Coronavírus

Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2021, 11h:35 | Atualizado: 11/01/2021, 18h:18

CORONAVÍRUS

Curado da Covid pela 2ª vez, secretário volta ao cargo e comemora: "tempo difícil"

Reprodução

Secretário de Saúde Gilberto Figueiredo

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, voltou ao gabinete nesta seunda (11) depois de se recuperar da infecção do novo coronavírus

Após passar mais de 20 dias internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com quadro de possível reinfecção por Covid-19, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, retornou às atividades nesta segunda (11). Ele recebeu alta hospitalar em 18 de dezembro e se recuperava em casa. Gilberto comemorou o retorno e agradeceu ao apoio recebido dos colegas.

“É com muita alegria que compartilho com vocês que estou de volta às atividades na SES-MT. Fui recebido com um café da manhã pela minha equipe de ouro na nossa reunião semanal. Em nome deles, quero agradecer a todos os nossos servidores e profissionais da saúde que têm nos ajudado a salvar vidas neste tempo difícil”, postou em seu perfil no Instagram.

Com quadro grave, em 1º de dezembro ele foi transferido de avião para o hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Havia sido internado no dia anterior na UTI do Hospital Femina com comprometimento no pulmão. Gilberto já tinha se curado da Covid-19 seis meses antes e, em 30 de novembro, novamente, testou positivo.

O caso foi investigado como possível reinfecção, mas não foi confirmado ainda. O agravante é que o secretário sofre da Doença de Crohn, uma síndrome digestiva considerada crônica.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Jorge | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2021, 15h10
    5
    0

    Esse é aquele que é conta tratamento precoce pra quem depende do SUS aqui, mas vai tratar em SP nos melhores hospitais particulares né.

  • Zeca | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2021, 14h46
    3
    0

    Volta aglomerando.

  • JUSTO VERISSÍMO | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2021, 14h18
    2
    1

    Ainda nao foi comprovado que essa peste tem reincidência.

  • Edilson Senna | Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2021, 11h53
    5
    2

    Graças a Deus pela recuperaçao.

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....