DA SILVA FILHO | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 11h22
    8
    0

    Parabéns pelo artigo, infelizmente esta é a realidade da Política brasileira, concordo com a Senhora muita falácia e pouca ação

  • Tereza Augusta | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 10h59
    7
    0

    Parabéns!! Maravilhoso texto!!!

  • AROLDO DE LUNA CAVALCANTI | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 10h28
    7
    0

    Análise profunda. Mandou bem. Parabéns

  • Caroline Piveta | Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 10h03
    7
    0

    A mais pura verdade. A eleição para mim, foi um aprendizado onde deixei o medo de expor os meus ideais.

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.