Curtinhas

Sob o risco de ganhar e não levar

Sábado, 20/10/2018 20h:36

selma arruda curtinha   Uma das grandes surpresas nas urnas de MT, a juíza aposentada Selma Arruda (PSL), eleita senadora na 1ª vaga, ao alcançar 678.542 votos, ainda vai ter muita dor de cabeça até o fim da investigação em que é acusada de abuso de poder econômico, através de caixa 2. O TRE-MT apura a denúncia, que está sob segredo de justiça. Selma pagou, inclusive com cheques dela própria, serviços de marketing em fase de pré-campanha, algo próximo de R$ 700 mil. E esses cheques emitidos para o publicitário Júnior Brasa, da agência Genius, fazem parte da ação. A prática seria ilegal. A legislação define que despesas nessa fase só podem ser feitas e pagas pelos partidos, pois não existe ainda na pré-campanha conta bancária específica e nem CNPJ da campanha. Em paralelo ao processo que coloca o mandato de Selma sob risco, surge uma dúvida crucial entre os próprios especialistas em legislação eleitoral. Caso a eleita venha a ser cassada, quem assumiria a vaga? Uns entendem que seria Carlos Fávaro (PSD), que ficou em 3º. Outros asseguram que teria nova eleição. É que a minirreforma eleitoral não traz uma interpretação clara sobre essa hipótese.

Deputado culpa EP pela derrota

Sábado, 20/10/2018 20h:13

valtenir pereira curtinhas   Valtenir Pereira (foto), do MDB, tem culpado, em parte, pela derrota nas urnas pelo quarto mandato, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, do mesmo partido. Em privado, reclama que o prefeito, que recebeu o seu apoio para chegar ao Palácio Alencastro em 2016, lhe passou as pernas, pois havia se comprometido em apoiá-lo, mas lançou o filho Emanuelzinho pelo PTB e este se elegeu com 76.781. Com 44.135 votos, Valtenir ficou na 1ª suplência da coligação de cinco partidos (DEM, PDT, PSD, MDB e PMD), que conquistou 2 cadeiras, justamente com os emedebistas Bezerra e Juarez Costa. Valtenir ficou atrás de Juarez por uma diferença de 5.777 votos. Pelos seus cálculos, a investida pesada do prefeito no filho em Cuiabá e o surgimento de um vídeo, a dois dias do pleito, em que aparece recebendo dinheiro do empresário Mauro Carvalho, mesmo se referindo ao processo eleitoral de 2010, teve efeito negativo devastador e o levou à perda de pelo menos 10 mil votos na Capital.

Eraí "banca" dívidas de Taques

Sexta-Feira, 19/10/2018 20h:45

erai maggi   O empresário Alan Malouf revelou, em delação no STF, que em meados de 2016, já no segundo ano do Governo Taques, o rei da soja Eraí Maggi (foto), do Grupo Bom Futuro, lhe pagou R$ 1 milhão, inclusive em espécie. Segundo Alan, o pagamento serviu para abater o débito de parte de um empréstimo que o governador tinha consigo. O delator afirma acreditar que o montante fora retirado de recursos próprios de Eraí, que teria feito espécie de empréstimo ao governador. Maior produtor de soja do país, Eraí é um antigo financiador de campanhas eleitorais. Primo do senador licenciado e ministro Blairo (Agricultura), ele costuma "bancar" muitos candidatos, tanto majoritários quanto proporcionais.

Modesto e R$ 300 mil de extra

Sexta-Feira, 19/10/2018 19h:24

julio modesto curtinhas   Não foi somente Paulo Brustolin, que recebera salário extra milionário para comandar a pasta de Fazenda do Governo Taques, totalizando R$ 1,4 milhão (R$ 500 mil de "luva" e mais R$ 80 mil mensais entre janeiro e dezembro de 2015). Segundo o delator Alan Malouf, um grupo de empresários, num acordo com anuência do governador, pagou também complemento de subsídio a Júlio Modesto (foto), nomeado inicialmente à pasta de Gestão. Assegura que Modesto embolsou R$ 25 mil por mês, totalizando R$ 300 mil de extra. O delator afirma que, em dezembro de 2015, informou a Brustolin, a Modesto e também a Taques que esses pagamentos não mais seriam feitos. Modesto ainda foi remanejado da Gestão para a Casa Civil. E deixou o governo tucano em junho deste ano. Oficialmente, cada secretário ganha menos de R$ 30 mil.

