Curtinhas

Segunda-Feira, 17 de Março de 2014, 21h:01 | Atualizado: 17/03/2014, 21h:01

Lúdio cola em Mercadante

mercadante_curtinhas.jpg

 

Para contrapor a força do trio Alexandre, Abicalil e Willian junto à direção nacional do PT, Lúdio Cabral pediu socorro para o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) (foto), que não é tão simpático à corrente Construindo um Novo Brasil, da qual os 3 fazem parte. A esperança de Lúdio é que Mercadante, agora com a força de quem despacha diretamente com a presidente, e com quem discute conjuntura política, o apoie para ser o candidato do PT ao governo de MT. Mercadante já deu prova de que não absorve a linha da CNB. Exemplo disso, foi quando se tornou ministro de Educação. Um dos seus primeiros atos foi exonerar Abicalil, que era secretário especial do MEC. Caso Lúdio obtenha o apoio do ministro, terá menos um empecilho para impedir sua pré-candidatura ao Paiaguás.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • laura lima | Terça-Feira, 18 de Março de 2014, 20h05
    1
    0

    Quem decide é o povo de Mato Grosso. Quem vai votar nas eleições em Mato Grosso,são as pessoas que aqui residem e não gente de fora.Muita arrogância deste PT. Neste momento político todo mundo vai querer aparecer,alinhamento nunca mais .

  • Lino | Terça-Feira, 18 de Março de 2014, 09h06
    5
    2

    Parabens LUDIO, vc esta realmente mostrando habilidade não só politica como interpessoal, muito bem é desse tipo de pessoa que precisamos para administrar o estado de MT, pessoa que sosinha consegue acesso a todos e em qualquer assunto.

  • Português | Terça-Feira, 18 de Março de 2014, 08h21
    3
    2

    empecilho para impedir???

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.