Curtinhas

Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 17h:58 | Atualizado: 16/04/2019, 18h:25

Desfiliação da nova Cidadania

junior macagnan curtinha

 

O empresario Junior Macagnam (foto), líder do Movimento Vem Pra Rua e que foi candidato a deputado federal no pleito de 2018, obtendo 5.451 votos, decidiu deixar a recém-criada Cidadania (ex-PPS), de cujo diretório em Mato Grosso respondia como secretário-geral. A nova sigla tem como principal liderança no Estado o ex-secretário estadual de Educação, Marco Marrafon, derrotado a federal. Macagnam alega falta de coesão, de debate e de liderança para unir o partido e, por isso, resolveu se desfiliar. Integrante da diretoria da Fecomércio, o empresário observa que foi convidado para a Cidadania acreditando no propósito de se construir algo renovador e contribuir para com uma nova forma política no Estado. Mas percebeu que o discurso não casou com a prática. O empresário avalia agora qual legenda ingressar.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Claudia Fraga | Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019, 00h28
    6
    1

    ESSE CIDADANIA É UMA PIADA. VELATOM QUER IR PRA LÁ PRA SER CANDIDATO A PREFEITO. ESSE JUNIOR MCAGNAN QUERIA APOIAR EMANUEL. PARTIDINHO LACOSTE, FADADO A PASSAR RIDICULO NA ELEIÇÃO, TEM FAMA DE SER ESTEPE DE PEDRO TAQUES

  • Júlio | Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019, 22h10
    6
    1

    O anão jurubeba tem mais votos qq todos membros desse cidadania que só mudou de nome mas nasce nati-morto.

  • R. Rodrigues | Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019, 10h58
    10
    1

    Deis nos livre de um sujeito desse na política.

  • Rodrigo Rodrigues | Quarta-Feira, 17 de Abril de 2019, 09h14
    4
    0

    Rodrigo Rodrigues, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Servidor público | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 21h31
    9
    4

    Cidadania não faz eleito nem pra presidente de bairro. Fraquíssimo

  • CARLOS | Terça-Feira, 16 de Abril de 2019, 18h43
    14
    3

    Engraçado ele e dono de loja do grupo gio e etc, se voces verem o quanto ele trata mal os funcionarios e arrogante e etc,faz favor junior nem pra guarda de rua voce serve.... CONTA OUTRA

Matéria(s) relacionada(s):

Prefeitura de Barra garante legalidade

joaojakson   Procurador-geral de Barra do Garças João Jackson Vieira Gomes (foto) esclarece, em resposta à curtinha Contrato de R$ 4 mi pra limpeza, que a dispensa de licitação por 6 meses obedeceu todos os tramites legais, sendo que a empresa contratada ofertou o menor orçamento. A...

Vereadores de Acorizal agora com VI

A Câmara Municipal de Acorizal resolveu seguir as demais e instituir verba indenizatória não apenas para os seus nove vereadores. Incluiu também no benefício financeiro ocupantes de diversos cargos. Agora, além do salário, cada parlamentar terá direito a R$ 1,5 mil mensal. E quem ocupa a presidência da Mesa receberá R$ 2 mil. Os vereadores alegam que essa verba tem caráter ressarcitório do exercício da...

Prefeito "estoura" limite da lei fiscal

asiel alt floresta   O prefeito de Alta Floresta, Asiel Bezerra (foto), do MDB, recebeu alerta do conselheiro Guilherme Maluf sobre descontrole dos gastos, principalmente com a folha de pessoal. Debruçada nos relatórios, a Secretaria de Controle Externo de Receitas de Governo do TCE constatou que as despesas com pessoal atingiram...

Trâmites para alugar carros à Câmara

misael galvao curtinha   Diferente dos antecessores, que omitiam informações, principalmente em relação a medidas consideradas impopulares, o presidente da Câmara de Cuiabá Misael Galvão (foto), numa demonstração de transparência e de coragem para enfrentar críticas,...

Silval é chamado de ladrão no Fórum

silval_curtinha   O ex-governador Silval Barbosa, que hoje ganhou o direito ao regime semiaberto, foi hostilizado por populares no Fórum de Cuiabá. Um homem, que estava no corredor, que dá acesso às salas onde acontecem às audiências, gritou: “Silval, ladrão”. Jornalistas chegaram a...

Jayme é simpático à reeleição de EP

jayme campos curtinha   Jayme Campos (foto) vai comprar briga interna no DEM em defesa da reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro. Mas o núcleo ligado ao governador Mauro Mendes não é muito simpático a essa ideia. Numa reunião recente, com participação de Mauro Carvalho,...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.