Rumo a Cuiabá

Por 11/04/2019, 07h:20 - Atualizado: 11/04/2019, 07h:38

vivaldo lopes fixo lateral blog

Vivaldo Lopes

No mês em que Cuiabá completa 300 anos, dois importantes fatos comerciais acontecidos na Bolsa de Valores de São Paulo e Brasília podem contribuir de forma expressiva para acelerar o desenvolvimento econômico da cidade. O primeiro foi o leilão da concessão do trecho de 1.537 Kilômetros da ferrovia Norte-Sul que liga as cidades de Porto Nacional (TO) a Estrela D’Oeste (SP) e dali ao porto de Santos.

Considero de suprema importância estratégica para Cuiabá a construção do trecho da ferrovia de Rondonópolis até a Capital

O leilão foi vencido pela empresa Rumo Logística, a maior operadora de ferrovias do país e que já detém as concessões da malha paulista e da ferrovia senador Vicente Vuolo que liga Mato Grosso ao mesmo porto de Santos(SP).

O segundo acontecimento foi o Tribunal de Contas da União ter aprovado a renovação da concessão da ferrovia Vicente Vuolo que venceria em 2028. Era um pleito antigo da atual concessionária, a mesma Rumo, como forma de obter previsibilidade econômica e segurança jurídica para promover os investimentos na modernização da ferrovia e sua expansão até Cuiabá.

Os dois fatos se interligam em favor da economia de Cuiabá e Mato Grosso. A operação do trecho da ferrovia Norte Sul vai garantir à empresa mais sinergia comercial e expansão de negócios, pois vai avançar sobre a nova fronteira agrícola do país, alcunhada de MATOPIBA, que abrange partes do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, ligando também parte dessa região produtora ao porto de Santos.

A escala comercial proporcionará ao grupo empresarial mais tranquilidade e capacidade de alavancagem financeira para planejar os investimentos na construção da ferrovia até Cuiabá e, posteriormente, até Lucas do Rio Verde.

Mas a janela de oportunidade pode se tornar um pesadelo para Cuiabá. Considero de suprema importância estratégica para Cuiabá a construção do trecho da ferrovia de Rondonópolis até a Capital. Caso isso não aconteça imediatamente, a Capital corre o sério risco de ficar isolada logisticamente e perder o bonde do crescimento econômico de Mato Grosso.

Caso contrário, ficaremos a ver trens, navios e o progresso passando à nossa frente enquanto nós, passivamente, estaremos apenas tchupano caju

Estão bem adiantadas as negociações para implantação de duas ferrovias em território mato-grossense. A Ferrovia de Integração Centro Oeste - FICO, que interligará a Mato Grosso à ferrovia Norte Sul, vindo de Campinorte (GO), passando por Água Boa e chegando a Lucas do Rio Verde. A outra é a chamada Ferrogrão, que ligará Sinop à Miritituba (PA). Nenhuma das duas tem qualquer ligação com Cuiabá.

A primeira vai conduzir a produção para o porto de Itaqui, no Maranhão e a outra levará a produção do médio norte e norte do estado ao porto de Santarém (PA). Haverá, portanto, uma saudável competição comercial entre as concessionárias das ferrovias pelo transporte da produção agropecuária e dos bens industriais que chegam e saem do estado. As que  começarem a operar primeiro obterão significativa vantagem competitiva.

Caso a ferrovia Vicente Vuolo continue estacionada em Rondonópolis, Cuiabá ficará completamente ilhada e isolada do complexo logístico ferroviário do estado. Como as ferrovias atuam como pólo de atração de uma vasta cadeia de suprimentos e negócios nas áreas comerciais, industriais, haverá fuga de empresas, talentos e de negócios de Cuiabá para as regiões onde se instalarão os terminais ferroviários, Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso e Água Boa.

Será a morte econômica da capital. Urge, por conseguinte, uma grande mobilização de toda a sociedade cuiabana para que as licenças ambientais e operacionais do trecho Rondonópolis-Cuiabá sejam aprovadas e liberadas urgentemente para que o grupo empresarial que detém a concessão, agora renovada, traga logo os trilhos.

Caso contrário, ficaremos a ver trens, navios e o progresso passando à nossa frente enquanto nós, passivamente, estaremos apenas “tchupano caju”.

Vivaldo Lopes é economista formado pela UFMT, onde lecionou na Faculdade de Economia.  É pós-graduado em MBA e Gestão Financeira Empresarial pela FIA/USP. Escreve nesta coluna com exclusividade às quintas-feiras. E-mail: vivaldo@uol.com.br

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Vicente Vuolo | Quinta-Feira, 11 de Abril de 2019, 12h51
    2
    0

    Parabéns Vivaldo por lutar pela Ferrovia Vuolo chegar em Cuiabá. É nosso dever cobrar da classe política essa obra redentora para nossa região. Forte abraço!

  • Ggm | Quinta-Feira, 11 de Abril de 2019, 09h01
    3
    1

    Isso todos sabem, menos os políticos da baixada cuiabana, os que podem viabilizar este projeto e não fazem nada. Quem sabe esse novo governador acorde, e salve a capital, do agronegócio.

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

Selma vê maior conforto no Podemos

selma curtinha 400   No grupo de WhatsApp "PSL Mulher MT", Selma Arruda (foto) escreveu um texto de despedida do partido. Disse estar chateada "com tudo isso", mas que não perdeu a fé e que o Governo Bolsonaro vai dar certo. Afirma sair do PSL com "coração partido" e que continua com os mesmos ideais no Podemos, onde...

Podemos esperando Selma se salvar

alvarodias_curtinhas   Na busca para ampliar a bancada do Podemos no Senado, o senador Alvaro Dias, derrotado à presidência no ano passado, só correu atrás de Selma, no sentido de convencê-la a se filiar no partido, depois que foi informado que ela tem chances reais de derrubar no TSE a cassação por...

Fávaro e esperança em assumir vaga

carlosfavaro_curtinha   O representante do escritório de MT em Brasília Carlos Fávaro (PSD) está convicto de que a senadora Selma não só será cassada de vez pelo TSE nos próximos meses, como a decisão da Corte lhe permitirá assumir a vaga enquanto não for eleito um novo...

Maturidade e nova visão sobre o TCE

janaina_riva_curtinha   No segundo mandato e sentindo-se mais madura politicamente, apesar de ainda bem jovem – completou 30 anos em 21 de janeiro – a deputada Janaína Riva revela que pensa diferente sobre a indicação de políticos ao cargo de conselheiro do TCE. Ao autorizar os colegas a derrubar a...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.