Ex-secretário e extra milionário

Sexta-Feira, 19/10/2018 18h:52

paulo brustolin sefaz curtinhas   Em delação homologada no Supremo em janeiro deste ano, o empresário Alan Malouf conta que o executivo Paulo Brustolin (foto), numa negociação chancelada pelo governador Taques, recebeu R$ 500 mil a título de "luva" para assumir o cargo de secretário estadual de Fazenda e ainda R$ 80 mil mensais entre janeiro e dezembro de 2015, perfazendo R$ 960 mil só no primeiro ano de mandato de Taques. Essa fora a condição imposta por Brustolin para compensar os R$ 60 mil que tinha de salário como executivo da Unimed Cuiabá. E o complemento salarial fora "rateado" pelos amigos-empresários Marcelo Maluf, Erivelton Gasques e Juliano Bortoloto, além do próprio delator Alan. Brustolin seguiu no 1º escalão da equipe de Taques até junho de 2016. Depois prestou assessoria à Fiemt, sob o amigo Jandir Milan e, no ano passado, decidiu se mudar para outro Estado.

Vice no PP e deverá ir a prefeito

Sexta-Feira, 19/10/2018 11h:33

ubaldo barros curtinha   O vice-prefeito de Rondonópolis, professor universitário e empresário Ubaldo de Barros (foto), só esperou o resultado das urnas para migrar de partido. Trocou o PSL pelo PP, que terá uma cadeira na Câmara, com Neri Geller, e outra na Assembleia, com Paulo Araújo. Embora não admita publicamente, Ubaldo deve começar a fortalecer projeto de candidatura a prefeito em 2020, com disposição de peitar nas urnas Zé do Pátio (SD), de cuja gestão se distanciou e da qual se tornou espécie de opositor por não concordar com ações e atitudes populistas e centralizadoras do prefeito. Ubaldo é considerado um líder emergente, firme em seus posicionamentos e bem articulado politicamente. Seu nome começa a surgir como forte alternativa, contrapondo a investida de um prefeito que, pelos altos índices de rejeição popular, dificilmente terá coragem de se lançar ao teste das urnas pela reeleição.

Pivetta vai ser gestor de Núcleo

Sexta-Feira, 19/10/2018 10h:55

otaviano pivetta curtinhas   Com carimbo de bom gestor que ajudou Lucas do Rio Verde, enquanto prefeito por 3 mandatos, a ganhar o topo nacional em referências, como de IDH e de educação, o empresário e vice-governador eleito Otaviano Pivetta (foto), do PDT, não vai assumir secretaria na gestão Mauro. Mas terá papel fundamental em novos projetos e na busca de resultado e qualidade do serviço público. Governador e vice, que serão empossados em 1º de janeiro, combinaram que o 2º vai cuidar do Núcleo, podendo ser de Educação e Saúde ou de Infraestrutura. Pivetta será espécie de gestor, mesmo as pastas tendo seus secretários.

O mais votado em Rondonópolis

Quinta-Feira, 18/10/2018 12h:38

adilton sachetti curtinha   Embora distanciado de Rondonópolis - vive mais em Cuiabá -, o deputado federal e sojicultor Adilton Sachetti conquistou uma votação histórica ao Senado no município. Dos 333.082 obtidos nas urnas, 61.397 vieram da cidade onde ele foi prefeito e depois perdeu a reeleição. Para se ter ideia, os outros municípios onde Sachetti teve melhor votação, na sequência, foram Várzea Grande, com 12.104, e Sinop, com 12.103 votos. Concorrendo pelo PRB e no palanque de Wellington, que ficou em 2º para governador e em 1º em Rondonópolis, Sachetti alcançou o quarto lugar. Superou o tucano Nilson Leitão (330.430), mas ficou atrás de Carlos Fávaro (434.972) e dos eleitos Jayme Campos (490.699) e Selma Arruda (678.542).

