Coronavírus

Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2021, 11h:06 | Atualizado: 14/01/2021, 15h:34

PRESENCIAL

Com vacina atrasada, secretário diz que volta às aulas é temerária - ouça íntegra

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, que já contraiu o coronavírus duas vezes e sofreu com a Covid-19, disse que é contra o retorno às aulas presenciais na rede estadual, diante desta segunda onda da doença.

Após longa internação, na UTI em São Paulo, e correr risco de morte, ele voltou a trabalhar somente nesta segunda (11) e acha temerário, neste cenário de crescimento dos registros de contágio e mortes, aglomerar alunos, professores e funcionários em escolas, mesmo com esforço de garantir distanciamento social, uso de máscara e higienização com álcool em gel.

"Entendemos que, com o crescimento dos casos no Estado e da taxa de ocupação de UTI, é uma temeridade neste momento voltar às atividades presenciais, mas não queremos tomar decisão isolada", diz o secretário. "À luz dos dados epidemiológicos", ele entende que as aulas devem permanecer on-line.

Secom-MT

Gilberto Figueiredo

Ele explica que a decisão é do Governo e os prefeito devem se orientar por ela. "Eu, como secretário de Estado, entendo que por mais que o município não esteja neste momento enquadrado no quadro crítico, o indicador taxa de ocupação de UTI é primordial, porque pode este município ter necessidade de um leito de UTI e não vai ter para os demais, então temos que tomar uma decisão um pouco mais ampliada, com mais segurança, já que há a perspectiva de começar lá pelo dia 25 a vacinação e aí esse cenário pode ser alterado, mas sem vacinação, sem remédico específico para doença e sem leito suficiente é meio temeroso permitir a concentração nas escolas".

O secretário reforçou que o país está atrasado com o plano de vacinação embora veja esforço do Ministério da Saúde para agilizar a campanha de imunização. O governador Mauro Mendes (DEM) havia reclamado disso nesta quarta (13) em entrevista na rádio. 

Figueiredo já adiantou que não haverá vacina suficiente para todos e terão de priorizar grupos de risco.

Haverá uma reunião ampliada hoje com Governo, Assembleia, Sintep e o Comitê de Operações Emergenciais (COE) e o Governo deve divulgar a qualquer momento a decisão tomada em ambiente colegiado sobre o retorno às aulas e vacinação.

Desde dezembro de 2020, foi registrado um aumento considerável nos casos de novo coronavírus em Mato Grosso. O Estado já acumula 194.113 casos da doença, além de 4.727 mortes. As aulas estão suspensas desde o início da pandemia, em março do ano passado.

Ouça a entrevista com o secretário

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Rosi Tomba | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2021, 12h55
    4
    0

    Se Lula fosse presidente ,estaríamos recebendo vacina desde dezembro. Bolsonaro além de inútil, é corrupto, e só se preocupa em blindar filhos também corruptos. Enquanto isso, morremos.

  • Juca | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2021, 11h47
    5
    1

    Pergunta que não quer calar. Cadê os hospitais de campanha e respiradores cobrados em Março de 2020? É falta de UTI? 10 meses se passaram. Dinheiro foi repassado pelo Governo Federal, cadê os hospitais de campanha e respiradores secretário?

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...