Com bolo gigante e festividade na Praça Alencastro, Cuiabá comemora - confira

Selo Cuiab� 300 anos

 

Era por volta das 17h quando o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) chegou à avenida Getúlio Vargas, na região central de Cuiabá, nesta segunda (8). Pouco antes de subir no palco montado na via, passou pela imprensa, mas não concedeu entrevista naquele momento. Cumprimentou algumas pessoas e logo foi em direção à escada que levava à estrutura em que ocorriam as apresentações.

Emanuel comemorava o evento em alusão aos 300 anos de Cuiabá. Para ele, a presença de milhares de pessoas – cerca de 10 mil, segundo a Polícia Militar – foi uma vitória. Isso porque o emedebista estava decepcionado com as comemorações do tricentenário da Capital, desde que o Governo do Estado impediu a realização do Festival 300 Anos, que aconteceria na Arena Pantanal – a comemoração foi cancelada após pedido do Ministério Público Estadual (MPE), que alegou que a festividade, com previsão de durar por três dias, poderia prejudicar o gramado do estádio e as finais do Campeonato Mato-Grossense de futebol.

No palco do evento deste domingo, estavam nomes como o ex-governador Júlio Campos (DEM), o deputado federal licenciado Carlos Bezerra (MDB), o presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (PSB), e o deputado estadual Paulo Araújo (PP). Horas antes, o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), também havia participado de solenidades referentes aos 300 anos de Cuiabá.

Ao longo do dia, antes de chegar à Getúlio Vargas, Emanuel havia participado de solenidades como uma missa na Igreja Matriz e apresentação da banda da Polícia Militar. Um almoço com ex-prefeitos e ex-governadores do Estado, que estava previsto inicialmente, foi cancelado – a Prefeitura não informou o motivo do cancelamento.

Na tarde desta segunda, na Getúlio Vargas, a Secretaria Extraordinária dos 300 Anos organizou desfile de carros antigos e desfile cívico de bandas e fanfarras. No evento, foram apresentados diferentes estilos regionais.

Ao fim das apresentações, Emanuel discursou e agradeceu ao público presente. Comentou sobre a honra que sentia em estar organizando o evento. Depois, começaram a cantar parabéns para Cuiabá. Ao fim da música, ele anunciou uma queima de fogos, que logo se iniciou por quase 10 minutos.

Em seguida, o bolo de 300 metros, dividido em duas partes, nos dois extremos da Praça Alencastro, começou a ser dividido para a população. A expectativa inicial era de que Emanuel cortasse o primeiro pedaço. No entanto, não deu tempo. Logo que o prefeito desceu do palco, a população se aglomerava no entorno das tendas e os bolos já começavam a ser distribuídos.

A ausência do governador

Sorridente, Emanuel encontrou-se com a mãe de Dante de Oliveira, a nonagenária dona Maria de Oliveira, e posou para fotos ao lado da idosa. Em seguida, conversou com a imprensa. “Pensa em um homem feliz e realizado, você está diante dele. Vocês estão aqui e eu estou voando. Era tudo o que eu sonhei”, disse.

“Claro, a gente tinha projeto na Arena Pantanal, mas o bolo seria aqui mesmo”, afirmou. Durante a conversa, por diversas vezes externou a decepção por não ter visto o Festival 300 Anos ser concretizado. “Vocês viram o jogo que teve hoje na Arena? Não deu nem 500 pessoas. Deixaram de fazer o Festival para fazer um jogo com esse público”, declarou.

Entre um abraço e outro em pessoas que se aproximavam, Emanuel continuava respondendo às perguntas. A assessoria de imprensa do prefeito tentou interrompê-lo, mas prontamente foi impedida pelo emedebista. “Deixa eles perguntarem, hoje quero responder”, afirmou.

Neste momento, ele comentou sobre a ausência do governador Mauro Mendes (DEM). O emedebista afirmou ter convidado o democrata, porém não sabia o motivo de ele não ter comparecido. “Não sei [sobre o governador]. Queria saber. Mandei o convite para a Casa Civil. Você acha que eu não ia convidar o governador e ex-prefeito de Cuiabá? Convidei, mas não tive respostas”, afirmou.

Emanuel e Mauro são adversários declarados. Os dois vivem se alfinetando. Desta vez, o emedebista optou por se esquivar e não teceu críticas ao fato de o democrata não ter comparecido. “Cuiabá merece tudo de bom nesta vida, principalmente ele [Mauro], que foi prefeito. Então não quero julgá-lo, mas com certeza deve ter [um motivo para faltar ao evento]”.

