COPA-2014

Terça-Feira, 18 de Outubro de 2011, 19h:44 | Atualizado: 16/07/2020, 20h:48

ORÇAMENTO.

Agecopa gasta R$ 160 mi; Estado vai pagar R$ 2 mi em rescisões

Agecopa gasta R$ 160 mi; Estado pagará R$ 2 mi em rescisões

Eder Moraes     A extinta Agecopa desembolsou R$ 160 milhões ao longo dos quase dois anos de funcionamento. O montante foi gasto, principalmente, nas obras da arena multiuso Pantanal, em marketing e folha de pagamento. “Em tese, teríamos que ter aplicado R$ 300 milhões, mas boa parte dos projetos foram glosados pelo Tribunal de Contas da União e tiveram que ser refefeitos depois que assumi”, declarou o secretário extraordinário da Copa (Secopa), Eder Moraes, que comandou a autarquia nos últimos quatro meses de funcionamento.

     Por mais de três horas, Eder detalhou nesta terça (28), pela tarde, a receita e despesas da Agecopa aos deputados. Segundo ele, o Estado vai desembolsar R$ 2 milhões para pagar a rescição contratual com os mais de 100 funcionários da extinta autarquia.

     O cálculo e a quitação da verba está a cargo da secretaria estadual de Administração. “A mudança da estrutura não significa prejuízo para o Estado porque este montante teria que ser pago de qualquer forma, com valores atualizados, quando a Agecopa deixasse de existir, após a copa”, sustenta Eder.

     Ele aproveitou para solicitar o apoio dos deputados na aprovação de mensagem, a ser enviada pelo Executivo na próxima semana, que prevê o pagamento dos servidores transferidos para a Secopa pelos respectivos órgãos de origem. “Tivemos uma redução drástica no número de funcionários. Pedi apoio para que o ônus com o servidor transferido de outra pasta fique com o órgão de origem, caso contrário a nossa folha de pagamento vai inchar”, alerta.

     A prestação de contas da Agecopa foi socialitada pelo pedetista Zeca Viana devido à extinção da autarquia. O secretário apresentou os dados a portas fechadas, durante a reunião do Colégio de Líderes, o que gerou o descontentamento de parte dos deputados. Walter Rabello (PSD), por exemplo, fez questão de ressaltar que não participou da reunião por entender que as informações deveriam ser apresentadas em plenário. Ele disse que vai propor requerimento, na sessão desta terça, para que Eder envie os dados à Casa.

     Dilmar Dal Bosco (DEM) reclamou dos gastos da Agecopa com marketing. “Muitas despesas também estão classificada como 'outras' e queremos a especificação”, reivindica. Ao final, Eder garantiu que entregaria cópia das despesas aos 24 deputados.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • oliveira | Domingo, 23 de Outubro de 2011, 11h16
    0
    0

    bem cara de pau esse Eder, mas cara de pau é o nosso Governador...td bem esse Ministério Público...tenho vergonha....

  • EMIDIO DE SOUZA | Quarta-Feira, 19 de Outubro de 2011, 12h07
    0
    0

    EDER MORAS NÃO TEM EXPLICAÇÃO TANTO RECURSO A SER PAGO PARA ESTES FUNCIONARIO DE ROBERTO FRANÇA E CALOS BRITO, JÁ NÃO BASTA O SUPR SALARIO QUE CADA UM DESSES CARGOS DE CONFIAÇA,NOS MATOGROSSENSE PAGAMOS IMPOSTO ABUSIVO EMIDIO DE SOUZA LIDER COMUNITARIO COBRA QUE OS INVESTIMENTOS ACONTEÇA NOS BAIRROS,REGIÃO DO MEU BAIRRO NOVO PARAISO COM 25 ANOS DE FUNDAÇÃO AO LADO DO CETRO POLITICO ADEMISTRATIVO ATE HOJE NÃO TEM REDE DE ESGOTO E NEM EASFALTADO O VERDADEIRO ABANDONO ESSE DOIS MILHAES DA DE SOBRA PARA ATENDER ,NOSSO BAIRRO COM CRECHE,PSF,REDE DE ESGOTO,E PAVIMENTAÇÃO ASFALTICA EM TODO BAIRRO.

  • Robin Hood | Quarta-Feira, 19 de Outubro de 2011, 09h46
    0
    0

    Essa Agecopa deveria ser investigada até pelo Ministério Evangélico. Nunca antes na história deste Estado se viu tanto desperdício com o dinheiro público. Éder Moraes fala o que quer, os deputados fingem que acreditam no que ele diz, o povo não vê nada de obras, e assim lá vai o nosso dinheiro. Se eu trabalhasse na Agecopa, pegaria a minha indenização, que não seria pouca, e mudaria de país. Já estou com vergonha de dizer que sou brasileiro. ME AJUDA AI, OH.

