Coronavírus

Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 17h:41 | Atualizado: 02/03/2021, 18h:09

Emanuel afrouxa decreto do Estado e adia toque de recolher para 23 horas - assista

Fernanda Camargo

Emanuel toque de recolher

Emanuel anunciou medidas acompanhado pelos vereadores Juca do Guarana e Renivaldo 

Prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou nesta terça (2) que irá afrouxar decreto imposto pelo Governo do Estado. Governador Mauro Mendes (DEM) anunciou o toque de recolher a partir das 21h. Gestor municipal, contudo, adiou o horário para as 23h.

Decreto começa a valer nesta quarta (3) e, a princípio, dura até o dia 21 de março. Comércio varejista, atacadista e o Shopping Popular podem funcionar de segunda a sábado das 8h às 18h. Supermercados e congêneres têm autorização para abrir de segunda a domingo, das 6h às 22h.

As distribuidoras de bebidas podem ser abertas de segunda a domingo das 10h às 22h, desde que não haja o consumo de bebidas no local. Já as conveniências dos postos de combustíveis estão liberadas de segunda a domingo das 10h às 22h. O consumo, nesse caso, é permitido, desde que os clientes estejam sentados.

“Não há necessidade de lock down agora. Agora é a necessidade do cuidado de todos. Evitar as aglomerações e não brincar com um assunto tão sério e um assunto tão grave. Que todos possam viver o novo normal com todos os cuidados e com todas as medidas necessárias para proteger a si e a sua família”, pontuou.

As academias de musculação, ginástica e natação podem funcionar de segunda a sábado das 6h às 22h. Shoppings devem abrir das 10h às 22 de segunda a domingo, bares e restaurantes de segunda a domingo das 11h às 22h e lanchonetes, padarias, açougues, sorveterias e congêneres podem funcionar de segunda a domingo das 6h às 19h.

Justificativa de Emanuel é que quanto mais tempo houver disponível para os clientes, menor será a incidência de aglomerações. Conforme pontuou o prefeito, funcionamento está autorizado mediante ao cumprimento de medidas de biossegurança como o distanciamento social e o funcionamento com apenas 50% da capacidade dos estabelecimentos.

“O setor produtivo já está no limite. Foi penalizado principalmente coma primeira onda da Covid-19 no ano passado. Muitos chegaram a fechar as portas. Com isso vieram os desesperos, a desesperança, a depressão”, disse. “Estou muito preocupado com o emprego. O trabalhador precisa trabalhar para ganhar seu salário, sustentar sua família e ter condições psicológicas de se proteger e proteger os que ele ama nessa luta travada contra a pandemia”.

PageFlips: Decreto toque de recolher Cuiabá 23h

Atividades em parques, estádios e ginásios estão suspensas até o dia 21, bem como as atividades realizadas em casas de shows, boates e similares. As cirurgias eletivas também estão proibidas enquanto durar o decreto municipal. Aqueles que não cumprirem as medidas serão penalizados com advertências ou até suspensão de alvará de funcionamento.

Embate

Para flexibilizar o decreto de Mendes, Emanuel citou jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) e afirmou que município tem aval para definir as normas que lhe convém para a contenção da disseminação da pandemia.

“Fiz questão de transcrever esse texto com força normativa do nosso decreto para que não reste nenhuma duvida que o que mais queremos com autonomia e autoridade é zelar pela vida das pessoas”, finalizou.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Ney Feltrin | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 10h30
    0
    1

    Oh Mané, não moro em Cuiabá, mas torci muito pra tu ganhar a eleição e livrar Cuiabá das mãos de um maluco. Mas se o assunto é tão serio e grava com tu diz, você tá brincando com vidas, porque afrouxar as regras de um decreto que já é frouxo na atual circunstância. Pare com politicagem demagoga e cuide melhor dos seus munícipes

  • Junior | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 08h47
    1
    1

