COPA-2014

Quarta-Feira, 07 de Maio de 2014, 14h:12 | Atualizado: 07/05/2014, 14h:14

COPA 2014

A 36 dias da Copa, Governo ainda se preocupa com espaço para turistas

Davi Valle/Rdnews

ministro_silval_interna_500.jpg

No Palácio Paiaguás, governador se reúne com ministro do Turismo Vinicius Lages e autoridades

O número de turistas que virá para Cuiabá assistir aos jogos da Copa, que acontecerá daqui a 36 dias, já ultrapassa 30 mil, segundo o governador Silval Barbosa (PMDB). Diante do déficit de leitos na Capital e em Várzea Grande, o peemedebista disse que irá recorrer às universidades e escolas a fim de abrigar quem vier de fora. “Vamos colocar nossos colégios que têm ar condicionado e condições para serem opções aos turistas que quiserem esse meio de hospedagem. Então vamos nos organizar”.

As afirmações foram feitas, nesta quarta (7), após reunião com o ministro do Turismo, Vinicius Lages, no Palácio Paiaguás, para debater ações referentes à oferta de hospedagem alternativa no período do Mundial. Acontece que existem apenas 15 mil leitos disponíveis para atender a demanda. Dessa forma, o Governo conta com programas como o Cama e Café, Hospedagem Solidária e Aluguel por Temporada para driblar a falta de quartos.

Além disso, Silval voltou a pedir a colaboração da população para acomodar os turistas. “Nós precisamos agora que a sociedade nos ajude a fazer a receptividade a estas pessoas, pois vai ser muito tumultuado nos dias dos jogos”. Até o final de abril, 1.532 residências estavam cadastradas no programa Cama e Café, por exemplo. O prazo para se cadastrar deverá ser estendido.

O ministro, por sua vez, não encara a situação como um problema e assegura que a falta de leitos em Cuiabá se apresenta apenas como um ponto de atenção por conta do excepcional número de ingressos para turistas, tanto estrangeiros quanto brasileiros, especialmente nos jogos das seleções do Chile e Colômbia. “Isso vai gerar um fluxo importante e a oferta mapeada existente segura esta demanda. Nós estamos cuidando de trabalhar com a hospedagem alternativa, tendo em vista que nem todos têm o perfil do tipo de estalagem ofertada”.

Lages ressaltou ainda que Mato Grosso possui enorme potencial de turismo e vê com otimismo a inauguração de um vôo internacional que será feito pela companhia aérea boliviana Amaszonas. De todo modo, o ministro deixou claro que o governo federal está preocupado com o pós-Copa e nos benefícios que o evento esportivo deixará para o Estado. 

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Dornele$ | Terça-Feira, 13 de Maio de 2014, 06h24
    0
    0

    Governador libera a parte de baixo dos viadutos para os turistas, pelo menos, esses tais viadutos terão alguma função. Que tal a nossa sugestão?

  • Rodrigo | Quinta-Feira, 08 de Maio de 2014, 12h20
    0
    0

    Tanta coisa para se preocupar (Estradas estaduais, hospitais, Educaçao, etc) e o Governador tá preocupado com hospedagem de turistas? Estamos bem servidos mesmo. Podiam ter pensado nisso a três anos atrás.

  • dinalva helena santos | Quinta-Feira, 08 de Maio de 2014, 10h54
    0
    0

    vergonha...vergonha...vergonha...vergonha...vergonha. não ganha mais nem para presidente de bairro. onde já se viu....escolas...só falta oferecer pão com ovo para eles tbm

  • marcio | Quinta-Feira, 08 de Maio de 2014, 06h58
    0
    0

    tem que liberar o transito na prainha perto do ganhatempo , vamos dar jeito no corpo pessoal da secopa e empreiteiras, a copa do mundo ta bem ai, vamos maquiar um pouco e depois continuar o trabalho...

  • dalva | Quinta-Feira, 08 de Maio de 2014, 06h55
    0
    0

    esse ministro devia faz tempo ser conhecido por nós de mato grosso, é do turismo e agora que estou vendo ele por aqui......com todo potencial que é nossa região.....

  • Zé Poxoréo | Quarta-Feira, 07 de Maio de 2014, 21h17
    0
    0

    Preocupação com espaço para turista! Ele só pode estar de brincadeira né? Só pode, pois o turista que se aventurar a vir a Cuiabá: se optar por avião não terá aeroporto digno; se optar por chegar por terra não terá estradas, pois por falta de manutenção está tudo esburacado, cheio de mato e sem sinalização e o pior que depois que conseguir chegar a Cuiabá não terá o tão propagandeado VLT para circular pela cidade terá que se contentar com os ônibus caindo aos pedaços, isso sem falar na buraqueira e na sujeira que está a cidade. Preocupação? Conta outra que essa piada, apesar do mau gosto, foi boa!

  • Emerson | Quarta-Feira, 07 de Maio de 2014, 17h40
    3
    0

    Universidades e Escolas !!!!! daqui a pouco vamos ter leitos de hospitais .... Que Vergonha ......

  • Hans Mayer | Quarta-Feira, 07 de Maio de 2014, 17h25
    1
    0

    Colocar colégios. Que colégios? Essas porcarias que o governo do estado finge manter? Sucateados, sem banheiros, sem nada. A sociedade, instada a "ajudar a receber", já está cansada de desmandos e irresponsabilidades. Agora, chupem essa manga.

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 07 de Maio de 2014, 16h54
    2
    0

    Excelente esta ideia do Governador de colocar os turistas alojados nas Universidades, afinal de conta não teve tempo hábil de arrumar condições de hospedagem, pois só ficamos sabendo que haveria turistas para os jogos neste ano, portanto o Governador esta correto em proporcionar para os Turistas esta instalações, porque sabem são turistas né não votam em Mato Grosso.

  • Eduardo | Quarta-Feira, 07 de Maio de 2014, 16h41
    1
    0

    GOVERNADOR AGORA NÃO DARÁ MAIS TEMPO IMPROVISA E FALA IGUAL A MARTA SUPLICY ,,TORCEDORES NÃO SE PREOCUPEM APENAS RELAXEM E GOZEMMMMMMMMMMMMM

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

Um mês no Senado e com um projeto

carlos favaro 400 curtinha   Em um mês como senador, Carlos Fávaro (foto), oficialmente com 12 assessores, por enquanto, fez dois pronunciamentos da tribuna, não atua na relatoria de nenhuma propositura e apresentou um projeto, justamente o que pede socorro financeiro a um dos setores do agronegócio, o algodoeiro. Na...

Desagregador luta pra retornar à Ager

fabio calmon 400   Fábio Calmon (foto), que foi adjunto da Sinfra no Governo Taques e depois nomeado presidente da Ager-MT, não desiste da Agência, mesmo sabendo que ali se tornou uma pessoa non grata por uma série de situações. Foi carimbado de incompetente, burocrata, arrogante e desagregador. O governador...

Oportunismo e na defesa de Bolsonaro

niuan ribeiro curtinha 400   Niuan Ribeiro (foto), presidente do Podemos em MT, agora virou defensor do Governo Bolsonaro. Eis o que o vice-prefeito de Cuiabá escreveu no Instagram, em postagem acompanhada de sua foto, sobre o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril que expôs várias faces do governo. "Apesar...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.