Coronavírus

Segunda-Feira, 23 de Março de 2020, 15h:38 | Atualizado: 23/03/2020, 15h:43

REPRESSÃO

PM fecha 19 locais que burlaram decreto estadual contra a Covid-19 e notifica 73

Christiano Antonucci Secom-MT

Opera��o para que bares e restaurantes cumpram o decreto - pra�a da mandioca

Bares da região da Praça da Mandioca, em Cuiabá, fecharam as portas em respeito ao decreto estadual. Maior parte da fiscalização da  ocorreu na Capital

Durante o final de semana, 19 estabelecimentos comerciais, em maioria bares, foram fechados pela Polícia Militar durante fiscalização do cumprimento das medidas restritivas e de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19), em Mato Grosso. No total foram 73 ocorrências por desobediência ao decreto, maior parte delas realizadas em Cuiabá. 

De acordo com a PM, os bares não estavam respeitando a lotação máxima de 50%, além da regra de manter distância de 1,5 metros entre cada pessoa. Quatro pessoas foram levadas para a delegacia. Por outro lado, a PM contabilizou 50 ocorrências de locais que evitaram aglomerações.

Em Cuiabá, quatro registros de dispersão de multidões foram emitidos, segundo relatório da Superintendência de Planejamento Operacional da Polícia Militar e Estatísticas (SPOE). Em outras cidades, Rondonópolis, Jaciara, Sapezal e Nobres os policiais atuaram em três ocorrências de aglomerações, em cada uma delas.

Além de bares, a PM interviu em festas de aniversário e de casamento, encontros em áreas de lazer de condomínios, partidas de futebol, entre outros eventos públicos e privados. A PM atua nos 141 municípios e todos os distritos de Mato Grosso com patrulhamento das ruas, orientações à população e apoio aos órgãos de defesa do consumidor (Procon), Saúde e Vigilância Sanitária. 

Disque-denúncia

Denúncias de estabelecimentos que não estão autorizados a abrir podem ser feitas no Disque-denúncia da Secretaria Municipal de Ordem Pública, através do telefone: (65) 3616-9614. As informações podem ser repassadas de forma anônima. Quatro equipes, cada uma com dois fiscais, atuarão na fiscalização em cumprimento ao decreto, válido até 5 de abril. 

Em casos de descumprimento e consequentemente aglomerações de pessoas por um estabelecimento aberto, inicialmente a equipe notificará a empresa para que cumpra o decreto. Na sequência, lavra-se auto de infração, que pode gerar multa e até mesmo a suspensão do alvará, que permite o funcionamento do estabelecimento.

Os responsáveis pelos estabelecimentos que desrespeitarem as regras, podem, além de ser multados, pegar um mês de detenção. A secretaria está definindo os valores de multa, de acordo com o grau da punição, que serão aplicados nos estabelecimentos comerciais e divulgará o mais rápido possível para evitar que a situação se alastre.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS