CULTURA

Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019, 17h:49 | Atualizado: 20/08/2019, 18h:47

Karola Nunes lança album produzido por Gustavo Ruiz no Cine Teatro, em Cuiabá

Foto divulgação

Karola Nunes Somos Som

Karola fez pontes com importantes nomes da música para compor o album, projeto envolve muitos profissionais e gera expectativas do público para evento

De bem com a “Mãe Gaia” que tanto lhe inspira, e sem “A Pressa” que as relações efêmeras exigem, Karola Nunes é a imersão de várias influências da música popular brasileira e suas instrumentalidades. Profunda em suas reflexões, a mato-grossense lança o álbum nomeado “Somos Som”, que tem em si, a junção e continuidade de composições de temas que permeiam a vida, como a relação com o universo e a natureza, amor, questões do feminino e sua entrega à música desde que se entende por gente.

Por isso, neste 31 de agosto, a artista lança oficialmente seu disco no Cine Teatro Cuiabá.  Os ingressos já estão à venda. No trabalho, ao todo, são dez faixas. A canção “A Pressa” foi lançada com antecedência e, após ela, todas as canções do álbum nas plataformas digitais da artista. Deixou expectativas para grande espetáculo que ocorre este mês. Além disso, neste trabalho, a produção musical de Gustavo Ruiz. 

Foto reprodução

Karola Nunes

Karola Nunes lança oficialmente o disco no Cine Teatro

Trajetória

Dos 32 anos de vida apaixonada pela música, 15 anos são de carreira profissional. Nunes também é instrumentista e o primeiro album "Somos Som” é a realização de um sonho antigo. Em entrevista ao em março de 2018, Karola confessou que sua vibe é “música brasileira na veia”, como uma grande referência e afirmou que cantar lhe serve como um meio de comunicação. Além disso, que sua maneira de escrever também tem muito a ver com a MPB, pois usa de analogias, metáforas, alusões e se permite a liberdade poética que cresceu ouvindo. “Não estou aqui para mostrar a minha voz, estou aqui para mostrar o que eu acredito e para isso uso a minha voz”, pontuou na época.

Somos Som

A ideia do projeto surgiu em 2015, quando Karola Nunes passou a apresentar suas composições na Mostra Sesc de Música através do show “Somos Som”. Este mesmo show foi contemplado pelo edital Circula MT. Já em 2017, ela teve grande repercussão ao vencer o concurso “Novos Talentos”, do programa “É Bem Mato Grosso”. E em 2018 foi selecionada para compor a Mostra Nacional de Música do Sesc, levando seu show para a cidade do Rio de Janeiro, representando a região Centro-Oeste. Lá fez diversos contatos profissionais.

Venda dos CDs e Ingressos antecipados

O álbum da artista está sendo vendido diferentes lugares como o bar Cão Latino, Tampa Conveniência, escola Bateras Beat e também no Sebo Rua Antiga, que fica no espaço Metade Cheio. Já os ingressos do grande dia já estão à venda, sendo que R$ 40 a inteira e a meia por R$ 20. O valor solidário é de R$ 20 a meia e mais um litro de leite.

Ficha Técnica

Direção musical, voz e guitarra: Karola Nunes. Guitarra Augusto Krebs, contrabaixo Paulinho Nascimento, bateria Rominho Moreira, percussão Virgílio Ribeiro e Higor Ribeiro, teclado Christian Diogo, trombone Rykaelle Ribeiro, trompete Duda Oliveira, participações especiais com Pacha Ana, Habel Dy Anjos e Raul Fortes. Já na iluminação fica Karina Figueredo e como técnico de Som o Well Ribeiro. Figurino por Einstein Halking, produção: Larissa Sossai e assessoria de Imprensa da jornalista Mirella Duarte.

 

  • Serviço
  • Somos Som, Show de lançamento do álbum de Karola Nunes
  • Data – 31 de agosto às 20h
  • Local - Cine Teatro Cuiabá
  • Ingressos R$ 40 inteira, R$ 20 meia (estudantes, professores e jornalistas), R$ 20 e um litro de leite (meia solidária).
  • Pontos de venda - Tampa Conveniência, Bateras Beat e Cine Teatro Cuiabá
  • Vendas online – AQUI 

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luara | Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019, 11h16
    0
    0

    Essa cantora tá despontando, vai ganhar o mundo! Precisamos valorizar nossos artistas.

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.