Apoio ajuda Taques em Chapada

Quinta-Feira, 18/10/2018 12h:21

thelma de oliveira curtinha   Diferente de Rondonópolis, onde o apoio e empenho do prefeito Pátio contribuiu para tirar voto de Taques, em Chapada dos Guimarães, a prefeita Thelma de Oliveira conseguiu entregar o que prometeu de votos. Ela teve uma participação importante na boa votação do governador tucano, que foi o mais votado do município, com 4.993 (49,3% dos válidos). Ex-deputada federal, Thelma chegou a se licenciar do Executivo para se empenhar integralmente na campanha do colega de partido, enaltecendo, principalmente, os feitos do Estado na região. Mauro, governador eleito pelo DEM, foi o segundo mais votado em Chapada, com 3.593 (35,5%). Wellington (PR) veio em terceiro, com 1.276 (12,6%). 

INíCIO
ANTERIOR
1 de 1353

Selma sob risco de ganhar e não levar

selma arruda curtinha   Uma das grandes surpresas nas urnas de MT, a juíza aposentada Selma Arruda (PSL), eleita senadora na 1ª vaga, ao alcançar 678.542 votos, ainda vai ter muita dor de cabeça até o fim da investigação em que é acusada de abuso de poder econômico, através de caixa...

Deputado culpa Emanuel pela derrota

valtenir pereira curtinhas   Valtenir Pereira (foto), do MDB, tem culpado, em parte, pela derrota nas urnas pelo quarto mandato, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro, do mesmo partido. Em privado, reclama que o prefeito, que recebeu o seu apoio para chegar ao Palácio Alencastro em 2016, lhe passou as pernas, pois havia se comprometido em...

Eraí paga R$ 1 mi de dívidas de Taques

erai maggi   O empresário Alan Malouf revelou, em delação no STF, que em meados de 2016, já no segundo ano do Governo Taques, o rei da soja Eraí Maggi (foto), do Grupo Bom Futuro, lhe pagou R$ 1 milhão, inclusive em espécie. Segundo Alan, o pagamento serviu para abater o débito de parte de um...

Modesto embolsa R$ 300 mil de extra

julio modesto curtinhas   Não foi somente Paulo Brustolin, que recebera salário extra milionário para comandar a pasta de Fazenda do Governo Taques, totalizando R$ 1,4 milhão (R$ 500 mil de "luva" e mais R$ 80 mil mensais entre janeiro e dezembro de 2015). Segundo o delator Alan Malouf, um grupo de empresários,...

Mais de R$ 1 milhão só de salário extra

paulo brustolin sefaz curtinhas   Em delação homologada no Supremo em janeiro deste ano, o empresário Alan Malouf conta que o executivo Paulo Brustolin (foto), numa negociação chancelada pelo governador Taques, recebeu R$ 500 mil a título de "luva" para assumir o cargo de secretário estadual de...

Vice migra para PP e deve ir a prefeito

ubaldo barros curtinha   O vice-prefeito de Rondonópolis, professor universitário e empresário Ubaldo de Barros (foto), só esperou o resultado das urnas para migrar de partido. Trocou o PSL pelo PP, que terá uma cadeira na Câmara, com Neri Geller, e outra na Assembleia, com Paulo Araújo. Embora...

Pivetta atuará como gestor do Núcleo

otaviano pivetta curtinhas   Com carimbo de bom gestor que ajudou Lucas do Rio Verde, enquanto prefeito por 3 mandatos, a ganhar o topo nacional em referências, como de IDH e de educação, o empresário e vice-governador eleito Otaviano Pivetta (foto), do PDT, não vai assumir secretaria na gestão Mauro. Mas...

Distante e com maior votação em ROO

adilton sachetti curtinha   Embora distanciado de Rondonópolis - vive mais em Cuiabá -, o deputado federal e sojicultor Adilton Sachetti conquistou uma votação histórica ao Senado no município. Dos 333.082 obtidos nas urnas, 61.397 vieram da cidade onde ele foi prefeito e depois perdeu a...

Respaldo dá a Taques a maior votação

thelma de oliveira curtinha   Diferente de Rondonópolis, onde o apoio e empenho do prefeito Pátio contribuiu para tirar voto de Taques, em Chapada dos Guimarães, a prefeita Thelma de Oliveira conseguiu entregar o que prometeu de votos. Ela teve uma participação importante na boa votação do governador...

MAIS LIDAS