Coronavírus

Sábado, 28 de Março de 2020, 10h:51 | Atualizado: 28/03/2020, 11h:09

"NÃO É GRIPEZINHA"

Professora de 36 anos ficou internada 3 dias na Capital e família toda passou mal

Divulgação

Professora Carolina Couto foto interna

 

Alguns dias após voltar de uma viagem para o Rio de Janeiro, onde estava com a família, a professora Carolina Peres Couto, de 36 anos, passou a sentir sintomas que, inicialmente, pensou serem de uma sinusite. No entanto, o quadro começou a evoluir não só nela, mas no marido, no pai e na madrasta. Todos com dificuldade para respirar, registros de febre e tosse. 

Na terça (24), Carolina precisou ser internada no Hospital São Mateus, em Cuiabá, e os médicos solicitaram um exame para Covid-19, já que uma ressonância constatou manchas no pulmão dela e do pai, de 74 anos, semelhantes as causadas pela infecção do novo coronavírus.

O resultado, contudo, deve ficar pronto em sete dias. Tempo que os médicos constataram que Carolina não poderia esperar e ela passou a ser tratada nos protocolos utilizados para a Covid-19. Como ainda não há cura para a doença, os médicos administraram antibíoticos e orientaram a professora a aguardar o organismo reagir.

Leia mais: MT registra 171 suspeitos de ter a Covid-19 em 24h e já são 556 pessoas - mapa 

O caso ainda não aparece nas estatísticas oficiais da secretaria estadual de Saúde (SES). A reportagem do procurou o Hospital São Mateus para saber se as suspeitas da Covid-19 estão sendo reportadas a Vigilância Sanitária, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem. O espaço segue aberto.

Como já estou numa curva de melhora, estaria ocupando um leito de quem precisa. Tenho respondido bem, estou boa perto do que poderia estar

Carolina Couto

Na tarde de sexta (27), Carol recebeu alta médica após apresentar melhora no quadro. Ela contou que, neste momento, não há "muito mais o que ser feito", por conta da necessidade de liberar leitos para outros possíveis pacientes, a professora foi orientada a cumprir isolamento domiciliar. 

"Como já estou numa curva de melhora, estaria ocupando um leito de quem precisa. Tenho respondido bem, estou boa perto do que poderia estar. Os médicos então mandam para isolamento em casa porque os hospitais precisam ficar vagos", disse. 

Primeiros sintomas 

No final da semana passada, Carol começou a sentir os primeiros sintomas de que ficaria doente, no entanto, a possibilidade de ter sido infectada pelo novo coronavírus não passou pela cabeça dela de forma imediata. No início, achou que poderia ser uma crise de sinusite. A ardência no final de cada respiração profunda foi o principal sinal de alerta para desconfiar da Covid-19.

Todos os documentos expedidos pelo Hospital São Mateus ressaltam que a professora é uma possível vítima do novo vírus. Para receber alta, Carol precisou assinar um termo de consentimento garantindo que permanecerá em isolamento domiciliar, podendo procurar a unidade em caso de agravamento nos sintomas. 

Tanto ela quanto o pai receberam diagnóstico de pneumonia causada pela infecção do novo coronavírus. Ela ressaltou que ambos nunca tiveram qualquer tipo de problema pulmonar. O pai, no entanto, se enquadra no grupo de risco da doença pela idade e quadro de hipertensão. Assim como o marido de Carol, que possui bronquite crônica. 

Reprodução

Exame m�dico - professora corona v�rus

 

Ela procurou o hospital após os médicos caracterizarem os sintomas do pai como Covid-19. Para ela, a demora de sete dias no resultado do exame que atesta a doença é um "absurdo total", chegando a representar risco de morte. 

Carol ressaltou que, como a Covid-19 ainda é nova para a medicina, não há um consenso com relação aos sintomas. De acordo com ela, eles podem ser diferentes em cada pessoa. Ela explicou que não sentiu febre todos os dias, mas em um deles ficou sem conseguir falar por conta da mesma. 

"Dali a pouco começou a dar um incômodo no peito, quando respirava fundo, no final começava a "arder", mas quando você vai ver na tomografia, seu pulmão está todo rajada. Eu estou internada porque estou com pneumonia, poderia estar usando ventilação mecânica, sem dúvida não é uma gripezinha", avaliou. 

