COPA-2014

Sábado, 18 de Janeiro de 2014, 17h:58 | Atualizado: 20/01/2014, 10h:52

Arena vai custar R$ 228 mi a mais que o previsto; total passa dos R$ 570 mi

arena-pantanal-estadio (2).jpg

Arena Pantanal vai ficar 66% mais cara que o valor licitado para  sua construção

A Arena Pantanal deve custar aos cofres públicos R$ 228 milhões a mais do que o valor inicialmente previsto em 2010, ou seja, 66,6% mais cara. Na época, a estimativa era de que a construção do estádio para a Copa do Mundo deste ano sairia por R$ 342 milhões. De lá para cá diversos aditivos foram gerados, elevando o custo final para R$ 570,1 milhões.

O montante foi informado pelo o secretário da Secopa Maurício Guimarães, em entrevista ao RDNews. O valor também foi oficializado no último balanço divulgado pelo Ministério do Esporte, em setembro de 2013. Dessa forma, espera-se que não haja mais aditivos. Para se ter uma noção, o montante é maior que o orçamento de 14, das 24 pastas que compõe o staff do governador Silval Barbosa(PMDB), para 2014.

Na LOA, Esporte tem aumento de 80%; Educação sofre redução

Segundo Guimarães, 1.570 funcionários correm contra o tempo para terminar os últimos detalhes, como a instalação das cadeiras, forro, telão, caixas de som, além da pavimentação externa e inserção do gramado. “Tudo está sendo executado normalmente, o que estava impactando eram as grandes estruturas, mas estamos na fase final”, assegura.

Após 4 anos do início das obras, a Arena Pantanal deve ser inaugurada na segunda quinzena de fevereiro com um quadrangular entre Mixto, Operário, Luverdense e um time de Rondonópolis. Em março, o estádio deve receber amistoso entre Corinthians e Flamengo. Depois dos eventos-teste, entram em campo Chile x Austrália, Rússia x Coréia do Sul, Nigéria x Bósnia e Japão x Colômbia – jogos da Copa.

A arena é composta por área externa de 300 mil metros quadrados, capacidade de público para 41,3 mil lugares, 97 camarotes, 948 banheiros, estacionamento com 2,8 mil vagas e espaço para imprensa. É a principal das 56 obras executadas em Cuiabá e Várzea Grande.

Segundo o secretário, após o Mundial, o estádio será administrado pela iniciativa privada. “A arena não será um elefante branco, será palco de grandes eventos”, garante Maurício Guimarães.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • joae sprrey | Domingo, 02 de Fevereiro de 2014, 01h01
    0
    0

    joae sprrey, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • clovis henrique | Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2014, 10h13
    0
    0

    pelo visto a serouba 2014 vai de vento em popa, qta roubalheira e todo mundo quieto, onde anda o dorminhoco ministério público de MT.

  • sergio | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2014, 21h12
    0
    0

    poca vergonha, pena que o povo cuiabano sao troxas, depois de tudo isso que estao aconteçendo o povo cuiabano ainda vai votar no sival, aposto con qual quer um.

  • JOÃO SOUZA | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2014, 17h20
    0
    0

    Esta Arena Pantanal deveria ser construído em outro local como por exemplo no imóvel situado na beira rio próximo ao trevo da Barão de Melgaço com a Avenida Miguel Sutil (Ponte Nova), uma área de aproximadamente 30 hectares bem localizado perto de tudo, aeroporto e toda infraestrutura. E o estádio verdão poderia ser reformado para ser o Centro de Treinamento e ja estaria pronto para e já estaria sendo utilizado pelo campeonato mato-grossense e também para os treinamentos das seleções e com um custo bem menor que a construção do Centro de Treinamento da Guarita, o qual não ficará pronto para as seleções treinarem. Uma das razões das seleções não sediar Cuiabá como sede foi o fato de não ter Centro de Treinamento. Observa-se que não houve e nem tem planejamento nestas obras da copa pelo governo Silval, as obras que já foram recentemente inauguradas vem apresentando defeito de construção, isto é prova da má qualidade. Obras sem planejamento e de má qualidade....

  • Maria Alice | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2014, 13h19
    0
    0

    Inexplicável e incompreensível, mas creio que se governo batesse duro não ficaria pronto a tempo

  • Sanchez | Domingo, 19 de Janeiro de 2014, 19h57
    0
    0

    O pior, é que este estadio, será parcialmente desmontado pós copa, diminuindo sua capacidade, onde estarão as cadeiras, ferragens, coberturas, etc... como dizem pagamos um palácio e receberemos uma tapera, só alegria.

Fazendo politicagem sobre Covid-19

rubia fernanda 400 curtinha   A tenente-coronel Rúbia Fernanda, pré-candidata ao Senado pelo Patriota, não só ignora medidas protetivas em relação à Covid-19, como isolamento social, mantendo agenda de visitas e reuniões, como passou a fazer politicagem com coisa séria. Numa...

Punição a 2 ex-presidentes da Câmara

haroldo curtinha 400   Apesar de ter julgado regulares as contas de gestão de 2016 da Câmara de Cuiabá, ano em que teve dois presidentes, o já falecido Júlio Pinheiro, entre janeiro e junho e, depois, Haroldo Kuzai (foto), de 20 de junho a 31 de dezembro, o conselheiro interino João Batista Camargo, em...

Guiratinga, frota sucateada e a farra

sinval vilela 400 curtinha   O vereador Sinval Vilela (foto), do DEM, disse que em Guiratinga, administrada por Humberto Domingos, o Bolinha, está havendo farra com dinheiro público. E lista descasos e atos de incompetência do prefeito. Conta que a prefeitura possui um caminhão pipa, mas está encostado no...

Verba a quem não tem litígio à União

emanuel pinheiro 400 curtinha   Apesar do governo estadual anunciar que está recebendo os R$ 359 milhões da União, essa verba oriunda do chamado Orçamento da Guerra (Emenda Constitucional 106) para ajuda no combate ao coronavírus só será liberada a partir do próximo dia 9 e para quem, seja...

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.