Curtinhas

Sábado, 05 de Abril de 2014, 18h:38 | Atualizado: 05/04/2014, 19h:08

MP e fiscalizações afoitas

Alguns membros do MPE, no afã de ganhar notoriedade, têm avançado além do compromisso de fiscalizar atos, ações e projetos do governo. Há promotores e procuradores que, antes concluir qualquer etapa dos trabalhos, já chamam a imprensa para escancar à opinião pública supostas irregularidades. As obras da Arena Pantanal trazem 2 exemplos de intervenções afoitas do MP. A denúncia de que teria havia superfaturamento na compra dos assentos travou o processo em 2 meses. O estádio foi inaugurado semana passada com apenas metade das 40 mil poltronas colocadas porque não houve tempo hábil para montar as 20 mil restantes. O MP denunciou também o risco do incêndio num setor da Arena ter abalado estrutura. Depois concluiu que tudo está normal. Quem foi ao jogo Mixto x Santos, marcando a estreia do estádio, se encantou com a linda estrutura. O MP, que jogou pedra, não foi conferir.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Elio Alves | Terça-Feira, 08 de Abril de 2014, 22h26
    1
    0

    Ufa!! Até que enfim! Já pensava que chegaria a Copa e as eleições sem esta matéria inteligente. Enfim, um jornalista enxergou os dois lados do fato. Isto está acontecendo faz tempo. Reveja a avalanche de denuncia que pararam todas as obras e concluirão que a maioria delas eram apenas para atrasá-las e, assim, envergonhar MT e terem argumento de palanque, deixando os Cuiabanos sem as obras, e ainda se sentindo na obrigação de votar neles.

  • José Moreira Figueira | Terça-Feira, 08 de Abril de 2014, 16h07
    1
    0

    sempre apostando no quanto pior melhor, se podemos atrapalhar porque ajudar,......alguns setores do MP que até parece ser uma grande parte pelo alarido que faz.......

  • Marquinho | Segunda-Feira, 07 de Abril de 2014, 18h33
    2
    0

    Concordo totalmente com matéria. Eu desconfio que ELES estejam trabalhando pro MM e o Pedro Taques, e pro onofre junior do MTmais. Pra estes tres ultimo, quanto pior melhor pra usar na campanha eleitoral.

  • nelsonfleury | Segunda-Feira, 07 de Abril de 2014, 13h46
    3
    0

    concordo totalmente com esta reportagem

  • Ondino Lima Neto | Domingo, 06 de Abril de 2014, 18h34
    5
    1

    Já faz tempo que eu descobri que o MP de Mato Grosso, ganha muito e realiza pouco para a sociedade.

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

Muitos cuiabanos votam em Chapada

thelma de oliveira 400 curtinha   A ex-deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB), que em 2016 transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para Chapada dos Guimaráes, já está trabalhando nos bastidores o projeto de reeleição. E, agindo nos bastidores e de forma estratégica, ela conseguiu um...

Câmara cassará 4º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o quarto vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.