    Não sou a favor do Lockdown, e votei no Prefeito mas afrouxar o sistema e dar sentença de morte a População Cuiabana, infelizmente estamos vendo uma briga política lamacenta e a POPULAÇÃO NO MEIO DO PROCESSO, eu até entendo a decisão do Neneu, o Prefeito pq prometeu tanto a classe Empresarial que fica difícil voltar atrás, porém independente de PARTIDO ou Prefeito e Governo todos tem que pensar que a Vida vale mais que a Morte e a População mais que a Política, essas contas das Mortes já tem um direcionamento, População vejam bem que está preocupado com sua VIDA, fica a DICA, ano que vem as Urnas espero que coloque na ponta do dedo quando forem votar as vidas das pessoas queridas e parentes que se foram por irresponsabilidade política e vaidade de Machos Veios que estão no comando (Prefeito e Governo).

  • Pablo | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 08h26
    0
    0

    Não voto neste Prefeito, mas dessa vez ele deu um nó tático no Governador. O X da questão não são os comércios e sim as aglomerações de festas, etc, que estão acontecendo. O comércio toma as medidas que os órgãos sanitários determinam. A verdade é que os Governos, seja com Polícia (Estado), seja com Vigilância Sanitária (Municípios) , não conseguem coibir estas aglomerações, aí pra jogar pra galera partem pra esse fecha-fecha da Estrela.

  • Zé Burgues | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 08h24
    0
    0

    Helder Santos, a minha véia esta no Ceará em nossa bela casa a beira mar em Jericoacara, em isolamento tomando vitamina D natural na praia, isso faz bem a saúde sabia. Eu sigo aqui fazendo sacrifícios, não sou um desocupado, tenho trabalhado demais em casa, em home office, por isso preciso que todos fiquem em casa para acabarmos logo com este vírus e assim eu poder ir tirar uma férias pelas parias do País e depois para a Europa. Tenho me sacrificado demais em 1 ano ficando em casa, trabalhando em home office, as vezes pintando, assistindo series, nossa é difícil ficar em casa sem poder ir num bom restaurante com meus amigos e pedir um bom vinho e uma tabua de frios, é difícil sabia. Por isso devemos todos nos sacrificar em prol das vidas.

  • JUSTO VERISSÍMO | Quarta-Feira, 03 de Março de 2021, 07h11
    0
    2

    Parabens prefeito Emanuel por olhar do lado dos menos favorecidos e dos empresários que gera empregos e move a máquina pública, quanto a esse Mauro Mente ditador seguidor do Doria, terá o troco que merece nas eleições de 2022, o mesmo destino de Pedro Taques, vai para casa e ficar no ostracismo.

  • Helder Santos | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 23h42
    3
    0

    Zé Burguês, e a veia, tá boa?...Vai caçar o que fazer, Desocupado!

  • Mauro | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 21h22
    4
    2

    O teatro entre esses dois está montado mais uma vez e o povo que se lasce que vergonha dessa classe

  • Zé Burguês | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 20h28
    4
    7

    Gente FIQUEM EM CASA, é tão fácil fazer isso, pois não ponho o pé na rua faz UM ANO, quando começou a pandemia. Leio, aproveito meu pacote da TV paga, experimento receitas, até comecei a pintar. Exercito-me na esteira da sala do meu triplex. Peço meus queijos e vinhos importados, minhas compras no Supermercado do Santa Rosa, tudo por aplicativo. Não tenho contato com ninguém das ruas, isso deixo para os meus funcionários do meu Edifício. Faço sacrifícios: sinto falta da caminhada no parque, dos meus restaurantes Vips preferidos, de viajar para a Europa. Tenho trabalhado em casa faz 1 ano em Home Office e todo mês meu salário esta na conta. Você, não confinado, sabota meus sacrifícios, espalhando o vírus. Devo qualificá-lo como um ser antissocial, um genocida. Ficar em casa é tão fácil.. Se eu consigo todos conseguem.

  • Lucas | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 19h45
    12
    3

    E salva-se quem puder, com esse afrouxamento! Isso que da ter "Rabo-preso" com classe empresarial.

  • Marcio | Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 18h11
    9
    2

    Essa briguinha do governador e do prefeito já está ficando chata. Parece duas p.... nas outras vezes o mané até acertou mas dessa vez tá pisando na bola

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...