Protesto

Durante o evento, Emanuel ouviu gritos de protestos, proferidos por pessoas que cobravam pagamentos a contratados do ensino municipal, que afirmam estar sem receber há quase dois meses. Os manifestantes entoavam gritos e seguravam cartazes pedindo que recebam os valores atrasados. O emedebista não comentou sobre o assunto.

O secretário municipal de Educação, Alex Vieira Passos, disse que há atrasos em alguns poucos pagamentos de contratados, em razão de ausência de documentos dos trabalhadores. Porém, ele disse que a situação será solucionada o quanto antes e os pagamentos serão feitos.

O bolo

Logo após a entrevista coletiva com a imprensa, Emanuel conversou com a população, que elogiou bolo. Outros, porém, criticaram a aparência do alimento quando o emedebista não estava perto. “Nossa, que feio esse bolo. Nem parece que é pra comemorar o aniversário de 300 anos”, disse uma senhora para uma jovem que a acompanhava.

Por fim, Emanuel foi em direção às tendas em que estavam os bolos e disse que iria comer um pedaço para experimentar. Até a conclusão desta reportagem, ainda não havia dado o seu veredito sobre o alimento.

Galeria de Fotos

Credito: Rodinei Crescêncio
Acompanhado pela primeira-dama Márcia Pinheiro, prefeito Emanuel concede entrevista
Credito: Rodinei Crescêncio
Voluntária serve o bolo dos 300 anos
Credito: Rodinei Crescêncio
Bolo de 300 metros foi servido à população presente na comemoração
Credito: Rodinei Crescêncio
Show pirotécnico marcou comemoração do tricentenário de Cuiabá
Credito: Rodinei Crescêncio
Prefeito Emanuel Pinheiro discursa durante festividade
Credito: Rodinei Crescêncio
Prefeito Emanuel Pinheiro abraço bolo simbólico
Credito: Rodinei Crescêncio
Prefeito Emanuel Pinheiro no palanque das autoridades e convidados
Credito: Rodinei Crescêncio
Crianças das escolas municipais também participam do desfile
Credito: Rodinei Crescêncio
Trabalhadores com salário em atraso protestam durante comemoração dos 300 anos

Manobra e esperteza de uma senadora

Selma Arruda ganhou o noticiário nacional por causa de uma iniciativa marcada pela esperteza. Apresentou na segunda uma emenda ao projeto dos partidos que abria brecha para beneficiá-la num processo eleitoral que pode resultar na cassação do seu mandato. O texto do projeto, segundo informa o Estadão, foi posto em discussão no Senado nesta terça, mas foi derrubado. Assim que foi questionada sobre a alteração que propunha, a senadora...

Análises animadoras sobre gestão EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   A equipe estratégica do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), que vem analisando erros e acertos da administração em Cuiabá, ficou entusiasmada com resultado de pesquisas qualitativas internas que não só trazem o prefeito com boa avaliação e com chances reais de...

Dodge confunde MT com Maranhão

Raquel Dodge_curtinha   Em seus últimos dias à frente da PGR, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deixou passar uma gafe no parecer que deu contra a ação que visa revogar limitação da RGA dos servidores públicos de MT. Ao citar que a ação trata da...

Wenceslau Jr age com oportunismo

wenceslau curtinha   O presidente da Fecomércio-MT, Wenceslau Júnior (foto), cotado para disputar a Prefeitura de Cuiabá pelo PSL em 2020, agiu com oportunismo ao se aliar aos vereadores da oposição para trazer o prefeito de Colatina (ES) Sérgio Menghelli para palestrar com objetivo de “queimar”...

Deputados devem "matar" as sessões

A tendência é das quatro sessões ordinárias da semana não ocorrerem na prática. Em princípio, os deputados estavam mobilizados para uma audiência pública nesta terça com vistas a discutir a LDO-2020, mas foi transferida para o próximo dia 30. Como na semana passada, os parlamentares participaram do que chamam de mutirão convocado pela Mesa Diretora, sob pena de terem salário cortado, e votaram 53 projetos...

Filiação no Senado e ato em Cuiabá

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda (foto), com mandato de senadora cassado desde abril pelo TRE e no cargo por força de recursos no TSE, se filia oficialmente ao Podemos nesta quarta, às 14h, no Salão Azul, do Senado, logo após participar de um almoço com as principais lideranças do seu novo partido....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.