Coronavírus

Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 16h:13 | Atualizado: 25/03/2020, 16h:19

Hospital Regional descarta suspeita de coronavírus e laudo aponta pneumonia

Porém, segundo nota da Prefeitura, paciente teve o material recolhido para exame da Covid-19 na UPA

Idoso rondon�polis morte coronav�rus

A Vigilância Sanitária de Rondonópolis (a 214 km de Cuiabá) foi notificada, na tarde de hoje (25), pelo Hospital Regional de Rondonópolis (HRR) sobre a morte de um idoso de 67 anos, que apresentava quadro de insuficiência respiratória e estava sob suspeita de infecção pelo novo coronavírus.

De acordo com a prefeitura do município, a causa do óbito foi declarada pelo Hospital Regional como insuficiência respiratória aguda causada por pneumonia, mas o material genético do paciente foi submetido a teste da Covid-19. 

O idoso morreu na madrugada de hoje (25), no entanto, a secretaria de Saúde de Rondonópolis afirmou, por meio de nota, que a Vigilância Sanitária não havia sido notificada pelo Regional sobre a morte do paciente e a suspeita de coronavírus na unidade. O procedimento é parte do protocolo estabelecido para registro oficial dos casos de Covid-19. 

Leia mais: Idoso, de 67 anos, era suspeito de ter coronavírus, diz prefeitura em nota - leia

Leia mais: Idoso de 67 anos vai ao mercado e morre 2 dias depois, com sintomas da COVID-19

A prefeitura do município ressaltou que o idoso já fazia parte da lista de pacientes sob suspeita de infecção do novo coronavírus desde segunda (23), quando ele deu entrada na UPA com dificuldade para respirar. Ele foi atendido e transferido para o Hospital Regional de Rondonópolis, onde morreu. 

A equipe médica da UPA recolheu material genético do idoso para teste da Covid-19, para ser encaminhado ao Laboratório Central (Lacen). O exame deve ficar pronto em 72 horas. O idoso teria começado a sentir dificuldade para respirar após sair da zona rural e ir até um mercado atacadista, em Rondonópolis.  A vítima era morador do assentamento Carimã, que está localizado entre Rondonópolis e Itiquira (360 km de Cuiabá).

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.