CULTURA

Terça-Feira, 26 de Novembro de 2019, 14h:21 | Atualizado: 26/11/2019, 14h:33

Confraria reúne pianistas e quer difundir a música clássica de graça na Capital - veja

Vino Cabral

Confraria do Piano, em Cuiab�

Pianistas Valerio Mazzuoli e Mirian Braga tocam durante lançamento da confraria nesta 2ª

Amor pela música clássica. Este foi o ponto de partida para a criação da Confraria do Piano, em Cuiabá. Uma reunião de pianistas que resolveram se juntar para tocar, compartilhar conhecimento e levar música de qualidade para todos os cantos da capital de Mato Grosso.

O projeto foi criado pelo advogado, professor doutor em direito internacional e pianista Valerio Mazzuoli, radicado na Capital há 15 anos.

“Sabemos que em Cuiabá existem dezenas de pianistas, mas, na contramão disso, não sabemos quem são eles. A Confraria nasce também desta proposta de promover encontros entre os mais diversos artistas do piano para que possamos juntos difundir a música clássica: tocar, trocar experiências, aprender novas técnicas, uns com os outros, e levar a música clássica, de graça, para que todos tenham acesso a ela”, explicou Mazzuoli.

O pianista conta que a ideia de criação da Confraria surgiu durante um passeio a um shopping de Cuiabá. “Estava andando pelos corredores quando ouvi o som do piano que saía de uma loja de instrumentos. Entrei e vi jovens e crianças ali, parados, ouvindo música clássica. Foi aí que pensei: vou criar uma Confraria para que todos tenham acesso a este tipo de cultura. Contei desta proposta para o dono da loja que comprou a ideia e decidiu promover o lançamento deste grande encontro. Pesquisamos quem eram os pianistas locais, vimos que haviam pessoas comuns ao nosso ciclo de amizades, e demos o pontapé inicial ao projeto”.

A Confraria do Piano foi lançada nesta segunda (25) num evento promovido pela Mega Som. Ao piano, a musicista Mirian Braga, pianista do conservatório de Tatuí (SP); artista brasileira de sucesso internacional. No repertório, Partita n° 1 em Si Bemol (BWV 825), de J. S. Bach; Sonata em Lá Bemol (Hob.XVI:46) de J. Haydn; Sonata Op. 06 em Ré Maior, de L.V. Beethoven; além das peças Nocturne Op. 27 n° 2 e Ballade n° 3 Op. 47, de F. Chopin.

“Este é um evento pioneiro em fazer com que a música clássica seja novamente uma voz comum para os pianistas da nova geração, bem como um chamariz para as pessoas que ainda não a conhecem. Ontem (24), estava testando o piano em que eu iria me apresentar (GB1 Yamaha) quando percebi que várias crianças queriam ouvir o que eu tocava. Daqui a pouco, vi que os adultos também queriam me ouvir. Estou grata por esta oportunidade, pela acolhida, e por compartilhar deste sublime encontro entre o piano, a música clássica e as pessoas desta linda e amável Cuiabá. Vida longa à Confraria do Piano!”, disse Mirian Braga.

O maestro Fabrício Carvalho, da orquestra da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), esteve presente e avalizou a iniciativa.

“Esta é uma iniciativa fantástica que agrega a possibilidade das pessoas assistirem a um bom concerto de piano e dá aos pianistas a oportunidade de se conhecerem, trocarem conhecimentos e falarem entre si de projetos de dinamização da música clássica. O piano está em Cuiabá deste o século XIX, nas casas de diversas famílias tradicionais, nas escolas de música, no teatro municipal e nas orquestras que tanto nos alegram. Também nos agrada, enquanto artistas da música, saber que nossa capital abriga uma empresa preocupada e nos oferecer instrumentos de excelente qualidade e em promover a música clássica. Parabéns a todos os envolvidos.”, expressou o maestro.

“Há trinta anos vivemos da música através da comercialização de instrumentos. Promover um evento como este nos enche de alegria e traz a certeza de que nossa família acertou na definição de seu nicho de mercado. Gostamos de pessoas, de eventos e, sobretudo, de música clássica. Queremos que a emoção que estamos sentindo agora possa perdurar e abraçar cada vez mais pessoas na nossa cidade, em especial nossos artistas mato-grossenses”, concluiu o empresário Lucas Gentil.

“Pra mim foi um momento ímpar de emoção e alegria. Ouvir música clássica ao vivo, de graça, e saber que esta Confraria fará apresentações populares em praças, teatros, escolas, órgãos públicos e privados… em locais onde haja alguém que simplesmente queria ouvir música, me falar feliz e consciente de que ainda existem neste mundo pessoas comprometidas com o bem-estar e a qualidade de vida da sociedade. A música clássica traz emoção, alegria e bem-estar para todos que a ouvem”, disse o publicitário Guilherme Pirajá, que assistiu ao evento.

A Confraria do Piano deve se reunir a cada dois meses. O próximo encontro será em janeiro do ano que vem em local a ser definido.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Realista | Terça-Feira, 26 de Novembro de 2019, 15h27
    1
    0

    Excelente iniciativa! Pena que fiquei sabendo do evento após a realização. ,as vou ficr atenta para outros que virão, e então vou assistir.

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

Janela tira muitos políticos do calvário

gilberto figueiredo curtinhas   O fechamento da janela partidária, que encerrou-se no último sábado, dia 4, marcou o fim de um longo calvário aos partidos, que tiveram que suportar em seus quadros políticos que não estavam mais de “alma”, mas somente de “corpo”. Na Câmara...

Só 2 vereadores não vão à reeleição

felipe wellaton curtinha 400   Apenas dois entre os 25 parlamentares cuiabanos não vão buscar a reeleição. O licenciado Gilberto Figueiredo, que trocou o PSB pelo DEM, quer concorrer a prefeito, assim como Felipe Wellaton (foto), que até trocou de partido, saindo do PV e agora no Cidadania. Pretende disputar...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.