Sirlei Theis

Renúncia de Moro - O lado bom do fim

Por 27/04/2020, 07h:43 - Atualizado: 27/04/2020, 07h:47

Dayanne Dallicani

Colunista Sirlei Theis

As vezes fazemos planos, as vezes mudamos a rota de nossa vida imaginando ser aquele caminho que nos levará ao porto seguro. Nem sempre essa vai ser uma garantia. São grandes as chances de que as coisas fujam ao nosso controle. Não existe uma garantia de que suas escolhas vão te levar para o topo ou para o ponto desejado. As vezes os planos vão se desfazer pelo caminho. As vezes a mudança de rota vai nos lançar num mar revolto. Às vezes, a vida é assim, cheia de incertezas e de surpresas. O fato é que vivemos nos preparando para agir e muitas vezes nos esquecemos de como reagir.

No caso da saída de Moro, depois de tudo que se ouviu, a espera para tomar uma atitude poderia resultar numa crise ainda maior

Entre a ação e a reação reside o mais profundo de nossa história, nossa vida. Precisamos compreender que a nossa vida está cheia de começos, fins e recomeços. O fim de algo pode ser encarado de diversas formas, depende do ângulo que olhamos.

Aceitar o fim não é uma tarefa fácil para ninguém, porque de certa forma somos levados a acreditar que o fim não é bom. Aprendemos a focar na dor daquilo que acabou e não na possibilidade que o fim pode nos proporcionar.

Na vida profissional nos desmanchamos quando aquele emprego chega ao fim, quando a empresa fecha ou quando um projeto termina. Mas nunca houve garantia de que algo fosse eterno, que seria para sempre, o que existem são planos e projetos. Não existe perenidade na vida, nem mesmo este dom divino nos presenteado por Deus é perene. Na verdade, tudo é fugaz e passageiro, o que torna esta realidade irreal, é a nossa maneira distorcida de encarar o hoje. Torna-se quase um vício não entender que temos apenas o presente para viver e fazer valer a pena. A frustração provocada pelo fim, pela perda não passa de ilusão.

Existem aqueles fins que não estão diretamente ligados a nós, mas que indiretamente interferem em toda a nossa existência, é o caso por exemplo da troca de um ministro de governo.

No caso brasileiro foram duas trocas recentes. Comoção nacional e os grupos do pró e do contra se formaram. O fim de uma gestão e o início de outra é algo natural em qualquer governo. É claro que as mudanças poderiam esperar atravessar a pandemia, mas não sabemos o que de fato acontecia ou acontece no ambiente do governo.

Depois das declarações do ministro Sérgio Moro e também das do Presidente da República, ficou muito claro que a relação já não ia bem, já não caminhavam em sintonia, a confiança havia acabado. E como o próprio Presidente gosta de falar, é como num casamento, quando se perde a confiança, dificilmente se recupera. Insistir, poderia ser pior.

No caso da saída de Moro, depois de tudo que se ouviu, a espera para tomar uma atitude poderia resultar numa crise ainda maior.

O fato de um ciclo se encerrar não significa que o próximo será ruim. Ruim seria continuar da forma que estava

Como na maioria dos fins de relacionamentos, resta agora muitas mágoas e ataques de ambos os lados e no meio de tudo isso, os brasileiros, perdidos com tantas informações, tal qual os filhos quando os pais se separam.

O fato de um ciclo se encerrar não significa que o próximo será ruim. Ruim seria continuar da forma que estava. A bem da verdade é que só temos uma opção, acreditar que as mudanças serão boas para o Brasil. O Sérgio Moro cumpriu sua missão, não podemos esquecer o que representou para os brasileiros no combate a corrupção.  Mas agora chegou a vez do Jorge de Oliveira, um novo ciclo se inicia e que seja o melhor para todos nós brasileiros.

Então pense bem nos muitos finais que já lhe acompanharam até aqui. A cada fim o início de um novo ciclo e com ele um novo aprendizado, um novo crescimento. Sem os fins não seríamos quem somos, estaríamos estagnados na mesmice e talvez bem menores do que somos agora.

Sirlei Theis é advogada, especialista em gestão pública, palestrante e treinadora comportamental e escreve com exclusividade para esta coluna às segundas. E-mail: sirleitheis@gmail.com. Instagram: @sirleitheis. Facebook: sirleitheisoficial

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Gonçalina | Segunda-Feira, 27 de Abril de 2020, 11h15
    4
    0

    Mais uma vez esplêndida, assim é a minha amiga Sirlei

  • Eleitora | Segunda-Feira, 27 de Abril de 2020, 08h46
    6
    0

    Toda mudança trás incertezas, mas temos que sempre acreditar que irá melhorar. Tenho Fé que o Brasil NÃO irá entrar em um caos, pq quem perde é sempre o POVO.

  • Homero | Segunda-Feira, 27 de Abril de 2020, 08h34
    4
    0

    Simples, assim... sem entrar no mérito da discussão a comentarista dá uma lição de vida. Parabéns a ela !

  • Jorge | Segunda-Feira, 27 de Abril de 2020, 08h11
    4
    0

    Perfeito.

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

Dorner vai tentar prefeitura de novo

roberto dorner 400 curtinha   Em Sinop, o empresário e ex-deputado federal por alguns meses Roberto Dorner (foto), que deixou o PSD e aderiu ao Republicanos, está disposto a encarar de novo a disputa a prefeito. Em 2016, ele perdeu para Rosana Martinelli (PR) por uma diferença de 3.388 votos. É possível que ambos...

Um líder sob insatisfação dos colegas

dilmar dal bosco curtinha 400   O líder do governo na Assembleia, Dilmar Dal Bosco (foto), tem enfrentado crítica velada e insatisfação dos colegas, principalmente dos deputados da base. Reclamam que o interlocutor do governador Mauro não move uma palha em defesa da liberação das emendas e, nas...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.