COPA-2014

Sexta-Feira, 21 de Outubro de 2011, 10h:00 | Atualizado: 05/11/2011, 17h:52

EM TEMPO REAL

Parlamentar critica gastos com a Copa; veja como foi a entrevista

    Principal representante da oposição ao governo Silval Barbosa (PMDB) na Assembleia, o polêmico deputado Percival Muniz (PPS) foi o entrevistado especial de Romilson Dourado nesta sexta (20). Ele falou, sem papas na língua, sobre a Copa de 2014 e as persperctivas para as eleições de 2012 em Rondonópolis. Confira.

*  *  *

09:17 - Chega ao fim o RDTV. Na próxima sexta, tem mais entrevista especial. Acompanhe.

09:17 - "A população prefere um deputado que faça obras com emendas do que um que tente melhorar a receita, mas eu já estou velho e não vou mudar", finaliza.

09:15 - "O PSD vai se tornar o maior partido do Estado, primeiro porque o deputado José Geraldo Riva é muito trabalhador, depois, porque ele não mede consequências para atender", avalia.

09:13 - Sobre a debandada de prefeitos de seu partido para o PSD, ele esclarece que nenhum dos gestores que trocou o PPS pela nova sigla tinha apoiado sua candidatura a deputado estadual.

09:12 - Presidente do diretório estadual do PPS, Percival não aposta na vitória de sua irmã, Ádria Muniz, no comando do diretório de Rondonópolis. "A minha previsão é que o Meneses vai continuar".

09:11 - Para Percival , o orçamento de cerca de R$ 2 bilhões do Governo é mal aplicado.

09:10 - "Chegamos à conclusão, na minha opinião, que tem que anular todas as concessões de licença ambiental", destaca.

09:09 - "Se o relator, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), ficar anlisando cada probleminha de cada usina, ele vai demorar dez anos para concluir o relatório", alfineta o parlamentar.

09:08 - Sobre a CPI das PCH's, Percival, que preside a comissão, defende a anulação de todas as licenças concedidas sem o aval da Assembleia e que se dê um prazo de um ano para que as usinas regularizem a situação.

09:05 - Ele lembra que, em sua gestão, diminuiu de 23 para oito o número de secretarias municipais.

09:04 - "Estou louco para debater isso com a população", diz, sobre um possível duelo de ex-prefeitos nas eleições de 2012.

09:03 - Ele destaca que, entre os possíveis candidatos à prefeitura que já ocuparam o cargo, a população terá condições de avaliar quem fez mais pelo município. "Quem fez mais asfalto? Foi o Percival. Quem fez o aeroporto? Foi o Percival", diz, enumerando uma série de ações.

09:00 - "Se eu perceber que a maioria da população não quer o Percival lá, ótimo, vou saber que sociedade já encontrou seu caminho", diz.

08:59 - Com essa postura, ele afirma que hoje, quando vai a Rondonópolis, paga apenas pelos seus erros, pois não pode ser cobrado pelos erros de outros, já que não apoiou ninguém.

08:58 - Percival explica porque não apoiou nenhum candidato à prefeitura de Rondonópolis. "Na época, fui à televisão e disse que tínhamos um candidato doido e outro louco".

08:56 - Ele prefere se abster de avaliar a gestão do prefeito José Carlos do Pátio (PMDB). "Na hora da eleição, ele vai ser candidato, eu vou ser candidato, se o Sachetti for candidato também, a população é quem vai ter que fazer essa avaliação".

08:55 - "É só demagogia para enganar a população, então não vou participar", finaliza sobre a Rota da Integração.

08:54 - "Eu até prometi que iria acompanhar a Rota da Integração, mas, veja bem, o Maggi lançou essa obra três vezes", avaliou. "Lá vou eu de novo, com essa idade, ficar ali no meio da festa, quando tem coisas mais importantes para fazer".

08:53 - "Não fui eleito para correr atrás de catitu. Fui eleito para ter as minhas opiniões", afirma sobre seu posicionamento mais isolado no Legislativo.

08:51 - Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada na Assembleia para apurar supostas irregularidades na Universidade do Estado (Unemat), Percival comenta o assunto. "Veja bem, nós criamos a CPI da Unemat, depois veio as eleições, aí não teve mais nenhuma reunião", resumiu.

08:48 - Percival lembra que, na campanha ao Governo, Mendes foi mais votado em Rondonópolis, sua base eleitoral, do que em qualquer outro município de Mato Grosso. Assim como Taques, que teve votação semelhante à de Maggi.

08:47 - Ele garante que o senador Pedro Taques, presidente do diretório estadual do PDT, responsável pela filiação de Sachetti, apoiará sua candidatura à prefeitura.

08:46 - "Acho que se o Adilton Sachetti (PDT) veio para ser candidato à prefeitura de Rondonópolis, entrou no barco errado", alertou Percival.