Casos em Mato Grosso 

Mato Grosso registrou 171 novos casos suspeitos da Covid-19 em 24 horas, de acordo com boletim informativo divulgado pela secretaria estadual de Saúde (SES), na sexta (27). Apesar do aumento significativo de suspeitas, a pasta não registrou nenhuma nova confirmação da doença no Estado. No total, 556 pessoas apresentam sintomas. Nesta quinta eram 326, um aumento de 70%.

Cuiabá segue com oito confirmados, Várzea Grande, na região metropolitana, com dois e Nova Monte Verde com um, totalizando 11 pacientes infectados pelo novo coronavírus em Mato Grosso, com idade entre 26 e 50 anos. Conforme o boletim, 71 municípios mato-grossenses apresentam casos suspeitos, com destaque para Sinop (a 503 km  de Cuiabá), que tem 85 notificações, e Cuiabá, que aparece com 45.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • CUIABANO MT | Domingo, 29 de Março de 2020, 23h46
    4
    1

    Essa irresponsável foi sim na escola Estadual André Avelino Ribeiro CPA I, teve contato com várias pessoas da escola, apresentando os sintomas, afirmou que estava sendo monitoriada pela vigilância do Rio de Janeiro, coisa que não é verdade, em momento algum ela notificou a vigilância daqui sobre os sintomas.

  • Joel | Domingo, 29 de Março de 2020, 19h40
    4
    0

    A materia nao fala que a professora foi na escola, mas foi sim, ja com os sintomas, talvez nao de má fé, mas por ser uma pessoa esclarecida deveria ter evitado a exposiçao dos colegas de trabalho.

  • Dildi | Domingo, 29 de Março de 2020, 11h45
    3
    4

    A ELEGÂNCIA OU A FALTA DELA NÃO É TRANSMITIDA PELO CORONAVÍRUS. Assim aos comentaristas, vamos todos nos vacinar contra a falta de postura em nossas colocações. Em momento algum a referida sra. diz que foi na escola. Meu Deus.....estamos voltando a era das cavernas.....

  • Contra imbecis | Domingo, 29 de Março de 2020, 10h07
    1
    5

    Não leu a materia, né boçal? Ela estava no Rio de Janeiro e não na sala de aula. Analfabeto funcional.

  • Mauro munoz | Domingo, 29 de Março de 2020, 08h08
    0
    3

    Pt

  • ANJOSCAIDOSNATERRA | Sábado, 28 de Março de 2020, 12h37
    8
    7

    Por que então foi na escola com esses sintomas ? Deixou todos em pânico ! Irresponsável! Não deveria responder por isso ? Com a palavra as autoridades!

Contas de prefeita são reprovadas

thelma 400 curtinha   As contas de 2018 da prefeita chapadense Thelma de Oliveira (foto), do segundo ano de mandato, foram reprovadas pelo TCE-MT. Agora, cabe à Câmara Municipal aprová-las ou rejeitá-las. Em seu parecer, o conselheiro interino João Batista apontou 15 irregularidades, sendo 11 delas sobre...

Prefeitos têm de trocar apadrinhados

kleber varzea grande 400 curtinha   Com a decisão do TJ-MT de considerar inconstitucional controlador-geral das prefeituras fora dos quadros efetivos de auditor municipal, muitos prefeitos terão de exonerar seus indicados políticos, vindo a escolher profissionais de carreira, assim como já se tornou prática na...

Controlador-geral agora só de carreira

angelo 400 curtinha   Uma decisão desta quinta do TJ, que julgou procedente, inclusive por unanimidade, uma ADIN proposta pela Associação dos Auditores e Controladores Internos do Estado (Audicom), presidida por Angelo Oliveira (foto), acaba, na prática, com os chamados controladores-gerais dos municípios...

Elogio à compra econômica do Estado

janaina riva 400 curtinha   Embora lançando críticas pontuais de vez em quando, a deputada Janaina Riva (foto) tem feito constantes defesa do Governo Mauro e elogiado ações da administração, especialmente na saúde pública. Sobre a decisão do governo de comprar 120 respiradores da China,...

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.