  • ana maria | Terça-Feira, 18 de Outubro de 2011, 21h41
    0
    0

    Então é isso criaram a AGEROUBA pra depois indenizar quem estava trabalhando lá? pagando fortunas como salário? e agora ainda o estado vai desembolsar 2milhoes??? o que esse senhor EDER acha pouco dos cofres publicos? meu Deus onde estamos ???? CONHEÇO BAIRROS CRIADOS AI TIPO MINHA CASA MINHA VIDA TRISTE !!!!POIS NÃO TEM ESCOLAS . NAO TEM POSTO DE SAUDE NÃO TEM NEM MESMO AREA DE LAZER PRAS CRIANÇAS e eles bricam com dinheiro publico . ACORDA MEU POVO EXIJA DESSE GOVERNO ESCOLA PRA SEUS FILHOS É O MINIMO.

  • Luis Ricardo | Terça-Feira, 18 de Outubro de 2011, 21h02
    0
    0

    O tempo esta passando, e essa cambada de incompetentes cada dia mais ricos, não vai virar nada.

  • joao | Terça-Feira, 18 de Outubro de 2011, 20h44
    0
    0

    O Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Polícia Federal e ONG's devem investigar estes gastos. Muito dinheiro para nada de obras. E não foi à toa que acabaram com a Agecopa, acredito que o nome nada tem a ver, deveriam tomar as medidas que fossem necessárias, fazer as mudanças e pronto. Pelo amor de DEUS façam uma INVESTIGAÇÃO URGENTE.

  • fernando | Terça-Feira, 18 de Outubro de 2011, 20h34
    0
    0

    fernando, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Jorge Luiz | Terça-Feira, 18 de Outubro de 2011, 19h53
    0
    0

    Sóóó 160 milhões gastos? Tá com dó de mostrar o gasto real? Em matérias veiculadas por todos jornais e sites de Mato Grosso e do Brasil esse senhor Éder e outros diretores da Agerouba disseram várias vezes que tal projeto custou 50 milhões e que aquele projeto 30 milhões e ainda esta semana de outubro esse mesmo senhor disse que o projeto do VLT (Vamos Levar Tudo) foi da ordem de 25 milhões. E aí, onde a matemática não fecha seu éder e seu sival? Tem um monte de cidadão que acredita no que vocês falam, mas com certeza, são todos farinha da mesma mandioca.

PT, ensaio e chapa branca em Tangará

welton tangar� 400 curtinha   O PT, que já teve os vice-prefeitos José Jaconias e Zé Pequeno, estuda nem disputar a eleição majoritária em Tangará da Serra. Chegou a ensaiar uma pré-candidatura, mas parou no meio do caminho. Internamente, o partido discute lançar o...

Racha no DEM; "pepino" com Fabio

fabio garcia 400 curtinha   O presidente estadual do DEM, ex-deputado Fábio Garcia (foto), não só se encontra numa saia-justa, como tem a árdua missão de atuar como bombeiro para apagar incêndio provocado pelos irmãos Júlio e Jayme Campos, que, sem consultar o partido e nem o governador Mauro...

Álbum de casamento para 300 casais

marcia_curtinha_ok   A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (foto), que desde 2017 lidera alguns projetos sociais de forma voluntária, fez questão de, mesmo com a pandemia da Covid-19, promover, na última segunda, entrega simbólica de álbuns de casamento para 10 casais, que foram escolhidos...

Fora de vez da disputa para senador

cidinho santos 400 curtinha   O empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto), recém-filiado ao DEM, desistiu de vez da ideia de entrar de última hora na corrida ao Senado, na suplementar que será realizada em novembro deste ano. E por algumas razões. Primeira, como sócio do frigorífico União...

TCE suspende licitação de R$ 12 mi

air praiero 400 curtinha   Uma concorrência pública, com valor estimado de R$ 12,5 milhões, tocada pela secretaria de Habitação e Regularização Fundiária de Cuiabá, sob o defensor público licenciado Air Praeiro Alves (foto), foi suspensa cautelarmente pelo TCE por causa de...

6 estão no páreo em Tangará; 2 fortes

vander masson 400 curtinha   Tudo indica que os tangaraenses terão nas urnas 6 candidatos majoritários nas eleições de novembro. O cenário está se desenhando com os seguintes "prefeitáveis": Chico Clemente (PSD), Gunther Duarte (PSL), Vander Masson (foto), do PSDB, Claudinho Frare (Republicanos),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.