Coronavírus

Sexta-Feira, 22 de Maio de 2020, 11h:46 | Atualizado: 22/05/2020, 12h:35

SEM PRAZO

Secretário afirma que estudantes devem voltar às aulas "quando tiver segurança"

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, projetou que os estudantes devem retornar às aulas "quando tiver segurança", mas sem apontar um prazo. Isto por que especialistas em educação defendem que o ano letivo de 2020 deve ser cancelado por conta da epidemia de coronavírus. Em coletiva virtual desta sexta (22), o gestor disse que o retorno pode ampliar o número de casos.

Christiano Antonucci/Secom/MT

secret�rio Gilberto Figueiredo

Secretário Gilberto Figueiredo considera que crianças podem ser vetor do coronavírus

"O retorno dos alunos às salas de aulas vai amplicar, de forma significativa, a infecção em Mato Grosso. Nós conhecemos as estruturas da educação. Não temos capacidade técnica de dividir as turmas por que não temos edificações nesse momento oferecer isso. Então, o retorno das aulas na forma tradicional será sim um novo ingrediente para o transporte do vírus", disse.

Gilberto disse que a maioria das crianças têm o vírus, mas são assintomáticas. Assim, os menores podem ser vetores da doença e contaminar pais e idosos. Em seguida, o secretário afirma que Mato Grosso ainda está no começo da epidemia. "Nós teremos números muitos maiores, diários, pela frente. Eu disse e acredito que ela vai se arrastar por vários meses. E nós vamos ter dias mais difíceis do que temos hoje". Por isso, ele acredita ser pouco provável o retorno das aulas neste cenário.

Em resposta à questão anterior, o secretário chegou a afirmar que o "Brasil está começando a perder a guerra com o coronavírus". Esta fala de Gilberto veio em meio ao comentário sobre a atuação do ministro interino da Saúde, o general Eduardo Pazuello, que assumiu o cargo após a demissão de Nelson Teich. Aponta que o militar, nestes primeiros dias de cargo, "está fazendo um bom trabalho" e diz "torcer para que consiga fazer uma grande gestão".

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Yan Matheus | Domingo, 24 de Maio de 2020, 05h49
    4
    1

    MM tá nem aí pra Educação. Veja o que ele fez quando foi Prefeito. Primeiro ato, não fornecer Uniforme. Dá para se mexer, para fazer algo na educação do estado. Veja o que o Prefeito do Paletó está fazendo. E olha que nunca fui fão dele. MM, está se lixando pra educação, quer todo mundo burro!

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.