CULTURA

Segunda-Feira, 10 de Abril de 2017, 12h:01 | Atualizado: 10/04/2017, 12h:27

SEC realiza cerimônia de assinatura dos contratos dos editais deste ano

Facebook

Mario Friedlander

Governador Pedro Taques e o secretário de Cultura, Leandro Carvalho, participam de mais um evento

Ao menos 85 mil mato-grossenses de diversas regiões e até lugares com limitado acesso a ações culturais, como assentamentos, centros socioeducativos, aldeias e quilombos, serão impactados por 51 projetos aprovados nos editais da Secretaria de Estado de Cultura - Circula MT, Prêmio Tradições e Prêmio Territórios, que já estão na segunda edição.

De acordo com levantamento da equipe da Sec-MT, que realizou estudo baseado em informações dos projetos inscritos, as populações de 56 municípios serão beneficiadas com a circulação de espetáculos, shows, exposições e ações educativas, além de iniciativas que visem preservar manifestações da cultura popular e tradicional, bem como com a oferta de atividades artísticas em pontos estratégicos do mapa. Serão desenvolvidas mais de 540 ações.

Para celebrar números como estes, que superam os editais anteriores, o Governo de Mato Grosso realiza a cerimônia de assinatura dos contratos do Circula MT, Prêmio Tradições e Prêmio Territórios, com a presença de proponentes de vários municípios, nesta terça (11), às 19h, no Salão Nobre Cloves Vetoratto, localizado no Palácio Paiaguás. O governador Pedro Taques e o secretário de Cultura, Leandro Carvalho, participam da cerimônia.

Com um investimento de R$ 2.774.581,11 se traduz ainda, no fortalecimento e estímulo à cadeia produtiva da cultura. Cerca de 400 profissionais estarão envolvidos na realização dos projetos, de designers a artistas. Em relação às edições anteriores dos editais, os números são bastante expressivos.

Os momentos de troca entre artistas e público promovem o intercâmbio de experiências e formam e ampliam plateias ao tempo

O secretário Leandro Carvalho, ressalta que os proponentes dos projetos absorveram o conceito de descentralização cultural. “Foram ampliados os números de assentamentos, quilombos e aldeias que receberão os projetos. Sem contar, que muitos deles alcançarão os extremos do Estado. É o artista chegando mais longe, protagonizando essa intensa movimentação pelo território mato-grossense”.

Somada aos shows, espetáculos e exposições, do Circula MT, está ainda a gravação de músicas em estúdio e produção de catálogos de exposições. No caso do Prêmio Territórios e Tradições, serão gerados outros produtos como documentários e livros, entres eles, um livro com conteúdo dedicado à conservação da ancestralidade wauja e ainda, sobre a culinária quilombola.

O secretário relata que o conceito de democratização do acesso à arte ganha ainda mais vulto. “Os momentos de troca entre artistas e público promovem o intercâmbio de experiências, formam e ampliam plateias ao tempo em que contribuem para o amadurecimento dos profissionais”.

O investimento descentralizado, que consegue atender tanto as localidades dos proponentes, quanto o público de outros municípios, revela a importância estratégica dos editais na irradiação de ações culturais.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Miranda Carletone | Terça-Feira, 18 de Abril de 2017, 11h44
    0
    0

    Kkkkk... que adianta? Não paga ninguém.

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.