Coronavírus

Domingo, 31 de Maio de 2020, 08h:25 | Atualizado: 31/05/2020, 18h:28

SISTEMA PRISIONAL

Com 2 óbitos e 23 infectados, medo é que vírus faça "carnificina" no mundo prisional

Reprodução

cadeia preso cela pena

Ilustração

Agente Penitenci�rio

Com duas morte de presos por Covid-19, regitradas dia 20 e sexta (29), e pelo menos 12 detentos e 11 agente prisionais contaminados pelo novo coronavírus, sistema prisional de Mato Grosso entra em total alerta.

Um dos agentes contaminados, que trabalha na Penitenciária Central do Estado (PCE), braço-direito do chefe de equipe, afirma que, na rotina, entra em contato com praticamente toda a equipe. Sentiu os primeiros sintomas e fez o exame mais seguro, com coleta de amostras no nariz e garganta. Resultado demora até 7 dias para ficar pronto. Enquanto aguardava, trabalhou. Acredita que, para os agentes prisionais, deveria ter uma lei que garantisse um resultado mais rápido. Ressalta que tanto tem contato com colegas, quanto presos. "O contágio em um preso lá dentro ia ficar muito mais complicado para controlar, então a atenção teria que ser redobrada, ainda mais na PCE que tem cerca de 60 servidores por plantão e mais de 2,5 mil presos, embora tenha capacidade para 800 e poucos, então é uma superpopulação, quase uma cidade. Nem Deus há de deixar passar esse vírus para lá, porque se isso acontecer vai ser uma carnificina".

O agente tem 35 anos e nenhuma doença pré-existente. Até agora sentiu sintomas leves somente nos dois primeiros dias da doença e no momento está em quarentena, já assintomático. Em casa, está sendo tratado com Cloroquina, Azitromicina, Ivermectina e vitamina. Ele é casado, tem uma filha 9 anos. A esposa e a menina estão bem. Mesmo assim, está tomando cuidados. Fica cada um em seu cômodo, ele usa máscara por 24h e se alimenta com talheres separados.

Outra agente, que está em quarentena sob suspeita, ainda não sabe se foi afetada pelo coronavírus. Não  acredita que a sociedade esteja muito interessada na bomba-relógio que é o sistema prisional, porque muitos "querem mais é que presos morram". Ocorre que, em meio a eles, estão expostos também os agentes prisionais e demais servidores do setor. Ela explica que está em quarentena porque fez viagens e teve contado, dando cursos, com colegas de pelo menos 3 cidades do Nortão.

Além dela, mais 8 colegas também já pediram afastamento.

Servidores, com quem o conversou, acreditam que esteja ocorrendo negligência e demora no afastamento de quem tem contato com contaminados e isso deveria ocorrer de imediato e não esperar que apareçam sintomas. Destacam que isso inclusive consta no ítem 8 do protocolo que dispõe sobre os procedimentos de acompanhamento e notificação de casos suspeitos e confirmados de servidores com Covid-19, na Nova Chance, Politec e Secretaria de Estado de Segurança Pública.

decreto 3

Os agentes dizem ainda que os presos também estão bem assustados com a Covid-19, pois ficaram sem visita familiar e de advogados. Não têm acessso a álcool em gel e, se têm máscaras, não usam no dia a dia. Resta água e sabão para lavagem de mãos.

Diretor da PCE, Agno Sérgio Ramos, reconhece que a situação é alarmante, dentro do sistema prisional e ressalta que fora também. Entre o que pode ser feito, segundo diz, tudo está sendo feito. Alega que álcool em gel não pode ser repassado a preso, sob pena de usarem para o que não é devido. E afirma que todos têm máscara, para eventualidade. A suspensão de visitas de familiares e advogados é uma medida protetiva e garante que a população carcerária está tendo contato somente mesmo com agentes prisionais. De 15 em 15 dias, a direção diz ter tentado garantir a todos encontros virtuais, para aplacar as saudades e impedir alteração de ânimos. Reconhece porém que há setores da PCE em que presos são de difícil trato e portanto é difícil também cobrar qualquer coisa deles, inclusive cuidados.

Ele também nega demora no afastamento de servidores vulneráveis. "Qualquer sintoma e se isolam".

Juiz da Vara de Execuções Penais, Geraldo Fidelis, afirma que procedimentos estão sendo tomados. Ele foi pessoalmente à PCE e ao Presídio Feminino Ana Maria do Couto May esta semana, para verificar in loco a situação. Segundo ele, rígidas normas da Secretaria Adjunta Penitenciári estão de acordo com as orientações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). "Isso explica martermos, em Cuiabá e em VG, uma razoável tranquilidade no Sistema Penitenciário. Mas a rigidez no controle de acesso ao interior das unidades sempre é necessária, aliás, deve ser intensificada. A minha visita de inspeção foi de surpresa".

Geraldo Fidelis

 

Veja vídeo

Mapa

Mapeando a Covid-19 no sistema prisional, a Sesp já identificou 12 presos que testaram positivo, sendo 1 em Tangará,  e 11 em Alta Floresta, onde 2 morreram. Tem mais um preso sob suspeita em Juína e 24 testaram negativo.

