Curtinhas

Sexta-Feira, 12 de Abril de 2019, 19h:17 | Atualizado: 12/04/2019, 19h:57

TC, oposição e empréstimo legal

moises maciel curtinha

 

O conselheiro interino do TCE Moisés Maciel (foto) indeferiu a medida cautelar postulada pelos vereadores de oposição, Marcelo Bussiki, Felipe Wellaton, Abílio Júnior e Dilemário Alencar. Eles queriam impedir a Prefeitura da Capital de contratar operação de crédito externo de US$ 115 milhões junto à Corporação Andina de Fomento (CAF), mesmo a Mensagem 75/2018 tendo sido aprovada pela própria Câmara Municipal. Relator do processo de representação, Moises observa que "não é possível verificar com certo grau de segurança jurídica a presença de vícios formais e materiais no pleito para operação de créditos", como alegaram os parlamentares. Com esse empréstimo, o prefeito Emanuel anunciou que fará, entre as obras, a revitalização do Mercado do Porto e do Morro da Luz,  construção de viadutos e trincheiras, 200 km de asfalto e 10 parques, sendo eles o do Caju (Morada do Ouro), da Orla São Gonçalo, Dante de Oliveira, do Moinho, Industrial, Residencial Coxipó, Ibama, Campo do Bode e Bosque da Vida.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Rodolfo miller | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 07h43
    1
    0

    hurunn... esse cidadão " conselheiro " Moiseis tem mostrado a que veio ... chama ele em um particular ...

  • ADILDO JACINTO DE OLIVEIRA FILHO | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 07h23
    0
    0

    Espero que com a liberação desse dinheiro todo, a cidade seja realmente beneficiada pelas obras citadas e que os órgãos de controle, que não são poucos e também onerosos, façam a devida fiscalização desde o início, ou seja, desde o procedimento licitatório até a conclusão dos empreendimentos. Pelo que se sabe, obras públicas são pagas por medição e, sendo assim é possível que haja um acompanhamento decente. O que não pode é depois das falcatruas acontecerem, levarem ao conhecimento do público, como se não tivessem nada a ver com isso, como ocorreu nas obras da copa.

  • O atalaia | Sábado, 13 de Abril de 2019, 13h55
    0
    2

    So existe uma duvida atroz a atormentar o cidadão mato-grossense, após o episodio do paletó, onde ficou evidenciado um certo grau de suspeição do prefeito em lidar com dinheiros e bens publicos, de modo que fica difícil acreditar e, por uma razão de causa e efeito, se não há intenções maledicentes em meio a uma justificativa que parece bem intencionada.. .

Matéria(s) relacionada(s):

Ex-tucano histórico agora reforça PSB

aparecido alves curtinha   O ex-deputado por alguns meses e ex-presidente do Intermat na época do Governo Dante, Aparecido Alves, o Cido (foto), se filiou neste sábado ao PSB, um mês depois de ter deixado os quadros do PSDB, do qual era considerado militante histórico, inclusive desde a década de 1990. Sua ficha...

França vira Plano B do PSB a prefeito

roberto franca curtinhas   O PSB, comandado no Estado pelo deputado Max Russi, tinha esperanças de lançar a prefeito de Cuiabá o hoje presidente da Câmara Municipal, vereador Misael Galvão. Mas frustrou-se. O próprio Misael, governista de carteirinha e já comprometido com o projeto de...

MM cancela visita para evitar grevistas

mauro mendes curtinha   Precavido, Mauro Mendes cancelou de última hora a presença no encontro do PSB neste sábado, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá. É que em um outro auditório, mas dentro do mesmo hotel, acontecia, em paralelo, o encontro estadual do PT e com participação de...

TCE livra delator de pagar R$ 412 mil

junior mendon�a curtinha   O delator premiado e encrencado com a Justiça em vários processos Gércio Marcelino Mendonça Júnior, o Júnior Mendonça (foto), da Comercial Amazônia Petróleo, conseguiu perdão do TCE de R$ 412,5 mil, bem como de uma multa proporcional...

Advogado disputa uma vaga no CARF

Thiago Dayan   O advogado mato-grossense Thiago Dayan disputa uma vaga no CARF, órgão federal ligado ao ministério da Economia. Mato Grosso não possui nenhum representante no CARF. Trata-se do mais alto cargo vinculado à atividade tributária administrativa que um advogado pode chegar. Do escritório...

Riva recebe alta após 10 dias em SP

jose riva curtinha   Depois de 10 dias internado no Sírio Libanês, em São Paulo, o ex-deputado José Riva recebeu alta nesta quinta. Retorna a Cuiabá e terá de ficar 20 dias de repouso devido à pressão e adaptação ao medicamento. Acometido de uma hemorragia subaracnoide, Riva, aos...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.