Coronavírus

Segunda-Feira, 23 de Março de 2020, 15h:38 | Atualizado: 23/03/2020, 15h:38

CONTRATO DE TRABALHO

Rosa Neide detona Bolsonaro e diz que país vive presidencialismo sem presidente

Rodinei Crescêncio

Rosa Neide

A deputada federal Rosa Neide, durante evento na Capital; petista detonou postura do presidente Jair Bolsonaro que revogou medida após polêmica

A deputada federal Rosa Neide (PT), única oposicionista entre os oito integrantes da bancada de Mato Grosso na Câmara dos Deputados, avalia que a postura do presidente da República Jair Bolsonaro em relação a medida provisória 927 comprova que o país está sem liderança. Segundo a petista, hoje o Brasil vive uma espécie de “presidencialismo sem presidente”.

Ocorre que Bolsonaro afirmou nesta segunda (23), por meio de postagens nas redes sociais, que revogou o trecho da MP que previa a suspensão dos contratos de trabalho e dos salários por quatro  meses. A medida foi publicada hoje (23), no "Diário Oficial da União", com ações para combater o efeito da pandemia de coronavírus sobre a economia.

O governo defende a MP como uma forma de evitar demissões em massa. O trecho revogado pelo presidente Bolsonaro foi o artigo 18.

“Fica claro que Bolsonaro não sabe o que está fazendo, é um presidente fraco e sem rumo, que toma decisões e volta atrás a todo momento. Mas o artigo 18 não é o único  que ataca os direitos dos trabalhadores. Por isso, a bancada do PT ingressou no Supremo pedindo a retirada da MP 927”, disse Rosa Neide ao .

Além da suspensão do contrato de trabalho e do salário, que foi revogada por Bolsonaro, a MP estabelece a possibilidade de se estabelecer teletrabalho ou home office e regime especial de compensação de horas no futuro em caso de eventual interrupção da jornada de trabalho durante calamidade pública

A MP também prevê suspensão de férias para trabalhadores da área de saúde e de serviços considerados essenciais, antecipação de férias individuais, com aviso ao trabalhador até 48 horas antes, concessão de férias coletivas e aproveitamento e antecipação de feriados.

O texto ainda inclui suspensão de exigências administrativas em segurança e saúde no trabalho e adiamento do recolhimento do FGTS.

Para Rosa Neide, mesmo com a revogação do artigo 18, Bolsonaro continua na contramão do mundo. Em sua opinião, o presidente da República só privilegia empresários sem se preocupar com a sobrevivência dos trabalhadores no período de quarentena.

“Enquanto o mundo todo se esforça para garantir os empregos e salários para que os trabalhadores sobrevivam durante a pandemia, o Brasil faz exatamente o contrário. O Governo Bolsonaro quer joga a conta da crise para cima do povo trabalhador. Essa MP não vai passar”, concluiu a petista.

Postar um novo comentário

Comentários (30)

  • Anne | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 10h47
    2
    0

    E vcs que preferiram a maldita copa Do que hospitais. Vcs tambem tem culpa Sucatearam o sus 16 anos E agora vem pagar de moralista. E lula presidiario ? Vcs nao valem nada Nao tem moral alguma pra apontar o dedo.

  • jj | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 09h44
    4
    0

    é dificila o pessoal do PT infelismente, ficaram mais de 10 anos no poder, e agora fica dessendo o pau, nos outros, vc de bem analisa!

  • Jedae | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 09h12
    6
    2

    Que me impressionar, não são os roubos, e sim a alienação de idiotas. Aceitem que doe menos. O cara ganhou, esta lutando pra quebrar o sistema de ladroagem montado por esta quadrilha comuna. Esse vírus foi concebido na China. Na China, esse hábito de comer vermes, ratos, sapos, cobras, morcegos e outras merdas, advém do comunismo. Foram dez anos de fome. Não sobrou nada. O comunismo é diabólico. Quem segue algo diabólico, também o é!!!!!!!

  • Ronaldo Bento Clemente | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 09h09
    8
    0

    Parabéns nobre deputada, com seu amor e a sua "hipocrisia", ops alegria. Deputada senhora deve ser uma vidente com Alzheimer seletivo, assim como todo comunista de iphone, para não lembrar do ladrão de nove dedos e da PresidANTA, e os mais 13 milhões de desempregados, e que a copa do mundo não se faz com hospitais, e portanto que hoje temos estádios de primeiro mundo e hospitais sucateados.

  • José Raul Vilá Neto | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 07h59
    0
    0

    José Raul Vilá Neto, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Pitu | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 07h40
    11
    0

    Rosa Neide você calada já está errada, fora PT

  • Juju | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 07h36
    12
    1

    Me poupe senhora Rosa Neide

  • Juca | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 06h39
    12
    3

    Desviaram bilhões da Petrobras, do bndes, construíram estádios invés de hospitais e agora quer reclamar? O ministério da saúde adverte, comer mortadela demais faz mal ao cérebro kkkkkk

  • odnarbledi acrisio | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 05h19
    2
    11

    O atual presidente e FRACO, INCOMPETENTE e INCONSEQUENTE, pois não possui os requisitos para o cargo, conforme ações e atitudes do mesmo. Só não vê quem não que. Alias! Este governo trabalha para a alta classe deste pais, desprezando o trabalhador, porém em breve haverá eleições.

  • Joao | Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 00h34
    9
    2

    Imundice Petralha

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS