Coronavírus

Segunda-Feira, 13 de Abril de 2020, 09h:44 | Atualizado: 13/04/2020, 10h:37

BARREIRA AO "CORONA"

Governo de MT quer aprovar lei e multar quem não usar máscara; artesanal "ajuda"

Gcom

Gilberto Figueiredo

Com intenção de multar infratores, o governo prepara projeto de lei, para forçar a população a usar máscaras, na Capital e interior, neste período de maior risco de contaminação com o coranavírus. "Se não for no convencimento, será na força da lei", avisou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, nesta manhã (13) em live de atualização da Covid-19 em Mato Grosso.

Se não for no convencimento, será na força da lei

Secretário Gilberto Figueiredo

Há a expectativa dos deputados aprovarem a mensagem do Executivo que deve ser encaminhada à Assembleia esta semana.

A medida, por enquanto, é só um pedido, com força educativa, para que todos façam o uso a partir de hoje, dependendo do bom-senso de cada um.

No projeto, segundo ele, devem constar os órgãos que serão arrolados para cumprir papel de fiscal e a multa estipulada aos infratores.

A máscara , diz o secretário, é um dos recursos de barreira ao novo vírus, assim como a lavagem das mãos, o uso de álcool gel e principalmente o isolamento social.

Não soube dizer se há máscaras cirúrgicas, como as usadas em hospitais, no estoque para distribuir à população, mas diz que o governo está produzindo para atender principalmente aos mais vulneráveis. A quantidade ele não soube informar.

O infectologista Ivens Scaff afirma que as máscaras cirúrgicas são as mais adequadas a todos, especialmente aos profissionais da saúde, embora não garantam cobertura total. Mas as artesanais, disseminadas nos últimos dias, segundo ele, "ajudam sim a bloquear o vírus". Desde que tenham duplo tecido.

"A forma de lavagem de máscaras artesanais é com água sanitária, a cada uso. É bom também borrifar álcool 70, após a lavagem, ou álcool em gel nelas", orienta.

Ele concorda com a medida do governo, de pedir que todos usem máscaras, e reforça que o coronavírus tem uma capacidade incrível de contágio, similar apenas ao do sarampo e da catapora.

Experiente infectologista, um dos poucos médicos que tiveram a coragem de lidar com pacientes no início de outra epidemia, a da Aids, Scaff está cheteado, porque foi tirado da linha de frente do enfrentamento ao coronavírus. "Tenho mais de 60 e sou diabético, grupo de risco, achei melhor acatar o afastamento".

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • 1 | Sábado, 18 de Abril de 2020, 18h19
    0
    0

    1, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • JANUÁRIO | Segunda-Feira, 13 de Abril de 2020, 11h48
    7
    1

    O CIDADÃO PAGA IMPOSTOS E TAXAS PRA NASCER E QUANDO É SEPULTADO OU CREMADO EM UM CEMITÉRIO. E NESSE INTERVALO DE TEMPO PAGA IMPOSTOS E TAXAS PRA TUDO! QUANDO APARECE UMA PANDEMIA DESSAS, DE 200 EM 200 ANOS, AINDA TEMOS QUE COMPRAR OU PRODUZIR A NOSSA PRÓPRIA MÁSCARA PARA NOS PROTEGERMOS. ISSO NÃO É OBRIGAÇÃO DO ESTADO? CADÊ O DINHEIRO DOS IMPOSTOS E TAXAS QUE PAGAMOS DURANTE A VIDA TODA, SRs. GOVERNADOR E PREFEITO? ESTÁ COM O JUDICIÁRIO, COM O LEGISLATIVO? COM O TCE? COM O MINISTÉRIO PÚBLICO? OU NOS RALOS DO SETOR PÚBLICO? TOMEM VERGONHA NAS SUAS CARAS!

  • Reginaldo | Segunda-Feira, 13 de Abril de 2020, 11h05
    8
    2

    Tai mais um forma de engordar o caixa do governo para ser dividido entre A.L, T.J e T.C.E. Eleitores, vamos guardar na memória até às eleições desse ano e de 2022

  • Wagner Barbosa dos Reis | Segunda-Feira, 13 de Abril de 2020, 10h27
    6
    4

    Uma palhaçada agora obrigar as pessoas a usarem máscaras, o povo ñ tem dinheiro nem para comer agora irá pagar multa. Quem ñ tem o que fazer acaba fazendo isso, as empresas demetindo seus funcionários por ñ poderem trabalhar. Todo mundo precisa entregar sua contas para o Emanuel Pinheiro pagar também ao Mauro Mendes.

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

MAIS LIDAS