Coronavírus

Segunda-Feira, 13 de Abril de 2020, 09h:30 | Atualizado: 13/04/2020, 09h:55

EPICENTRO DA PANDEMIA

Reabertura do comércio em VG aumentará número de casos em Cuiabá, diz secretário

Gilberto Figueiredo

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, disse nesta manhã (13), em live de atualização do boletim da Covid-19 no Estado, que o governo recebeu com desconforto e preocupação a decisão de Várzea Grande de afrouxar regras de barreira. Segundo ele, isso deve colaborar com a disseminação do novo coronavírus e acelerar o número de casos na região metropolitana.

Na terça (7), a prefeita Lucimar Campos (DEM), liberou abertura do comércio, com restrições, e elevou a frota do transporte coletivo para 70%, após diálogos com o empresariado.

De acordo com o secretário, como VG e Cuiabá são cidades ligadas e o trânsito entre elas é intenso, a decisão assinada por Lucimar afeta a Capital, que é o epicentro da pandemia no Estado. “Teremos elevação de casos em Cuiabá”, lamenta.

Decisões tomadas de forma isolada impactam nos dois lados. Decisões em VG podem comprometer Cuiabá e vice-versa

O secretário ressalta que a saúde pública e privada “correm contra o relógio” para aprontarem leitos de UTIs, aos que tiverem sintomas agravados e que, se os casos crescerem muito rapidamente, o Estado terá dificuldades em dar suporte necessário a todos.

“Decisões tomadas de forma isolada impactam nos dois lados. Decisões em VG podem comprometer Cuiabá e vice-versa”, reforça.

Segundo ele, mais da metade da população será, fatalmente, infectada pelo coronavírus e, se mantivermos condutas comportamentais mais rígidas, como o isolamento social, teremos uma “infecção mais branda”. Caso contrário, será mais intensa.

Ele lembra que previsão inicial era de 18 mil mortes em Cuiabá, sem medidas restrititivas. Um patamar que não pode ser descartado, com os afrouxamentos de regras.

Na live, o secretário confirmou dados do último boletim: 3 mortes pela Covid-19 em Mato Grosso, em Lucas do Rio Verde, Cáceres e Aripuanã, e 123 casos confirmados, sendo a grande maioria - 64 - na Capital.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • FERNANDO | Segunda-Feira, 13 de Abril de 2020, 13h24
    0
    4

    Sr secretario deve estar de brincadeira, 18.000 mortes só em cuiabá? tenha santa paciência, de onde tiram esses números? agora de fome e suicidio por perderem seus empregos e empresas ai tenho certeza que vai morrer mais que de corona. mas nem perto de 18.000

Emendas para os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia,  Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews e Rdtv,  defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados   e pagas pelo Governo via orçamento do Estado. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e benfeitorias cheguem nos...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

MAIS LIDAS