08:45 - Ele esclarece que, em seu estilo de trabalho, ele não está próximo de nenhuma liderança política e age por si só.

08:44 - "O grupo vai se manter unido na medida do possível. Aqui em Cuiabá, por exemplo, vou apoiar Mendes e espero contar com o apoio dele em Rondonópolis", disse.

08:43 - Para Percival, o movimento Mato Grosso Muito Mais, composto inicialmente por PSB, PDT, PPS e PV, cumpriu seu papel.

08:42 - "Maggi fez um governo com algumas conquistas e cometeu alguns erros. Se eu tivesse conseguido eleger o Mauro Mendes (PSB), certamente estaria elogiando os acertos e criticando os pontos frágeis", avaliou.

08:40 - No chat, o internauta lembra que Percival foi um dos responsáveis pela eleição de Maggi ao governo em seu primeiro mandato. "Sua gestão, com todos os defeitos, ainda deixou um legado para o Estado", justificou.

08:39 - Ele critica que, nos contratos da Copa, o acessório se tornou maior que o principal. "O pára-choque custa mais caro que o carro. Alguma coisa está errada", comentou.

08:38 - "Temos quase R$ 300 milhões que se perdeu entre o Paiaguás e a Agecopa. Se juntássemos nota por nota, daria pra fazer uma rodovia ligando o palácio à sede da nova secretaria", completou.

08:37 - Percival não participou da reunião do secretário da Copa, Eder Moraes, no colégio de líderes. "Esse tipo de assunto deve ser tratado em plenário, onde tudo é gravado, registrado em ata", disse.

08:36 - Ele defende um debate ampliado com a sociedade e a realização de audiências públicas para discutir a destinação dos recursos da Copa.

08:35 - "O legado da Copa será de alegria para alguns e de estrutura precária para outros. Se Mato Grosso não investir na saúde, não vai conseguir suportar a demanda populacional que vem aí", disse.

08:33 - Sobre o investimento do Estado na Copa, ele faz uma comparação. "Se você tem um filho doente, é melhor usar R$ 1 mil para tratá-lo ou R$ 4 mil para fazer uma festa?".

08:32 - Para Percival, essa postura fez com que ele seguisse sozinho na Assembleia.

08:31 - "Se eu custo tudo isso, o que eu posso fazer? Contribuir para melhorar a receita do Estado. Usar o mandato de deputado para passar informação para que a população possa cobrar ou então dizer que está tudo maravilhoso. Eu tenho lutado exatamente para fazer um trabalho diferenciado", explicou.

08:30 - "Eu custo, para a sociedade que está pagando impostos, R$ 1 milhão por mês", avalia sobre os gastos com o Legislativo.

08:28 - "Cada povo tem o Governo que merece. Nós temos o Governo que nós merecemos", ressaltou.

08:28 - Percival destaca que a legislação brasileiras está totalmente atrasada porque os deputados preferem barganhar com o governo do que legislar.

08:25 - "O governador Silval, mesmo sendo apoiado por Blairo, percebeu que estava sem autonomia na Agecopa e resolveu extingui-la", afirmou.

08:24 - Percival diz que, ao definir o projeto que criou a Agecopa, o ex-governador Blairo Maggi (PR) fez uma "reserva de mercado" para proteger seus amigos.

08:23 - "O problema é que a maioria foi eleita pela base do Governo", completa.

08:23 - "Quando as instituições não cumprem seu papel, quem paga é o cidadão. Você paga impostos para contratar um serviço e não tem esse retorno. A população paga por segurança pública, por saúde, educação e não tem", avalia. Ele completa que cabe ao Legislativo fiscalizar essas ações e a Assembleia, além disso, é parceira do Estado.

08:21 - O deputado explica que o modelo da democracia é formado por três Poderes que devem trabalhar de forma independente, mas como é o Executivo quem paga, isso acaba não acontecendo. "Isso não é só em Mato Grosso, acontece em todo o Brasil", disse.

08:20 - Para Percival, o governador ainda não perdeu as rédeas do Governo, mas ele percebe que existem muitos conflitos internos no Paiaguás.

08:19 - Na oposição, o deputado ressalta que não deseja o fracasso do governo Silval Barbosa (PMDB). "Não tenho interesse nenhum que o Governo não dê certo", diz.

08:17 - Percival começou sua vida pública como vereador, foi deputado federal constituinte e deputado estadual.

08:16 - Logo após o intervalo, começa a entrevista com Percival.

08:02 - Começa o RDTV. A entrevista especial é no segundo bloco. Dentro de instantes.