Já os agentes prisionais infectados são da PCE (1), Cadeia de Alta Floresta (6, sendo que 3 já se recuperaram), Peixoto de Azevedo (2), Pontes e Lacerda (1) e 1 é do SOE, grupamento que tem entre outras funções a de transportar presos. São 39 casos descartados, 34 afastamentos por suspeita, aguardando resultados, e nenhum óbito.

Nenhum dos servidores precisou ser internado, cumprindo apenas o tratamento médico em isolamento domiciliar.

Estratégia para evitar contágio

O governo, questionado sobre a estratégia que adota para evitar o contágio, emitiu seguinte nota.

Todas as pessoas que estão com suspeita ou casos confirmados com COVID-19, seja servidores públicos ou não, que estejam com sintomas leves da doença, estão cumprindo a quarentena em isolamento domiciliar. A Sesp segue os protocolos estabelecidos pelos organismos de saúde quanto a quarentena e isolamento, assim faz a orientação para seus servidores, como os demais profissionais do Executivo do Estado, inclusive os da saúde. A Sesp reitera ainda que essas medidas de prevenção precisam ser seguidas por todos os profissionais também fora do ambiente de trabalho, ou seja, em suas casas, ou ambientes externos como supermercados, farmácias, etc., além de manter o distanciamento social, a rotina de higienização das mãos e uso de máscaras.

quarentena todas as pessoas  sob suspeita ou casos confirmados. A Sesp afirma seguir os protocolos estabelecidos pelos organismos de saúde quanto a quarentena e isolamento, assim faz a orientação para seus servidores, como os demais profissionais do Executivo do Estado, inclusive os da saúde. Reitera ainda que essas medidas de prevenção precisam ser seguidas por todos os profissionais também fora do ambiente de trabalho, ou seja, em suas casas, ou ambientes externos como supermercados, farmácias, além de manter o distanciamento social, a rotina de higienização das mãos e uso de máscaras.

Em Alta Floresta, onde ocorreram as duas mortes de reeducandos por coronavírus, no sábado (23), a Secretaria Municipal de Saúde realizou testes nos reeducandos da Cadeia Pública e aguarda resultado dos exames para saber se houve contaminação aos demais.

Uma nova enfermaria foi instalada na unidade na sexta (29) e uma enfermeira será removida para ficar por 30 dias em Alta Floresta para intensificar os cuidados com a saúde dos presos e dos policiais penais.

Vale destacar que a Sesp encaminhou Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para as 52 unidades penais, que foram adquiridos com recursos do Poder Judiciário, via Conselho da Comunidade da Vara de Execução Penal, e do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

A Secretaria tem orientado os servidores a manterem as medidas de segurança também fora do trabalho, pois não é possível mapear onde e quando a pessoa contraiu o vírus. A Sesp também tem recebido denúncias de que servidores da Segurança Pública não têm cumprido as regras de isolamento social fora do expediente.

Sobre testes rápidos, a Sesp segue o protocolo da saúde, eles são realizados em casos suspeitos, conforme a NOTA TÉCNICA Nº 006/2020/COE COVID-19/SES-MT, de 11 de maio de 2020, que trata da TESTAGEM PARA COVID-19 EM SERVIDORES PÚBLICOS ESTADUAIS – SEGURANÇA E SAÚDE PÚBLICA:

 “OS TESTES LABORATORIAIS SÓ DEVERÃO SER UTILIZADOS EM INDIVÍDUOS SINTOMÁTICOS, obedecendo o período oportuno de cada técnica e história epidemiológica que corrobora para definição de casos suspeitos, pois não há nenhuma evidência cientifica que sustente a testagem de pessoas SEM SINTOMAS clínicos”.

Conforme Portaria nº 033/2020/SMS que regulamenta os procedimentos dos TESTES RÁPIDOS pelo Ministério da Saúde, os mesmos deverão ser realizados respeitando o mínimo de 07 (sete) dias completos desde o início dos sintomas de síndrome gripal e no mínimo 72 horas assintomático, evitando resultados negativos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • chuck-NORRIS | Domingo, 31 de Maio de 2020, 20h53
    2
    0

    MAURO MENTIRA MENDES DISSE QUE ESTA TUDO TRANQUILO... NÃO QUER NOMEAR, VAI AUMENTAR 4MIL VAGAS SEM CONTRATAR OS 1000 AGENTES APROVADOS E ESPERANDO. A BOMBA VAI EXPLODIR, SEM CONTAR QUE A FORMA DELE ABRIR VAGAS É FECHANDO CADEIAS DO INTERIOR DO ESTADO, REMOVENDO SERVIDORES E SUAS FAMÍLIAS DAS RESPECTIVAS CIDADES.

  • Observador | Domingo, 31 de Maio de 2020, 12h33
    3
    0

    Perceba que no vídeo da visita do juiz só estão de máscara os que estão próximos.

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.