Coronavírus

Domingo, 05 de Julho de 2020, 18h:54 | Atualizado: 06/07/2020, 07h:50

BALANÇO DE DOMINGO

MT tem apenas 7 UTIs vagas para tratar Covid; são 821 mortos e 21.081 casos veja

Mato Grosso tem apenas 7 leitos de UTI desocupados, conforme boletim da secretaria estadual de Saúde (SES), divulgado às 18h07 deste domingo (5). De acordo com a Pasta, são 233 internações em UTI e 337 em enfermaria. A taxa de ocupação está em 97,1% para UTIs e em 49,5% para enfermarias.

Ainda conforme o boletim de hoje, o Estado já acumula 21.081 casos confirmados da Covid-19, sendo registrados 821 óbitos em decorrência do coronavírus. 

As 35 mortes mais recentes envolveram residentes de Várzea Grande, Cuiabá, Rondonópolis, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Barra do Garças, Pontes e Lacerda, Confresa, Santa Terezinha, Vila Rica e General Carneiro.

A ocupação total de leitos ocorre nos hospitais: Regional de Sinop (20), Regional de Rondonópolis (12), São Luiz (5), Regional de Sorriso (2), Pronto Socorro de Vázea Grande (2), Santa Casa de Rondonópolis (15), Municipal de Barra do Garças (8) e Júlio Muller (10).

Ainda há vagas na UTI dos hospitais: Metropolitano (1 vaga), Santa Casa de Cuiabá (3 vagas),Municipal de Juína (1 vaga), Pronto Socorro de Cuiabá (1 vaga) e São Benedito de Cuiabá (1 vaga).

Dos 15 leitos de UTI pediátricos disponíveis na Santa Casa e Pronto Socorro da Capital, só há dois vagos (no PS).

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19 estão Cuiabá (4.949), Várzea Grande (1.597), Rondonópolis (1.480), Sorriso (946), Lucas do Rio Verde (909),  Tangará da Serra (816), Primavera do Leste (803), Sinop (570), Nova Mutum (534), Pontes e Lacerda (476), Campo Verde (400), Cáceres (363), Confresa (330), Barra do Garças (270), Campo Novo do Parecis (267), Sapezal (253), Colíder (252), Querência (239), Matupá (223) e Peixoto de Azevedo (208). 

Nas últimas 24 horas, surgiram 753 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas cinco ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, um caso anteriormente notificado em Confresa foi reposicionado para Canabrava do Norte, município de residência do paciente.

Divulgação/SES

Balan�o Covid 5 de julho

Dos 21.081 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.996 estão em isolamento domiciliar e 8.534 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 233 internações em UTI e 337 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,1% para UTIs e em 49,5% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51,1% dos diagnosticados são do sexo feminino e 48,9% masculino; além disso, 5.644 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 23.553 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.542 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.

Cenário nacional

Neste domingo (05), o Governo Federal confirmou 1.603.055 casos da Covid-19 no Brasil e 64.867 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 64.265 óbitos e 1.577.004 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Samuel | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 13h00
    0
    0

    Crápulas. Tiveram três meses para providenciar leitos de UTIs frente ao óbvio ululante e agora há pacientes morrendo de forma indigna - sem mitigação do sofrimento.

  • Dejamir Soares | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 08h59
    0
    0

    Aonde estão estas vagas? Muita canalhice do governo, visto que temos mais de 80 pessoas na fila, algumas entubadas em pronto atendimento a espera de um leito. Se tem, diga onde e mande pacientes pra lá. Até quando ficar com essa politicagem do tudo sob controle, se sabemos que a vaca já foi pro brejo. E que Cuiaba precisa hoje de 100 leitos novos de UTI para suprir a demanda.

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.