Sirlei Theis

Por que procrastinamos?

Por 10/02/2020, 07h:21 - Atualizado: 10/02/2020, 07h:27

Dayanne Dallicani

Colunista Sirlei Theis

Todas as pessoas em certo momento da vida já deixaram algo para fazer depois que poderiam ter feito de imediato e ocuparam o tempo com coisas sem tanta importância 

De acordo com o dicionário, Procrastinação é o diferimento ou adiamento de uma ação. Para a pessoa que está a procrastinar, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de produtividade e vergonha em relação aos outros, por não cumprir com as suas responsabilidades e compromissos.

Fiz uma live no meu instagram com a Coach Leydiany Rosa e o assunto do dia foi a procrastinação. Depois dessa live muitas pessoas entraram em contato porque se identificaram como uma pessoa procrastinadora ou porque ficaram na dúvida se eram ou não, fato que me levou a escrever esse artigo.

Todas as pessoas em certo momento da vida já deixaram algo para fazer depois que poderiam ter feito de imediato e ocuparam o tempo com coisas sem tanta importância. É natural que isso aconteça esporadicamente, principalmente se estiver cansado, porém é preciso tomar cuidado para isso não se tornar um hábito e o “deixar para depois” virar regra na vida da pessoa e se tornar um procrastinador.

Reitero que todos nós adiamos uma tarefa ou outra, mas o comportamento para ser caracterizado como de um procrastinador é aquele que gera atrasos nas tarefas mais importantes, podendo gerar consequências para si ou para outras pessoas.

A pergunta que sempre vem é o que leva uma pessoa a procrastinar ações importantes, deixando-as para a última hora? Seria por conta da preguiça ou há outro motivo por trás desse comportamento?

É comum as pessoas pensarem que a falta de gerenciamento do tempo e a preguiça são os grandes vilões, mas a verdade é que a procrastinação está ligada com as questões emocionais que aquela tarefa pode provocar. Seja o sentimento de incapacidade, o medo de não estar preparada para a tarefa ou até de conseguir realiza-la e depois não estar preparado para a cobrança que esse ato pode resultar.

O cérebro de um procrastinador busca  evitar os efeitos negativos que aquela ação pode provocar em sua mente, por isso substitui impulsivamente uma tarefa por outra que momentaneamente sobrepõe os sentimentos negativos 

O cérebro de um procrastinador busca  evitar os efeitos negativos que aquela ação pode provocar em sua mente, por isso substitui impulsivamente uma tarefa por outra que momentaneamente sobrepõe os sentimentos negativos. É o cérebro querendo manter a pessoa na zona de conforto ou de evitar possíveis situações desagradáveis.

Importante destacar que é possível melhorar o comportamento dos procrastinadores, mas a causa emocional que gera a procrastinação precisa ser identificada e tratada e não o efeito da mesma.

Identificado o motivo que lhe faz procrastinar é necessário buscar o método ou ferramenta que auxilie nesse processo.

A  agenda é uma ferramenta que sempre indico, pois pode ser usada como um reforço externo para não tirar a pessoa do foco, além de outros métodos como bloquear estímulos externos (celular, mídias sociais, TV, durante a realização da tarefa) e dividir tarefas grandes em vários passos, para não se tornar cansativa e desestimulante para o procrastinador.

Se você identificou que procrastina algumas tarefas importantes e quer parar de adia-las, use os passos acima e comece a sua mudança pessoal, se tornando uma pessoa muito mais produtiva.

Supere-se e construa um futuro de sucesso.

Sirlei Theis é advogada, especialista em gestão pública, palestrante e treinadora comportamental e escreve com exclusividade para esta coluna às segundas. E-mail: sirleitheis@gmail.com. Instagram: @sirleitheis. Facebook: sirleitheisoficial

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • ma.dulci@live.gmailcom | Segunda-Feira, 10 de Fevereiro de 2020, 10h28
    1
    0

    Gente é exatamente isso que acontece comigo e depois ainda vem o sentimento de arrependimento por ter deixado de fazer ou muito estresse quando tenho que fazer a tarefa na última hora.

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.