CULTURA

Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2020, 15h:44 | Atualizado: 05/08/2020, 15h:52

Apresentadora de MT supera transtornos, se reinventa e fica íntima da arte em telas

A apresentadora Michelle Diehl, que também já trabalhou como repórter do apresentador Gugu Liberato, fez do seu isolamento social uma oportunidade para se tornar íntima do pincel e as tintas. “Durante a quarentena, minha filha sempre pintava quadros com tinta guache. Em um belo dia, vendo o Instagram de uma menina chamada Flávia Costa, da Web Flávia, percebi que ela passava a madrugada pintando. Um dia estava muito nervosa, pensei: Vou pintar, e comecei”. 

Foto Reprodução

Apresentadora Michele Diehl pinta gatos na pandemia e se encontra

Durante o período de panemia, apresentadora Michele Diehl pinta gatos na pandemia e se encontra em novo momento da vida, agora, mais leve 

Ela conta que no início das pinturas ficava muito ansiosa para terminar obras de qualquer forma, devido aos transtornos emocionais que é diagnosticada, como bipolaridade. “Queria acabar de qualquer jeito. Hoje não, tenho mais paciência. Ou seja, tudo que aconteceu, tenho certeza, foi planejado por Deus. Porque quando comecei apenas pincel, tinta guache, um lápis e uma tela pequena, hoje tenho uma pinacoteca, uma obra assinada por mim”, lembra.

A jornalista desenha apenas gatos. Ela afirma que o animalzinho é equilibrado, afetuoso, de extrema sabedoria e dificilmente se estressa com algo, somente quando é realmente necessário. “Quando se estressa é porque precisa se defender, mas mostra equilíbrio porque ele só estressa na necessidade”, argumenta.

Passagem pelo programa do Gugu

Há 8 anos Michelle Diehl teve a oportunidade de ser reconhecida nacionalmente pelo seu trabalho ao ser convidada a fazer parte da equipe do apresentador Gugu Liberato (falecido em novembro do ano passado).

O que era para ser um caminho de sucesso se tornou um pesadelo provocado por seus transtornos emocionais e o alcoolismo. “Deixei de ser repórter do Gugu porque cometi muitos erros. Tive um problema muito sério com a bebida. Sou alcoólatra passiva há 8 anos. Com a bebida ficava descontrolada, era uma pessoa difícil de lidar. Perdi viagens, cheguei atrasada em compromissos de trabalho, perdi a entrega de uma casa, entre outros maus episódios causados pelo vício. Com isso, a depressão acumulou e acabei sendo demitida”, revela.

A jornalista voltou para Cuiabá, onde afirma que conseguiu reestruturar a vida, sair do fundo do poço e colocar as gavetas de volta no lugar. Se casou com Igor Taques, com quem tem uma filha de 3 anos, voltou para TV e hoje se reinventou como artista plástica por meio da pintura em traços que transmitem quem foi, quem é, e principalmente, em quem vai escolher ser no caminho longo que tem a seguir (Com assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Léa - Psicologa | Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 13h45
    4
    3

    Uma história de luta e superações! assumir tudo aquilo que um dia te prejudicou... assumir transtornos, assumir fraquezas mostra o quanto você está fortalecida hoje. Parabéns pela coragem de se mostrar, enquanto muitos insistem em manter escondidos para preservar a aparência.

  • celio ferrerira macedo | Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 09h47
    4
    0

    Michelle Diehl....que DEUS te abençoe encha seu coração paz.....abençoe seu casamento e seu lar.

  • andre | Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 00h25
    11
    4

    que bucha esse igor pegou

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.