CULTURA

Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 15h:44 | Atualizado: 08/04/2020, 15h:47

Flor Ribeirinha prepara espetáculo Raízes Ribeirinhas e pede ajuda do público - saiba

O grupo campeão mundial de folclore escolheu o aniversário de Cuiabá para anunciar Raízes Ribeirinhas, trabalho que celebra a ancestralidade do povo cuiabano. Enquanto o mundo se recolhe para barrar a pandemia do coronavírus, a cultura não para de produzir memória. E para enfrentar os desafios que afetam diretamente o setor, que tem a coletividade como essência, o momento exige solidariedade e união.

Nesse cenário, o grupo Flor Ribeirinha atravessa a crise com otimismo e criatividade, presenteando Cuiabá neste 8 de abril, data em que a cidade completa 301 anos. Desta vez, com o anúncio do novo espetáculo Raízes Ribeirinhas, uma celebração à ancestralidade do povo cuiabano.

Por conta do aniversário de Cuiabá, abril é o mês em que o grupo mais realiza apresentações. Por isso, a venda de ingressos para a estreia do novo trabalho, prevista para o mês de setembro, será antecipada no valor promocional de R$ 20.

Jefferson Prado

Flor Ribeirinha

Grupo Flor Ribeirinha prepara o espetáculo "Raízes Ribeirinhas", trabalho que celebra a ancestralidade do povo cuiabano, e pede a contribuição do público

Essa foi a forma encontrada pelo grupo de viabilizar a continuidade do projeto que, há quase três décadas, se dedica à manutenção, proteção e difusão da cultura popular, representando Mato Grosso e o Brasil internacionalmente. E uma oportunidade de dizer: vai ficar tudo bem.

“Uma campanha muito importante nesse momento em que o mundo para, como parou para assistir e reconhecer a nossa identidade através do Flor Ribeirinha. Pelo trabalho do grupo, podemos ser lembrados em vários palcos do mundo. Precisamos mantê-los ativos e esperançosos para que possam continuar nos presenteando quando essa crise passar”, ressalta a pesquisadora Beleni Grando.

O dinheiro arrecadado com a venda de ingressos será destinado ao custeio das despesas mensais do grupo e revertido em auxílio e alimentação para os integrantes em maior vulnerabilidade. Hoje o Flor Ribeirinha conta com o talento de pelo menos 60 pessoas. Com a renda, será possível financiar ações, projetos e sonhos ao menos pelos próximos meses.

“A ideia é consolidar o novo trabalho para o contexto internacional. A preparação vai acontecendo dentro das possibilidades do isolamento, com as direções musicais e artísticas. Os músicos já vão estudando o material em casa, os dançarinos conhecendo o roteiro dos espetáculos e os movimentos coreográficos para os ensaios coletivos serem feitos após o processo de isolamento”, explica o diretor artístico Avinner Augusto.

As contribuições estão sendo realizadas via depósito/transferência bancária. Se confirmadas as datas de apresentação, a ideia é reunir novamente os cuiabanos no Quintal da Domingas, reduto artístico da tradicional comunidade São Gonçalo Beira Rio. À ocasião, os ingressos também estarão disponíveis no site.

Jefferson Prado

Flor Ribeirinha

Domingas lidera grupo cultural que é composto por 60 pessoas, muitas delas em situação de vunerabilidade. Ingressos já estão sendo vendidos, ajude!

Raízes que dão Flor

Uma aula de História que vai além da versão oficial registrada nos livros, ‘Raízes Ribeirinhas’ manifesta as origens culturais de Cuiabá e Mato Grosso em sons, vozes e linguagens do corpo dançante. O trabalho coloca em cena tradições cuiabanas já experienciadas pelo grupo, tendo como cerne as vozes, os gestos e rituais dos povos indígenas, latino-americanos, afro-brasileiros e europeus.

O espetáculo do Flor Ribeirinha pretende resgatar a sabedoria dos mestres da cultura popular, preservadas na oralidade, e o respeito à natureza, através de seus elementos. O fogo, que aquece e alimenta, a terra e as águas do Rio Coxipó, que fornecem o peixe e o barro, principais fontes de renda de São Gonçalo Beira Rio, eixo do enredo que se desenvolve em dança, música e religiosidade.