07:30 - O polêmico deputado estadual Percival Muniz (PPS) é o entrevistado especial do quadro de Romilson Dourado no RDTV desta sexta (21). Acompanhe.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Edson | Sexta-Feira, 21 de Outubro de 2011, 18h23
    0
    0

    É interessante como algumas pessoas estão entregando a alma e apostando tudo na Copa. Na verdade, interesses políticos e gananciosos estão pegando carona neste evento. Propriedades de Parlamentares estão sendo valorizadas com investimentos públicos; Empresas estão ganhando concessões e incentivos fiscais tudo em nome da COPA; Buffet, Restaurantes, Publicidades etc são montados do dia para noite apenas para morder o dinheiro público; o endividamento aumenta sem que a Saude e Segurança melhorem. Quanto aos efetivos ganhos da Copa para MT, temos que torcer e pagar as altas Comissões cobradas pela CBF e Ricardo Teixeira para que MT receba uma Seleção Rica e que tenha torcedores fanáticos que possam alavancar o turismo. Caso contrário, teremos de competir com outras regiões do país...MATOGROSSENSES, A COPA É PRETEXTO PARA ESCONDER E VIABILIZAR MUITAS COISAS ERRADAS, FIQUEM ATENTOS, E SE QUISEREM DIMINUIR O PREJUÍZO comecem pela RENOVAÇÃO TOTAL DAS PREFEITURAS E DAS CÂMARAS MUNICIPAIS.

  • Elona Gay | Sexta-Feira, 21 de Outubro de 2011, 11h17
    0
    0

    PERCIVAL VIVE UM DILEMA. AJUDOU ELEGER BLAIRO,FEZ PARTE DE SEU GOVERNO E SUA ESPOSA FOI SECRETARIA DE EDUCACAO. AGORA NAO PODE CUSPIR NO PRATO QUE COMEU. O ÚNICO LEGADO QUE BLAIRO DEIXOU PARA MAOT GROSSO FOI O "LEGADO DO CRIME,DA CORRUPÇÃO E IMCONPETENCIA". OS ÍNDICES DA EDUCACAO PROVAM ISSO,ASSIM COMO OS ÍNDICES DE CRIMINALIDADE. NUNCA HOUVE UM GOVERNO TÃO CORRUPTO E INOPERANTE COMO O GOVERNO DO BLAIRO MAGGI. NAO QUEIRA AGORA,PERCIVAL,TIRAR O SEU DA RETA,QUEM PARIU MATEUS QUE O EMBALE. VOCE TEM CULPA NO CARTÓRIO,VOCE,MAURO MENDES,PIVETTA E TAMTOS OUTROS QUE FORAM CÚMPLICES E BENEFICIADOS. DIRETA OU INDERETAMENTE TODOS AJUDARAM A LEVAR MATO GROSSO AO ABISMO MORAL E FINANCEIRO QUE NOS ENCONTRAMOS HOJE.

  • leandro | Sexta-Feira, 21 de Outubro de 2011, 10h31
    0
    0

    É uma vergonha mesmo. Enquanto gente morre na fila dos hospitais, gasta-se um monte para 4 jogos da copa.

Jogada de vereador pra conseguir vice

thiago muniz 400 curtinha   O vereador de 2º mandato Thiago Muniz (foto), primo do ex-prefeito Percival, resolveu se lançar pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo DEM como estratégia para manter o nome nas discussões majoritárias e na esperança de ser convidado para vice de alguém....

MDB fechado com Pivetta à senatória

joao jose 400 curtinha   O médico e deputado estadual João José (foto), do MDB, disse nesta segunda, em entrevista às jornalistas Lídice Lannes e Andhressa Barboza, em live do RDTV, tv web do portal Rdnews, que o seu partido está fechado no apoio à candidatura de Otaviano Pivetta ao Senado, na...

Pátio punido por não licitar transporte

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto) vai concluir o mandato sem conseguir realizar a licitação do transporte coletivo urbano de passageiros, vencido desde março de 2014. Por essa irregularidade na concessão, já que a Cidade de Pedra, empresa que explora o...

Anelise só vai com respaldo de MM

anelise silva 400 curtinha   Filiada ao DEM, Anelise Silva (foto) deve desistir da disputa à Prefeitura de Cáceres, a não ser que o governador Mauro Mendes, com quem ela pretende conversar nos próximos dias, declare apoio irrestrito a sua candidatura. Nos bastidores, Mauro não dá sinais de que...

Deputados "adotam" pré-candidatos

franklin 400 curtinha   Deputados estaduais se transformaram em padrinhos políticos de quatro pré-candidatos a prefeito de Santo Antonio de Leverger. Considerado o nome mais forte eleitoralmente, o ex-vereador por três mandatos e derrotado ao Executivo em 2016, Franklin Silva (foto), do PSDB e sobrinho do ex-prefeito Edu, entrou...

Candidato da Reitoria sob desgaste

julio cesar 400 curtinha   O professor Júlio Cesar (foto), um dos dois candidatos a reitor, tem apoio carimbado do grupo que comanda a instituição há cerca de 20 anos - desde a Escola Técnica, passando pelo CEFET, até o IFMT. Mas, nas viagens e reuniões em busca de voto, e numa tentativa de evitar o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.