Curtinhas

Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 11h:18 | Atualizado: 15/01/2021, 11h:29

Juca vê o BRT ultrapassado

juca 400 curtinha

 

Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região Metropolitana. Reclama que nem as prefeituras e muito menos as câmaras da Capital e de Várzea Grande foram consultadas. Juca chega a dizer que o BRT "está ultrapassado" e que o VLT seria o ideal, principalmente porque as obras já estão quase concluídas. De todo modo, adianta que pedirá, em nome do Legislativo cuiabano, uma audiência com o governador Mauro para debater o assunto.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • diego | Sábado, 16 de Janeiro de 2021, 11h10
    1
    2

    fazem 6 anos que se vive esse embrolho, ninguém falou nada em relação ao término do VLT, nem Emanuel nem Taques e muito menos os vereadores das duas cidades, agora que o governador toma uma decisão de construir o BRT que é muito mais eficiente e barato, vem esses políticos do contra pra atrapalhar. agora se eles tem o dinheiro pra finalizar o VLT então que o faça. só conversa fiada não enche a barriga meus queridos.

  • José | Sábado, 16 de Janeiro de 2021, 10h56
    3
    2

    Deve ter muita propriedade intelectual e de conhecimento de causa para defender que o BRT apresentado pelo Gov. do Estado é ultrapassado. Alguns vereadores são muito mais inteligentes calados.

  • Nilson Ribeiro | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 20h19
    5
    1

    DRA. ALICE DO COOPHEMA, MORO AQUI DESDE 1988, NUNCA VI, E NUNCA OUVI NINGUÉM FALAR NESSA TAL DRA. ALICE COOPHEMA.

  • Nilson Ribeiro | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 20h18
    2
    1

    (((((01))))) CUIABÁ Cuiabá é a 11ª melhor cidade do Brasil para negócios no setor agropecuário, aponta pesquisa Publicado  06/01/2021 - 14:50 Cuiabá é a 11ª melhor cidade do Brasil para fazer negócios no setor agropecuário. É o que aponta o estudo “Melhores Cidades para Fazer Negócios 2.0”, produzido pela empresa Urban Systems para a revista Exame.  No ranking, em que as cidades recebem notas de no máximo 10 pontos, Cuiabá aparece com a com nota 3,22. A primeira colocada, Juazeiro (BA), recebeu nota 3,9. Conforme os pesquisadores, as notas mais baixas nesse ramo demonstram que, apesar de serem destaque, essas cidades não possuem um predomínio de relevância em todos os temas analisados (lavoura e pecuária). Isso porque as cidades avaliadas são apenas aquelas com mais de 100 mil habitantes, ou seja, mais urbanizadas. Nesse ramo de negócio, Cuiabá se destaca pelo percentual de empregos com média e alta remuneração, que é de 27,21%, o maior entre os setores da economia avaliados na pesquisa (Comércio, Indústria, Mercado Imobiliário, Serviços, Agronegócios e Educação). O crescimento de 693,32% das exportações também pesou favoravelmente nessa balança, conforme dados do Ministério da Economia. A pesquisa O levantamento da Urban Systems avalia as 326 cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes e monta um ranking das 100 mais atrativas para o desenvolvimento de negócios, considerando condições específicas através da metodologia de análise estatística IQM – índice de qualidade mercadológica. Para avaliar o ambiente de negócios no setor da Agropecuária, foram levados em conta oito indicadores, além de outros ligados ao macro cenário da pandemia de covid-19, que afetou a economia de todo o mundo. Dentre os oito indicadores estão: empregos com média e alta remuneração, crescimento da produção da lavoura permanente e da lavoura temporária, produtividade da lavoura permanente e da temporária, crescimento da produção pecuária, crescimento da exportação e saldo de empregos no setor... PARA AQUELES "DESATUALIZADOS" PARA USAR UM ADJETIVO EDUCADO, QUE FALAM MAL DE CUIABÁ, DADOS CIENTÍFICOS, NÃO É "ACHISMO". ((((02))))) EM ESTUDO NA GRANDE CURITIBA08.01.2021 | 15H49 VLT poderá por fim à defasagem de ônibus e facilitar a circulação de 1,5 milhão de pessoas por dia. Prefeitura de Curitiba e o governo do Paraná estudam a possibilidade de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A mudança de modal na cidades da Grande Curitiba, como apontam os chefes dos Executivo municipal e estadual, poderá por fim à defasagem do sistema de ônibus e facilitar a circulação de cerca de 1,5 milhão de pessoas diariamente. Conforme informações divulgadas pela Prefeitura na quarta-feira (06), o Executivo municipal e o Estado formarão um grupo técnico no qual será avaliada a possibilidade de implantação de um sistema de transporte sobre trilhos, sendo cotado tanto o VLT quanto o monotrilho.  Segundo o governador do estado, Carlos Massa Ratinho Junior, o mote da mudança se dá em torno da renovação do sistema de transporte da cidade, que já é considerado altamente eficiente. Para o gestor, contudo, transporte por ônibus não atende mais demanda da Grande Curitiba. "Queremos construir juntos uma solução para modernizar esse sistema, aproveitando os traçados já existentes para incluir outros modais, como VLT e o monotrilho", defendeu o governador.  Tanto Ratinho Junior como o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, se reuniram com representantes da empresa Build Your Dreams (BYD), responsável pela fabricação de veículos elétricos que funcionam sem emissão de poluentes.  Em Mato Grosso Paralelamente, a mais de 1,4 mil km de distância do Paraná, Mato Grosso atravessa um período de batalha judicial anunciada entre Capital e Estado desde que o governador Mauro Mendes (DEM) anunciou, no fim de 2020, que encerraria as obras do VLT, substituindo o modal pelo Bus Rapid Transit (BRT).  Desde então, a mudança tem sido tema de discussão e acrescentou novo capítulo à oposição política entre o governador e o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). O chefe do Executivo municipal chegou a dizer nesta semana que não atenderá à notificação do Estado na qual o governo determina a não renovação da frota de ônibus da cidade devido aos estudos do BRT.  Em documento oficial, o prefeito apontou que não acatará nenhuma decisão até ouvir o que a população tem a dizer sobre o tema.  Em enquete realizada , 67% dos leitores se mostraram contra o encerramento do VLT. No levantamento, a opção mais votada pela população cuiabana foi a de que os populares "são contra acabar com o VLT, até porque a obra já gastou muito dinheiro público". PARA aqueles que são contra o V.L.T. dando Cuiritiba PR como exemplo, está ai a lógica, a tendência natural, todas, Eu disse TODAS as cidades polo irão implantar o V.L T., pois é o meio de transporte mais viável do ponto de vista econômico, ecológico, moderno, rápido, seguro, limpo etc

  • Nilson Ribeiro | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 20h15
    2
    2

    80% do V.L.T., concluídos, é irracional para não dizer burrice, querer desmanchar toda essa obra para começar outra do ZERO. MAS O DINHEIRO NÃO É DELES, A POPULAÇÃO QUE SE EXPLODA NA CONCEPÇÃO DESTES IRRESPONSÁVEIS TRANSVESTIDOS DE AGENTES "PÚBLICO".

  • Divaldo | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 16h18
    3
    2

    Ultrapassado são os buracos do Pedregal e região... vai cuidar de assuntos da população que votou em vc auxiliar do paletó

  • pedro luis | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 15h37
    7
    3

    Esse vereador está delirando, coitado. Se ele é um defensor do Mané Paletó, que mande um projeto para a camara municipal para a prefeitura assumir o VLT. É bom lembrar que o nosso prefeito não deu conta da canta casa, que fechou as portas na sua gestão. Será que a prefeitura tem qualidade tecnica e dinheiro para assumir uma obra dessa envergadura? outra coisa, onde estava o Juca do Guaraná filho quando essa obras ficaram paradas 6 anos? Por que não falou nada e se calou? será que ele quer que nunca termine essa obra? Para o eleitor Cuiabano pensar: veja bem em que vc votou nessas eleições, e depois não reclame.

  • DICK VIGARISTA | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 13h20
    1
    0

    DICK VIGARISTA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Dra Alice Coophema | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 11h41
    4
    11

    VLT é para primeiro mundo. Não para essa cidade pequena, feia, quente demais e de povo sem educação que anda sem máscara transmitindo coronavirus. BRT é muito. Vcs merecem carroça.

  • Henrique | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 11h33
    7
    3

    ...obras quase concluídas... kkkk Piada de mau gosto.

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...

Magistrado quer restrições mais duras

orlando perri 400 curtinha   Ao deferir pedido de liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo chefe do MPE-MT, José Antonio Borges, em meio a conflitos de normas editadas pelo governo estadual e pela Prefeitura da Capital, o desembargador Orlando Perri (foto) enfatiza que é preciso endurecer as medidas...

Paisagista, aliança com Pátio e a AL

claudio paisagista 400   Claudio Ferreira, o Paisagista (foto), está tão empolgado com a votação para prefeito de Rondonópolis no ano passado que pretende encarar outro teste das urnas, agora para deputado estadual, em 2022. Pelo DC, ele tentou a sucessão municipal e chegou a 17.498 votos, ficando...

90 novas UTIs só neste ano em MT

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) disse que o governo estadual tem se empenhado ao máximo na luta pelo combate ao novo coronavírus. E enfatiza que somente neste início de ano, o Estado já habilitou 90 novos leitos de UTI para atender casos graves de Covid-19. Entre janeiro e março, foram abertos...