Curtinhas

Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 12h:27 | Atualizado: 06/12/2018, 12h:54

Com mesmo discurso de Taques

mauro mendes curtinha

 

A 25 dias de assumir efetivamente como governador, Mauro Mendes (foto) usa o mesmo discurso de Pedro Taques massificado há exatos quatro anos. Na época, o hoje governador que sucedeu a gestão Silval dizia que, com base nas informações levantadas pela equipe de transição, iria "herdar" um déficit de R$ 1,7 bilhão nas contas do Estado e que faria reforma e demissões para "enxugar" a máquina. E que não teria outro caminho senão acionar o MPE para apurar as causas do rombo. Sucessor de Taques, Mauro vai na mesma linha. Anunciou que terá de conviver inicialmente, na cadeira de chefe do Executivo, com déficit superior a R$ 1,5 bilhão e que reduzirá de 24 para 15 o número de secretarias, além de cortar 3 mil cargos comissionados para conter avanço da folha.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • marsofo | Sábado, 08 de Dezembro de 2018, 16h10
    0
    0

    Há décadas escutamos esse discurso evasivo, frouxo e inconsistente desses políticos , como se estivessem preparando para justificar o fracasso que por certo virá no futuro. Incompetência ou falta de seriedade que domina o mundo político partidário ? Diz-se no jargão do mundo da economia: dívida é para ser administrada; quem não tem competência não se estabelece e por aí vai. Chôroro não leva a lugar nenhum. Mato Grosso e o Brasil aguarda por novas lideranças para mudar essa conjuntura falsa e hipócrita. Sigamos o exemplo do valoroso Ministério Público que através da ação de novas mentalidade aversos a desmandos e corrupção, está desmontando o poderio dos usurpadores das riquezas do povo brasileiro.

  • Gilmar | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 08h19
    4
    1

    Estranho, se já tinha informação de que o estado está quebrado por que essa ganância para estar no poder? Chega de justificar tanto, agora é assumir a bomba e mostrar a que veio.

  • Mato Grosso MAIS | Sexta-Feira, 07 de Dezembro de 2018, 07h42
    2
    1

    Estou torcendo por estado mais justo e estável para todos, antes de criticar ou supor situações deixe ele assumir. VENHO por meio deste sugerir que estipule uma norma sobre uso de arma de fogo aos servidores públicos que estiverem de licença médica seja automáticamente recolhido sua arma e sua identidade funcional, pois se está proibido de atuar como policial então tem retirar a arma e alocar em função administrativa. Requisitar todos os servidores CEDIDOS sem exceção para voltar a sua atividade profissional e pente fino no número de servidores exato desses servidores e quanto tempo está afastadom, incluindo pm cbm agentes prisionais e professoras

  • Victor | Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 23h18
    6
    0

    A culpa de tudo é do funcionalismo público. Depois a cada operação na administração vai se desvendando os esquemas espúrios tramados nos porões da política estadual, como aconteceu no governo do paladino da moralidade. Tomara que eu esteja errado.

  • João José de Amorim | Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 15h29
    18
    0

    tudo combinado. o Circo é o mesmo.

  • Davi | Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 15h26
    10
    4

    Tomara que não seja como o Taques que criou o discurso de crise como cortina de fumaça enquanto a corrupção se estabelecia na administração estadual.

  • Wanderley | Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 13h57
    3
    16

    A grande diferença é que o Mauro faz. Estamos certos que será o governador para tirar MT da lama.

  • eleitor | Quinta-Feira, 06 de Dezembro de 2018, 13h22
    20
    1

    A pergunta que fina, é porque então essa larica pra ganhar o poder e assumir o governo. Pra que se é uma bomba?

Matéria(s) relacionada(s):

Damares, TRE e dinheiro de campanha

damarescurtinha   Damares do PSDB, que se lançou candidata a estadual e desistiu da disputa na última hora devido problemas pessoais, será convocada pela Justiça Eleitoral a dar explicações. Corre o risco de ser obrigada a devolver dinheiro, a ter problemas na sua prestação de contas ou...

Vigilância maior sobre vaga no TCE

Nem o presidente Domingos Neto, que em processo inusitado entrou no lugar do pai Ary Leite de Campos, numa transferência de cadeira vitalícia familiar, sangrou tanto quanto Guilherme Maluf. Talvez seja reflexo de novos tempos, em que os Poderes e setores da sociedade estão mais exigentes quanto a idoneidade dos servidores públicos. Bastou Maluf se tornar réu, ou seja, ainda não é condenado, para órgãos fiscalizadores, especialmente o...

Suplente ganha 4 anos de mandato

carlos avalone curtinha   Carlos Avalone (PSDB) está com sorriso largo porque, pela primeira vez, depois de ficar como suplente em todas as vezes que disputou o cargo de deputado, ele tem a oportunidade de assumir mandato na AL por 4 anos. Indicado ao TCE pelos colegas, Maluf deixa o Parlamento um mês após ser empossado para o...

Maluf vai sangrando para o Tribunal

guilherme maluf curtinha   Com 11 votos no Colégio de Líderes e depois 13 na sabatina, em plenário nesta quinta, Guilherme Maluf teve o nome chancelado para ocupar o cobiçado cargo vitalício de conselheiro do TCE. Chega ao órgão fiscalizador sangrando. Aguentou porrete de toda forma, fora as...

Prega voto aberto, mas faz o contrário

paulo araujo curtinha   Deslumbrado com a chegada ao poder, o deputado populista e carimbado por muitos como demagogo Paulo Araújo (PP), escalado pela Mesa Diretora para presidir provisoriamente a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, foi um dos que saíram desmoralizados do processo que resultou...

Medeiros será vice-líder de Bolsonaro

jose medeiros curtinha   José Medeiros (Podemos) estreitou ainda mais a relação com o Governo Bolsonaro (PSL), tanto que foi indicado como vice-líder da gestão na Câmara Federal. A escolha do Planalto aconteceu nesta 4ª (20). Caberá a ele ajudar na interlocução da...

Ex-prefeito se torna assessor na AL

josair lopes curtinha   Ele renunciou ao cargo de prefeito de Dom Aquino, no ano passado, apostando que seria eleito deputado federal. Mas chegou apenas a 18.897 votos, amargando a 5ª suplência de uma aliança de quatro partidos (PSDB, PPS, PSB e SD), que elegeu Leonardo Albuquerque. Após a campanha frustrada, desempregado e...

Mais um ex-deputado na folha da AL

airton portugu�s   Depois de Zé Domingos, mais um ex-deputado entra para a folha de servidores da AL nesta nova legislatura. Airton Rondina Luiz, o Português (PSD), que nas urnas de 2014 tentou a reeleição, mas foi derrotado, passa a ocupar o cargo de assessor da Primeira-Secretaria, sob...

Bancada define Neri novo coordenador

neri geller curtinha   O ex-ministro da Agricultura Neri Geller (foto), que está de volta à Câmara, desta vez como titular - em 2007, então suplente, assumiu por quatro meses no lugar de Thelma -, foi eleito nesta quarta à noite, por unanimidade, o novo líder da bancada federal mato-grossense. Todos os 8...