“A ideia central do espetáculo é dançar a comunidade e suas personagens da cultura popular. Ele traz nossas origens nos rituais do povo bororo, passando pela influência afro-brasileira e de outros povos imigrantes, como os europeus e os paraguaios”, explica Avinner Augusto.

Conforme o dançarino e coreógrafo, ‘Raízes Ribeirinhas’ também narra recortes da história brasileira que se passa em Mato Grosso, como a Guerra do Paraguai. O episódio trouxe a região, elementos musicais para o surgimento do rasqueado, uma fusão do siriri cuiabano e da polca paraguaia.

“A cultura cuiabana é miscigenada, tem nuances de várias tradições culturais, e é isso que a gente quer mostrar. É nesse multiculturalismo brasileiro que nossa identidade se expressa nas crenças, na pesca, na cerâmica, nas lendas, no linguajar cuiabano, na culinária, nas benzeções, no contato com o rio e no orgulho de ser ribeirinho”, complementa Avinner.

____________________________

Serviço :

  • Espetáculo Raízes Ribeirinhas
  • Datas previstas - 05, 06 e 07 de setembro (sexta, sábado e domingo)
  • Horário previsto- 20h
  • Local - Quintal da Domingas
  • Ingresso promocional- R$ 20 
  • Conta para depósito/transferência:
  • Banco do Brasil
  • Agência: 3325-1
  • Conta Corrente: 131703-2
  • CNPJ: 109082560001-55
  • Obs.: armazenar e enviar imagem do comprovante de pagamento no WhatsApp (65) 992048404.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Augusto | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 19h47
    1
    0

    Mais uma linda iniciativa do grupo Flor Ribeirinha. Muita criatividade e resistência num momento como este. Estão mais uma vez de Parabéns e merecem todo o nosso apoio por tudo que fazem pela cultura e pelas pessoas que tem a vida transformadas pelo trabalham que realizam. Sucesso a todos vocês!!!

  • Maria | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 19h10
    1
    0

    Como está no texto, o Flor Ribeirinha tem mais de 60 integrantes, muitos de São Gonçalo Beira Rio e muitos que sustentam famílias com arte como renda e estão impossibilitados de fazer apresentações. Essa é exatamente a hora de olhar para as raízes, que estão ali na própria comunidade. Quanto mais ingressos vendidos, mais pessoas podem ser ajudadas, até mesmo os tetos, imigrantes, idosos. Que tal contribuir?! Belíssima iniciativa, parabéns ao grupo!

  • Dildi | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 17h04
    0
    2

    Seria bom se o mesmo grupo solicitasse do público uma ajuda aos sem tetos, imigrantes, idosos e outros que necessitam e/ou irão necessitar em virtude do que o "mundo" vivencia. Seria um gesto de grande envergadura e certamente contribuiria ao menos como um excelente MKT ao grupo, já que o momento não é para comemorar as raízes, mas o que pode ou não restar delas em todo o mundo.

Luta de Misael e asfalto no Despraiado

misael galvao curtinha 400   O presidente da Câmara da Capital, Misael Galvão (foto), está comemorando uma vitória suada: a retomada das obras de pavimentação em toda extensão das ruas Afonso Pena e Oswaldo Correa, no bairro Despraiado. Ele fez várias indicações para...

Deputado reforça equipe com Nego

nego ramos 400 curtinha   Com larga experiência na política, Valdeny dos Santos Ramos, o popular Nego Ramos (foto), agora reforça a equipe do deputado Emanuelzinho, que, aos 25 anos hoje, é o terceiro federal mais jovem do país, e foi o terceiro mais votado nas urnas de 2018, em Mato Grosso, com 76.781 votos....

Irmão de prefeito não deporá à CPI

francisco faiad 400 curtinha   Por meio de seu advogado Francisco Faiad (foto), Marco Polo de Freitas Pinheiro, o Popó, dono do instituto de pesquisa Mark e irmão do prefeito Emanuel Pinheiro, comunicou oficialmente hoje à CPI do Paletó, da Câmara da Capital, que não irá prestar depoimento nesta...

Nome reserva e vulnerável para IFMT

adriano 400 curtinha   O grupo do reitor Willian de Paula deve consolidar como candidato ao comando do Instituto Federal de Mato Grosso o professor Julio Santos, diretor do Campus de Alta Floresta. A eleição acontece em novembro. Mas há um candidato reserva da cúpula situacionista. Trata-se de Adriano Breunig (foto), que...

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.