Coronavírus

Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 10h:50 | Atualizado: 25/03/2020, 18h:57

RONDONÓPOLIS

Idoso de 67 anos vai ao mercado e morre 2 dias depois, com sintomas da COVID-19

Idoso rondonópolis morte coronavírus

Idoso chegando ao Hospital Regional de Rondonópolis, transferido da UPA. Nesta madrugada, morreu e há suspeita de que tenha sido vítima do coronavírus

Um idoso de 67 anos, que morava na zona rural de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), morreu no Hospital Regional local, de insuficiência respiratória, na madrugada desta quarta (25). A falta de ar agravada é um dos sintomas da COVID-19, causada pelo coronavírus. Foi colhido material para exame no laboratório de referência, o Lacen, e posterior confirmação ou descarte da doença.

Conforme apurou o , o idoso, que vivia em uma comunidade rural entre Rondonópolis e Poxoréu, estava preocupado com a pandêmia e foi à cidade, para fazer compras em uma rede atacadista. Anunciadas as medidas preventivas de evitar aglomerações, ele acreditou que, com a dispensa abastecida, evitaria os riscos posteriores. Poucos dias depois, acabou internado na UPA, já com o quadro agravado de insuficiência respiratória.

Os primeiros sintomas surgiram em casa, aproximadamente dois dias depois dele ter ido à cidade. Sinais de gripe e falta de ar. Chegou a procurar a UPA e, assim que avaliado, foi colocado em isolamento e entubado.

Por complicações no quadro clínico, na tarde desta terça (24), foi transferido para o Hospital Regional por uma equipe do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu e morreu na madrugada. Teve uma parada cardiorrespiratória.

Procurada, a Secretaria Municipal de Saúde disse não estar ciente do fato. Contudo, informações exclusivas obtidas pelo confirmam que o idoso apresentava todos os sintomas da infecção que assusta o mundo, que inclusive chegou à unidade Regional com febre superior a 40°C e um quadro de pneumonia aguda, característico da doença.

Ainda conforme apurou a reportagem, um teste para confirmar a infecção pelo coronavirus foi realizado no idoso, pos mortem, ou seja, depois da morte, e encaminhado para análise.

Por falta de ambulância com equipamentos de ventilação para atender o translado do homem, entre as unidades, o atendimento foi feito por uma ambulância do Corpo de Bombeiros, que possuía os ventiladores para mantê-lo entubado durante o trajeto.

Procurada, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) disse que as informações em tempo real devem ser buscadas nos municípios, pois a pasta aguarda os boletins repassados pelos setores de Vigilância em cada cidade. A Saúde municipal confirmou a morte do idoso nesta madrugada. O laudo do exame deve ficar pronto em aproximadamente 7 dias.

Boletim

Rondonópolis tem dois casos confirmados de coronavírus e 24 suspeitos. A Saúde reforça a importância das medidas de isolamento para reduzir a transmissão do vírus na cidade.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Joaquim Silva | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 08h55
    5
    0

    Que tristeza...tem pessoas que comentam parecendo ter ficado satisfeitas com a tragédia. Nem passa pela cabeça delas que pessoas precisam normalmente ir ao mercado ou então vem de outras cidades menores para fazer compras no final de semana nesses mercados atacadistas, pois o preço dos mercadinhos nas vilas é muito alto. Eu mesmo já fiz isso inúmeras vezes, não sou um espertalhão, apenas tento economizar o salário sofrido. Não julgue o que não conhece, com o mesmo rigor que julgamos seremos julgados.

  • Patricia Xavier | Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 18h36
    5
    0

    o corpo de bombeiros nem tem ambulância em Rondonópolis, e o regional tem as paredes pintadas de cinza.

  • Diego A L | Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 13h38
    7
    3

    Sintomas não é diagnóstico, por estas postagens que a população estão amedrontadas, desesperadas...

  • todeolho | Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 11h17
    9
    8

    vamos ver o resultado desse desespero dos espertos de ir no mercado daqui uns 5 dias... só foi falar de ficar em casa, correram para os mercados... agora...

Pode recebe 2 já derrotados em BG

sandro saggin curtinha 400   O Podemos conseguiu juntar em Barra do Garças o grupo de dois já derrotados à prefeitura, Daltinho, que também foi deputado e em 2018 teve votação pífia na tentativa de reeleição, e Sandro Saggin, um "eterno" candidato. Entregue ao ostracismo, Daltinho...

Câmara de Barra devolve R$ 100 mil

joao rodrigues 400 presidente c�mara barra do gar�as   A Câmara Municipal de Barra do Garças devolveu à prefeitura R$ 100 mil para serem investidos em medidas de combate ao novo coronavírus. O presidente do Legislativo, vereador João Rodrigues de Souza, o doutor...

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

Deputado põe aliado no lugar do irmão

ronaldo taveira 400 curtinha   Coube ao próprio deputado Wilson Santos indicar um nome para o lugar do irmão Elias Santos, que na última sexta (3) deixou a secretaria de Gestão de Pessoas da Assembleia para concorrer a vereador em Cuiabá. E o ex-prefeito emplacou no cargo que rende R$ 19,9 mil mensais o velho...

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.