Sesc Arsenal: da pólvora da Guerra do Paraguai às explosões culturais veja fotos

Selo Cuiab� 300 anos

O local onde funciona o Sesc Arsenal, no Porto, já foi o Arsenal de Guerra da Província de Mato Grosso. A sua construção iniciou em 1819, mas ele passou a funcionar, ainda inacabado, só em 1831. E, um ano depois, as obras foram concluídas. Trata-se de um marco estratégico e de suporte, principalmente, durante a Guerra do Paraguai, que teve início em 1864 e é considerada a maior de conflito armado da América do Sul. 

Arquivo público

Imagem aérea do Arsenal de Guerra

Imagem do Arsenal de Guerra em 1864, que era usado para a produção de munição e para abastecer os soldados que seguiam para a guerra na fronteira

Por conta da proporção dos conflitos, o arsenal serviu para guardar canhões e equipamentos de guerra. Alguns deles, inclusive, ainda se encontram presentes no jardim do espaço. Além desta função, o local também se tornou uma escola especializada em reparos de armas pesadas e, em 1889, integrou às atividades uma fábrica de pólvora. "Ele, após ser um arsenal, passou a ser um mercado monitorado pelo exército. Neste sentido, foi essencial para a preservação do patrimônio histório", comenta o historiador Pedro Félix.

Arquivo público

Arsenal de Guerra e fabrica��o de p�lvora, hoje Sesc Arsenal

Antes, o arsenal de guerra. Hoje, Sesc Arsenal

Já no século 20, início dos anos 50, pós-guerra e apenas como um memorial do exército, ganhou corpo para um supermercado corporativo do 5º Batalhão de Engenharia de Construção. Foi quase meio século depois, através de uma permuta com o Exército Brasileiro, que o Serviço Social do Comércio (Sesc) passou a cuidar da estrutura.

Desta vez, no local passaram a acontecer apenas explosões artísticas e atividades que movimentariam comercialmente a economia local. O Arsenal, que ainda pertence a Fecomércio, sobrevive desde então com a contribuição dos comerciantes. "É impressionante como conseguiram transformar, um local que era de guerra, em algo cultural. Acho essa proposta fantástica e espero que ela continue", opina Félix.

Centro cultural, cursos e efervescência da arte

Abertos à população, os cursos ministrados no Sesc acolhem pessoas desde a infância até a terceira idade. Há oficinas com foco em todos os tipos de arte, tricô, gravuras, dança, cinema e teatro. Os interessados precisam ter uma carteirinha que pode ser feita no local. 

Além das aulas, algumas peças e filmes são apresentados regularmente. No entanto, um dos principais atrativos são as exposições de artes plásticas ou documentais. Na maior parte das vezes, os artistas mato-grossenses são contemplados, mas o giro nacional também move mostras de músicas e o incentivo de jovens talentos que se dedicam aos editais para engrenagem de suas artes. 

Rodinei Crescencio

Sesc Arsenal ainda tem cafeteria, antes choperia, mudan�as s�o feitas

Sesc Arsenal ainda tem cafeteria, antes choperia, mudanças são feitas pela direção

Às quintas são as mais movimentadas. Afinal, é dia do “Bulixo”, feira que se tornou tradicional com o decorrer dos anos, principalmente pelo artesanato e comida regional.

Somam à estrutura uma cafeteria (antiga choperia), um centro de difusão e realização musical, uma central de atendimento, salão social, sala de dança, ateliê de artes, núcleo de cinema, ponto de artesanato e terraço plural, cinema, laboratório da palavra, banco de textos de artes cênicas, galeria de artes, teatro e uma biblioteca.

O local, apesar de ter um jardim verde e sempre muito bem cuidado, tem itens de decoração que não deixam esquecer o passado.

Como um orgulho nacional da época, nos portões, teto, chão e outros acabamentos, há partes de armas e balas de canhão – que simbolizavam as sobras de armamentos e a vitória nacional na Guerra do Paraguai.

Mudanças

O Sesc ainda é um centro cultural, mas pode sofrer alterações, especialmente por questões financeiras. Se as atividades, até o momento, em sua maioria são gratuitas ao circuito comercial – agora, talvez, seja a hora de reavaliar.

Galeria: Importante para guerra e hoje para cultura

As entidades do Sistema S, entre elas o Sesc, são mantidas por recursos do governo federal, contribuição sindical de empresas e indústrias, além de um percentual recolhido sobre o salário dos trabalhadores da indústria. 

A diretoria do Sesc Mato Grosso, sob nova direção, redefine prioridades e pretende focar no trabalhador comerciário. O Sesc Arsenal é uma das 13 unidades no Estado. Algumas mudanças, já efetuadas, são lamentadas pela classe artística. Entre as principais diferenças, o Sesc Arsenal cedia o salão social para atividades de teatro e dança. Agora, após determinação da nova diretoria, funciona apenas para fins comerciais, como uma "loja".

Antes choperia, agora, cafeteria. O local fecha mais cedo e oferece café da manhã e almoço executivo. Os preços, que eram conhecidos por serem mais acessíveis, também foram revistos.

Lei reconhece pacu como prato de VG

dilmar curtinha   O governador Mauro Mendes sancionou,  na última terça (17), a lei 10.944/2019, de autoria do deputado Dilmar Dal Bosco (foto), que reconhece o Pacu como prato típico da culinária de Várzea Grande. Antes mesmo de o parlamentar legislar sobre o tema, os várzea-grandenses já...

Fávero agora é vice-presidente do PSL

silvio favero 400 curtinha   O deputado estadual Sílvio Fávero assumiu a vice-presidência do PSL  em MT, substituindo a senadora Selma Arruda, que migrou para o Podemos. A “posse” aconteceu em Brasília, na Câmara dos Deputados, no gabinete do deputado federal Nelson Barbudo, que preside  a...

Rosana e boa expectativa de reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   A prefeita Rosana Martinelli (PR) não admite publicamente, mas deve buscar a reeleição. Em princípio, enfrentou desgaste por causa da necessidade de ajustar as contas públicas, com redução drástica de despesas. Após dois anos e oito meses de mandato,...

Elevador e acessibilidade ao Paiaguás

virginia mendes 400 curtinha   Virgínia Mendes (foto), primeira-dama do Estado envolvida em trabalhos voluntários na área social, classificou esta terça, dia 17, como "muito especial e importante para a história do Palácio Paiaguás", sede do governo estadual. É que somente agora, após...

Manobra e esperteza de uma senadora

Selma Arruda ganhou o noticiário nacional por causa de uma iniciativa marcada pela esperteza. Apresentou na segunda uma emenda ao projeto dos partidos que abria brecha para beneficiá-la num processo eleitoral que pode resultar na cassação do seu mandato. O texto do projeto, segundo informa o Estadão, foi posto em discussão no Senado nesta terça, mas foi derrubado. Assim que foi questionada sobre a alteração que propunha, a senadora...

Análises animadoras sobre gestão EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   A equipe estratégica do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), que vem analisando erros e acertos da administração em Cuiabá, ficou entusiasmada com resultado de pesquisas qualitativas internas que não só trazem o prefeito com boa avaliação e com chances reais de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.