Vinícius Masutti

Porque a cerveja artesanal é muito mais saudável?

Por 20/07/2019, 11h:11 - Atualizado: 20/07/2019, 11h:17

Dayanne Dallicani

Colunista Vin�cius Masutti

 

Porque em geral, cervejas artesanais podem ser classificadas como cervejas naturais. Isso porque são produzidas apenas com ingredientes naturais, o malte, um cereal, o lúpulo, uma planta, a água, a levedura ou fermento e dependendo do estilo, especiarias e frutas. Mas e aquela de sempre, do mercado, do churrascão? Não, aquela é uma cerveja quase artificial e eu te conto porque.

Pra começar, nossa legislação permite a substituição de até 45% do malte por outra fonte de açúcar (o malte fornece açúcar nobre pra fermentação acontecer) e a grande indústria opta pelo uso de um ingrediente chamado “high maltose”, uma espécie de xarope superconcentrado extraído do milho. Seria como o açúcar de cana refinado, que não é um ingrediente artificial (chegaremos lá), mas não é dos mais saudáveis. E a grande indústria usa isso, porque é muito mais barato do que o malte, mas não traz cor nem sabor pra cerveja, só serve pra gerar álcool, e cá entre nós, eles não estão muito preocupados em oferecer um produto saboroso e isso deveria te preocupar.

Pois bem, além dessa substituição do malte por um açúcar de menor qualidade, há nas grandes indústrias um processo de aceleração da fermentação e maturação da cerveja, que deveria ficar no mínimo 20 dias em produção, mas esse pessoal consegue diminuir pra 7 dias, porque precisam liberar espaço nos tanques, e pra fazer isso usam artifícios. Por exemplo, para evitar a formação de espuma durante a fermentação, o que é natural do processo, utilizam “polidimetilsiloxano” e fazem isso pra ter mais espaço no tanque e lucrar mais. Sinistro né? Mas tem

Não bastasse isso, algumas cervejas levam corante. Isso mesmo, corante. Aquela “cerveja preta” comum por exemplo, é escurecida com “corante caramelo IV”, o mesmo da coca-cola, por isso ela é tão adocicada. Enquanto uma cerveja escura de verdade, é feita com maltes tostados e torrados, ingredientes naturais.

mais, por usar pouca quantidade de malte e principalmente de lúpulo, que tem propriedades antioxidantes e estabilizantes, precisam usar “ascorbato de sódio”, “sulfito de potássio” entre outros, a lista é grande. E o pior, isso não precisa ser declarado no rótulo, você vai ler apenas “antioxidante INS 315” e “estabilizante INS 405” ou coisa do tipo.

Não bastasse isso, algumas cervejas levam corante. Isso mesmo, corante. Aquela “cerveja preta” comum por exemplo, é escurecida com “corante caramelo IV”, o mesmo da coca-cola, por isso ela é tão adocicada. Enquanto uma cerveja escura de verdade, é feita com maltes tostados e torrados, ingredientes naturais. A propósito, dependendo da cerveja, até mesmo a “tipo pilsen” leva um pouco de corante, porque quem dá cor na cerveja é o malte, mas quando se substitui 45% dele, é preciso corrigir a coloração pra chegar naquele tom amarelo-palha. Por esses motivos, é muito mais saudável consumir cervejas artesanais, porque normalmente não usam esse tipo de artimanha e respeitam o consumidor. Leia um rótulo de uma cerveja artesanal e de uma comum e verá. Beber boas cervejas é uma questão de qualidade de vida. Agora escolha uma cerveja de verdade e divirta-se.
Saúde!  

Vinícius H. Masutti é sommelier especializado em cervejas, formado pela Universidade Positivo e Barista pelo Senac-PR e escreve exclusivamente neste espaço todo sábado. É responsável pelo treinamento e pela carta de cervejas de mais de 40 estabelecimentos pelo país, presta consultoria para bares, empórios e restaurantes, promove cursos e treinamentos sobre a bebida. Nasceu no Paraná e fincou raízes em Cuiabá. E-mail: viniciusmasutti@gmail.com

Postar um novo comentário

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.