Coronavírus

Sexta-Feira, 22 de Maio de 2020, 11h:46 | Atualizado: 22/05/2020, 12h:35

SEM PRAZO

Secretário afirma que estudantes devem voltar às aulas "quando tiver segurança"

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, projetou que os estudantes devem retornar às aulas "quando tiver segurança", mas sem apontar um prazo. Isto por que especialistas em educação defendem que o ano letivo de 2020 deve ser cancelado por conta da epidemia de coronavírus. Em coletiva virtual desta sexta (22), o gestor disse que o retorno pode ampliar o número de casos.

Christiano Antonucci/Secom/MT

secret�rio Gilberto Figueiredo

Secretário Gilberto Figueiredo considera que crianças podem ser vetor do coronavírus

"O retorno dos alunos às salas de aulas vai amplicar, de forma significativa, a infecção em Mato Grosso. Nós conhecemos as estruturas da educação. Não temos capacidade técnica de dividir as turmas por que não temos edificações nesse momento oferecer isso. Então, o retorno das aulas na forma tradicional será sim um novo ingrediente para o transporte do vírus", disse.

Gilberto disse que a maioria das crianças têm o vírus, mas são assintomáticas. Assim, os menores podem ser vetores da doença e contaminar pais e idosos. Em seguida, o secretário afirma que Mato Grosso ainda está no começo da epidemia. "Nós teremos números muitos maiores, diários, pela frente. Eu disse e acredito que ela vai se arrastar por vários meses. E nós vamos ter dias mais difíceis do que temos hoje". Por isso, ele acredita ser pouco provável o retorno das aulas neste cenário.

Em resposta à questão anterior, o secretário chegou a afirmar que o "Brasil está começando a perder a guerra com o coronavírus". Esta fala de Gilberto veio em meio ao comentário sobre a atuação do ministro interino da Saúde, o general Eduardo Pazuello, que assumiu o cargo após a demissão de Nelson Teich. Aponta que o militar, nestes primeiros dias de cargo, "está fazendo um bom trabalho" e diz "torcer para que consiga fazer uma grande gestão".

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Yan Matheus | Domingo, 24 de Maio de 2020, 05h49
    4
    1

    MM tá nem aí pra Educação. Veja o que ele fez quando foi Prefeito. Primeiro ato, não fornecer Uniforme. Dá para se mexer, para fazer algo na educação do estado. Veja o que o Prefeito do Paletó está fazendo. E olha que nunca fui fão dele. MM, está se lixando pra educação, quer todo mundo burro!

Fazendo politicagem sobre Covid-19

rubia fernanda 400 curtinha   A tenente-coronel Rúbia Fernanda, pré-candidata ao Senado pelo Patriota, não só ignora medidas protetivas em relação à Covid-19, como isolamento social, mantendo agenda de visitas e reuniões, como passou a fazer politicagem com coisa séria. Numa...

Punição a 2 ex-presidentes da Câmara

haroldo curtinha 400   Apesar de ter julgado regulares as contas de gestão de 2016 da Câmara de Cuiabá, ano em que teve dois presidentes, o já falecido Júlio Pinheiro, entre janeiro e junho e, depois, Haroldo Kuzai (foto), de 20 de junho a 31 de dezembro, o conselheiro interino João Batista Camargo, em...

Guiratinga, frota sucateada e a farra

sinval vilela 400 curtinha   O vereador Sinval Vilela (foto), do DEM, disse que em Guiratinga, administrada por Humberto Domingos, o Bolinha, está havendo farra com dinheiro público. E lista descasos e atos de incompetência do prefeito. Conta que a prefeitura possui um caminhão pipa, mas está encostado no...

Verba a quem não tem litígio à União

emanuel pinheiro 400 curtinha   Apesar do governo estadual anunciar que está recebendo os R$ 359 milhões da União, essa verba oriunda do chamado Orçamento da Guerra (Emenda Constitucional 106) para ajuda no combate ao coronavírus só será liberada a partir do próximo dia 9 e para quem, seja...

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.