Coronavírus

Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020, 15h:24 | Atualizado: 19/10/2020, 15h:44

GOVERNO AFIRMA

Hospital Regional de Rondonópolis vai continuar como referência contra Covid

Reprodução

Hospital Regional de Rondon�polis

O Hospital Regional de Rondonópolis continuará sendo centro de referência para tratamento de pessoas infectadas pela doença do novo coronavírus

O governo do Estado de Mato Grosso afirmou na tarde desta segunda (19) que o Hospital Regional de Rondonópolis (HRR) continuará sendo centro de referência na região para tratamento de pessoas infectadas pela Covid-19. A diretoria do hospital havia divulgado um documento, nesse fim de semana, informando que após uma reunião com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) ficou decidido que a instituição não seria mais direção para pacientes com coronavírus.

Em nota, o governo do Estado afirmou que os 30 leitos de UTI, que atualmente são custeados pelo Governo, serão mantidos em Rondonópolis, por ser referência para a Região Sul do Estado no atendimento à pacientes contaminados com a doença. 

Segundo o comunicado, o que existe no momento é um estudo que analisa a possibilidade de transferência para outra unidade de saúde, localizada no município, dos 10 leitos de UTI exclusivos para a Covid-19 do Hospital Regional, para que seja possível viabilizar o reinício das cirurgias eletivas na região. A nota destaca ainda que qualquer informação diferente disso deve ser desconsiderada.

O documento divulgado pelo hospital regional informava que os pacientes internados com Covid-19 seriam transferidos para outras unidades de saúde referência para a especialidade a partir de hoje (19). Além disso, a Central de Regulação seria informada para não mais encaminhar pacientes diagnosticado com o vírus para a unidade hospitalar.

A circular foi assinada pela diretora geral do HRR, Kênia Lima de Gomes, e pela diretora técnica do Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso (CRM-MT) Tamires Martins Figueiredo.

Repercussão

O delegado e deputado Claudinei Lopes repudiou a decisão tomada anteriormente pelo hospital. Segundo o parlamentar, como se não bastasse o descaso do prefeito da cidade, Zé Carlos do Pátio, que, ao invés de se preocupar com a saúde pública do município, está “por aí dançando” e fazendo campanha.

“Será que a pandemia já acabou? Será que está tudo bem com a saúde pública? Semana passada já fizemos um requerimento de informações ao governo sobre as denúncias que recebemos das superlotações, falta de insumos e falta de profissionais no Hospital Regional de Rondonópolis. E, agora, além de tudo isso, o Hospital Regional foi desabilitado para receber pacientes Covid-19. Não é possível. Só podem estar de brincadeira. Esperamos que essa equivocada decisão seja revertida amanhã! Acompanharemos de perto essa situação!”, desabafou.

Dados Covid-19 em Rondonópolis

Segundo o boletim epidemiológico da SES divulgado nesse domingo (18), o município soma 9,907 casos confirmados para o novo coronavírus. Desses, 7,950 conseguiram se recuperar da doença e 323 pessoas perderam a batalha para o vírus. Ao todo, Mato Grosso contabiliza 3,732 mortes em decorrência da Covid-19.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS