CULTURA

Quinta-Feira, 13 de Abril de 2017, 14h:53 | Atualizado: 19/04/2017, 14h:33

Estudantes cuiabanos aprendem os clássicos da literatura indo ao teatro

De forma lúdica e num formato contemporâneo, alunos do Ensino Médio de escolas públicas de Cuiabá irão aprender sobre clássicos da literatura brasileira como “O Alienista”, de Machado de Assis, e “Triste fim de Policarpo Quaresma”, de Lima Barreto. O projeto do grupo Komedi irá visitar oito escolas da Capital a partir da segunda-feira (17), sem nenhum custo para as instituições, por meio de Leis de Incentivo à Cultura e patrocínio do Colégio Maxi. 

As apresentações têm como objetivo principal entreter e transmitir o conhecimento, numa abordagem diferenciada dos textos clássicos, de forma marcante e explicativa. “Queremos proporcionar aos jovens acesso ao teatro, como cultura e linguagem artística, contribuindo para a formação humana e cultural deles. Além disso, os temas são sempre motivados a provocar uma mudança de atitude em relação a aspectos ambientais, sociais e humanos e, em seguida, podem ser trabalhados em sala de aula”, ressalta Rodrigo Nascimento, coordenador de comunicação do Grupo Komedi.

 De 17 a 20 de abril, serão realizadas 9 sessões nas escolas estaduais Alcebíades Calhao, André Avelino, Ferreira Mendes, Nilo Póvoas, José Magno e Presidente Médici, que irão beneficiar mais de dois mil estudantes. E em quatro delas, um grupo de alunos participará de uma oficina de teatro com o grupo Komedi, para fomentar as artes cênicas nas instituições. 

Para o professor de literatura com 26 anos de experiência, Carlos Roberto Leão, vivenciar os clássicos de forma lúdica é uma maneira de despertar o interesse nos alunos. “Estimular a leitura dos clássicos vai muito além da preparação para o vestibular, mas estimula o pensamento crítico, melhora a escrita, além do conhecimento de sentimentos e reações humanas que são universais e atemporais”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.