Coronavírus

Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 17h:43 | Atualizado: 04/03/2021, 19h:32

Pandemia

Ocupação de UTIs ultrapassa 96% e MT se aproxima de colapso; infecção é recorde

Reprodução/TV Globo

 Leito de Covid - UTI sem vagas

A taxa de ocupação dos leitos de UTI disparou para mais 96% na tarde desta quinta-feira 

 

Já não há mais vagas em UTIs para Covid-19 em 11 hospitais do estado e pacientes aguardam na fila. Outros 9 estão com lotação acima de 80%. Segundo boletim da secretaria de Estado de Saúde (SES), há apenas 30 leitos de UTIs disponíveis em todo o Estado.

Com taxa de ocupação acima dos 96% na tarde desta quinta (4), é possível afirmar que colapso da saúde está muito próximo. O índice é o maior desde o início da pandemia e até amanhã o Estado pode ficar sem nenhum leito para pacientes graves. Ontem, a taxa era de 87,42%.

Entre as 37 vítimas só nas últimas 24 horas, estão uma criança de apenas 3 anos, de Cuiabá, e um idoso de 91 anos, de Campo Novo do Parecis. Há 697 pacientes internados nas UTIs de Mato Grosso que teve recorde em notificações no número de infecções diárias, chegando a 2.748 novos casos confirmados nesta quinta.

Já os pacientes que precisam de observação em leitos de enfermarias somam 819. A taxa geral é de 46%. Outras 9.883 estão com sintomas leves ou assintomáticos e, por isso, estão em isolamento domiciliar.

Desde o início da pandemia, a SES notificou 258.460 casos da Covid-19, sendo que 241.068 pessoas se recuperaram e 5.941 morreram.

Os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 são: Cuiabá (55.589), Rondonópolis (20.299), Várzea Grande (16.284), Sinop (13.178), Sorriso (10.492), Tangará da Serra (10.148), Lucas do Rio Verde (9.486), Primavera do Leste (7.655), Cáceres (5.702) e Nova Mutum (5.130).

O boletim ainda aponta que um total de 220.702 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.388 amostras em análise laboratorial.

Confira lista com taxa de ocupação de hospitais

Boletim SES

Lista de hospitais sem vagas em utis

 

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Otávio Coophema | Sexta-Feira, 05 de Março de 2021, 11h13
    2
    0

    Felipe boçal. Deve ser bolsominion. Kkkk

  • Felipe | Sexta-Feira, 05 de Março de 2021, 08h05
    0
    2

    Dr. Luciano é mais um entendedor formado no youtube kkk, Doutor em economia especialista em SAUDE pelo youtube kkkkkkkkk mais um com aquele papo de suécia kkkkk, isso que da ter politico de estimação, mais um contra hospital de campanha que não resolve bla, bla, bla, enquanto tivermos puxa saco de politico da nisso. Varios estados buscaram o hospital de campanha como solução, pois isso abre mais leitos de UTI, mas tem gente que prefere ver o caos do que buscar solução como hospital de campanha que aqui este seu governador de estimação não fez.

  • Dr Luciano Siqueira | Sexta-Feira, 05 de Março de 2021, 07h45
    1
    0

    Felipe mente igual Bolsonaro. Quando Cuiabá fechou, ano passado as mortes diminuíram e o sistema de saúde aguentou. Os empresários egoístas pressionaram abrir comércio e logico ocorreu aumento de coronavirus. Povo sem educação deixando crianças brincando na rua e transmitindo coronavirus, se aglomerando no Natal, ano novo e agora em bares explosão de coronavirus. Nem na Suécia tem hospital de campanha suficiente para tantos sem noção. Mister alcandorar que se faça lockdown urgente com prisão de hum ano para quem desrespeitar. Sou doutor em economia.

  • Felipe | Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 20h35
    3
    0

    Um ano se passou e nossos governantes não aprenderam nada com esta pandemia? Manaus foi um alerta e cade os hospitais de campanha? Esperaram chegar no limite e agora? Cuiabá se fechou ano passado quase 2 meses e as mortes aumentaram. Lockdow e quarentena foi proposto para que os nosso governadores e prefeitos tivessem tempo para estruturar o SUS. 1 ano se passou, 1 ano e nada. E sabemos que meses com temperaturas mais baixas doencas respiratórios aparecem com mais facilidade. Os nossos gestores não sabiam disso? La se foi 1 ano desta gestão de prefeitos e governadores desastrosa. Queriam liberdade e autonomia para decidir sobre o que fazer sobre a COVID e o STf deu, tiveram 1 ano para isso, mas pelo visto não resolveu muita coisa na mão desses incompetentes.

  • Juca Pirama | Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 19h23
    2
    11

    O pão que você comeu hoje, é da IRRESPONSABILIDADE de um padeiro que foi trabalhar.

  • Joao | Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 19h18
    5
    0

    De quem foi a ideia de jumento de fechar todo o comercio as 7 da noite. Os mercados e farmácia hoje estava lotados por causa do horário de fechamento. Ou deixa fechado de uma vez ou então deixa aberta ate as 9 da noite. Pois com horário reduzido pessoas saindo do trabalho as 6 e uma hora apenas para todos se aglomerarem no comercio como mercado e farmácia. Ideia de jumento essa.

  • Adalto | Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 19h14
    10
    4

    TEM QUE FECHAR TUDO, supermercado, posto de combustíveis, farmácias, bancos, não circular nenhum ônibus nas ruas, proibir transporte de pessoas e alimentos como delivery. Proibir funcionários de irem trabalhar em condomínios e prédios, pois ali tem vidas e todas as vidas importam. Não é só bares e restaurante que pega vírus. TEM QUE FECHAR TUDO. FECHAMENTO TOTAL DO COMERCIO. Ninguém nas ruas, não importa o horário. Lockdown geral por no mínimo um mês, e caso a doença não diminua vamos manter tudo fechado por meses até a doença desaparecer. Não importa se ficaremos desabastecidos, sem comida ou remédios, VIDAS IMPORTAM, ECONOMIA A GENTE VÊ DEPOIS

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...