CULTURA

Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 10h:54 | Atualizado: 30/11/2020, 10h:56

Pandemia acelera mudança no mercado da comunicação em MT e impõe desafios

A vida mudou em 2020 e muitas dessas mudanças vieram para ficar. O trabalho remoto, a aceleração digital, as novas formas de consumo de produtos têm impactos de longo prazo na sociedade e nas empresas. Esse é um dos maiores desafios para as marcas e, consequentemente, para as suas agências de comunicação.

Quem atua com marketing, publicidade, propaganda e produção de conteúdo só tem certeza de uma coisa: o digital veio para ficar. Segundo o relatório tendências e previsões de mídia 2021, da Kantar, a navegação na internet aumentou 64% durante a pandemia, o consumo de vídeo online cresceu 54% e o engajamento em mídia social ficou 56% maior.

Os consumidores, atesta o relatório da Kantar, usam cada vez mais as mídias sociais e fóruns para procurar marcas e produtos e só efetivam as compras depois de ler avaliações e pegar a opinião das suas comunidades virtuais.

Assessoria

dmd_capa

Isso exige que as marcas tenham uma presença mais eficiente na mídia e consigam atuar de forma multicanal para que possam chegar até o consumidor ou público de interesse. E isso vale tanto para o varejo quanto para a comunicação institucional e governamental.

Para Raoni Ricci, secretário de comunicação do TCE-MT, “a visão de uma agência vai muito além da necessidade de vender um produto. Mostrar a atuação de um órgão público de maneira clara e objetiva é um grande desafio, mas com estratégia, planejamento e um relacionamento próximo com o cliente, o resultado é sempre positivo”, afirma.

A publicidade e propaganda como conhecíamos nos últimos 20 anos não existe mais e as novidades no mercado vêm em velocidade exponencial

Adriana Guedes

Com mais de 30 anos de experiência no mercado e grandes clientes no currículo, a DMD Comunicação começou um processo de reestruturação no início do ano e mesmo com as adversidades da pandemia não abriu mão de executar seu planejamento estratégico para se reposicionar no mercado.

A diretora da agência, Adriana Guedes, explica que a reformulação da marca, reestruturação da equipe e dos espaços refletem o novo momento da agência. “Já vínhamos acompanhando as mudanças do mercado de comunicação e entendemos que, para poder trazer resultados cada vez mais efetivos para os clientes, precisávamos começar quebrando nossas próprias barreiras e nos reinventar”, completa.

Reinvenção é a palavra de ordem nas empresas, inclusive, as do segmento de comunicação, para que continuem relevantes para os clientes. “A publicidade e propaganda como conhecíamos nos últimos 20 anos não existe mais e as novidades no mercado vêm em velocidade exponencial. Isso exige agilidade na tomada de decisões para não perder as oportunidades”, destaca Adriana.

Kelly Gusmão, da empresa de alimentos Zerou, não deixou que a pandemia adiasse o desejo de reposicionar a sua marca. “O suporte de uma agência que realmente pensa junto com o cliente foi fundamental para o reposicionamento da Zerou. Eu acredito que o rebranding planejado vai colocar a marca em uma posição de destaque nas gôndolas e na preferência do público”.

As tendências apontam que as mídias sociais vão continuar crescendo e o vídeo online é a grande estrela da festa. Isso exige das empresas de comunicação um planejamento diferenciado para trazer retorno para o cliente. O mix continua valendo, mas é na inteligência estratégica que será possível fazer com que a mensagem, que precisa ser cada vez mais interessante, relevante e personalizada, chegue efetivamente ao público.

“O maior desafio das empresas de comunicação é encontrar caminhos para construir relacionamento nesse universo cheio de possibilidades. Para fazer isso, precisamos trabalhar de forma cada vez mais próxima dos clientes, entendendo os objetivos das empresas e instituições. Esse entendimento é que vai fazer com que a entrega tenha valor e traga resultado. A pandemia exigiu mudanças no mercado e a DMD também mudou para continuar fazendo história”, finaliza Adriana Guedes.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.