Curtinhas

Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 10h:05 | Atualizado: 09/02/2019, 18h:13

Os Campos e cargos no governo

marcia campos curtinha

 

Os Campos, tradicional e conhecida família que hoje possui entre os detentores de poder o casal Jayme e Lucimar, senador e prefeita de Várzea Grande, respectivamente, continuam dando trabalho, principalmente para o governador Mauro. Júlio Campos, hoje aposentado pelo TCE após exercer mandato de prefeito, governador, senador e deputado federal, anda com currículos debaixo do braço atrás de "colocação" no Estado para amigos, familiares e aliados políticos. A ex-vereadora por Cuiabá, Márcia Campos (foto), irmã de Jayme e Júlio, tem "rodado a baiana" no Palácio Paiaguás, em busca de emprego para um filho advogado. E só não o emplacou ainda em cargo comissionado por causa de uma exigência. Até que conseguiu espaço para ganhar cerca de R$ 5 mil, mas só aceita subsídio acima de R$ 15 mil. Depois de 24 anos em que Jayme deixou o comando do Estado, os Campos, que comandam o DEM (antigo PFL), sentem-se agora de volta ao poder, já que Mauro, na cadeira de governador, está filiado ao partido. O mesmo grupo tem Botelho na presidência da AL, onde o irmão de Júlio e Jayme, médico João Francisco de Campos, que ganha quase R$ 30 mil, acaba de ter a estabilidade de servidor público aposentado cassada pela Justiça.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Ugo Welter | Terça-Feira, 12 de Fevereiro de 2019, 09h28
    1
    0

    O povo e' que escolheu o Governador e o partido DEM para Governar MT apos os 4 anos de desmando e corrupçao do PSDB de Taques, entao tem sim que mudar o time, fora a turma suja do Taques e agora vamos ver se a turma do DEM do Mauro, Jaime e Julio vao fazer melhor neste 4 anos. Caso contrario em 2022 mudaremos de novo.

  • antonio Carmo | Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 14h01
    1
    0

    Aos amigos do Rei, as benesses da Lei... Aos inimigos, os rigores. Simples assim!!!

  • Humberto Mello de Assis | Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 09h29
    3
    3

    Quero parabenizar ao Internauta CARLOS ALBERTO CORREIA, pelo seu comentário sobre o ex-Governador e Senador Julio Campos, ele é o unico lider politico, que sabe lutar e valorizar os seus companheiros e correligionários do DEM (Ex-PFL-PDS), por isso é respeitado por todos nós filiados nesse partido ha muitos anos. Espero que o Governador Mauro Mendes, agora no DEM nao cometa o mesmo erro do seu antecessor Pedro Taques, que deixou os seus aliados no meio da rua, e trabalhou com muitos adverários politicos na sua equipe de Governo, e terminou enxotado pelos antigos aliados de 2014, 4 anos depois.Por isso JULIO é o JULIO.

  • Carlos Alberto Correia | Domingo, 10 de Fevereiro de 2019, 17h43
    1
    15

    Essa notinha desta coluna, parece mais um desabafo e magôas das equipe do RDNews contra a familia vitoriosa dos CAMPOS, pois só demostram inveja pelo sucesso politico e empresarial da mesma. O ex-Governador Julio Campos, não está fazendo mais doque sua obrigação, como Lider Maior do DEM e seu dirigente Estadual, em revindicar junto ao seu correligionário e amigo Governador Mauro Mendes, a presença de pessoas capacitadas do DEM para substituir os puxa-saco e velhacos do Governo Pedro Taques nos cargos de chefia, pois quem GANHA eleição é que tem que Governar e não os perdedores. Isso acontece no mundo inteiro, se o republicano TRUMP venceu nos Estado Unidos, a turma dos democratas de OBAMA desocupa o lugar, em Brasilia a turma do BOLSONARO está fazendo um limpa na turma do PT de Lula e Dilma, isso é normal. Se voces estão contra isso,disputem a eleição.

  • Delmar | Domingo, 10 de Fevereiro de 2019, 07h15
    13
    2

    A Várzea Grande em termos de empreguismo deve muito aos campo$. Basta observar o executivo, está apinhado deles, o TCE, a Empaer, demais empresas e agências. É só pesquisar e constatar.

  • Natalino | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 22h47
    4
    14

    Não sou defensor de ninguém, mais essa juíza precisa se informar melhor, pois, a cemat erá uma empresa bancada pelo governo do estado o próprio nome já diz, arruma outro argumento.

  • Waldemar | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 19h56
    5
    22

    Temos que ser justos, Dr. João é um profissional extremamente dedicado e competente, prestou excelentes serviços como funcionário público e tem o direito de gozar dos seus direitos adquiridos por lei, até onde sabemos a CEMAT era uma empresa pública, é necessário que neste país tenhamos segurança jurídica, ou seremos reféns de arbritrariedades como essa.

  • João da Costa | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 19h33
    15
    3

    Isso era mas do que previsto só não vê quem não quer.

  • Jovenil campos (do glória) | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 18h53
    16
    4

    " esses cabides de empregos tem de acabar". E eles não são donos do estado e do governo, que Jaime o empregue no seu gabinete em Brasília.

Matéria(s) relacionada(s):

Vereadores de Acorizal agora com VI

A Câmara Municipal de Acorizal resolveu seguir as demais e instituir verba indenizatória não apenas para os seus nove vereadores. Incluiu também no benefício financeiro ocupantes de diversos cargos. Agora, além do salário, cada parlamentar terá direito a R$ 1,5 mil mensal. E quem ocupa a presidência da Mesa receberá R$ 2 mil. Os vereadores alegam que essa verba tem caráter ressarcitório do exercício da...

Prefeito "estoura" limite da lei fiscal

asiel alt floresta   O prefeito de Alta Floresta, Asiel Bezerra (foto), do MDB, recebeu alerta do conselheiro Guilherme Maluf sobre descontrole dos gastos, principalmente com a folha de pessoal. Debruçada nos relatórios, a Secretaria de Controle Externo de Receitas de Governo do TCE constatou que as despesas com pessoal atingiram...

Trâmites para alugar carros à Câmara

misael galvao curtinha   Diferente dos antecessores, que omitiam informações, principalmente em relação a medidas consideradas impopulares, o presidente da Câmara de Cuiabá Misael Galvão (foto), numa demonstração de transparência e de coragem para enfrentar críticas,...

Silval é chamado de ladrão no Fórum

silval_curtinha   O ex-governador Silval Barbosa, que hoje ganhou o direito ao regime semiaberto, foi hostilizado por populares no Fórum de Cuiabá. Um homem, que estava no corredor, que dá acesso às salas onde acontecem às audiências, gritou: “Silval, ladrão”. Jornalistas chegaram a...

Jayme é simpático à reeleição de EP

jayme campos curtinha   Jayme Campos (foto) vai comprar briga interna no DEM em defesa da reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro. Mas o núcleo ligado ao governador Mauro Mendes não é muito simpático a essa ideia. Numa reunião recente, com participação de Mauro Carvalho,...

Busca de brecha para demitir efetivos

A briga do governador Mauro Mendes com servidores, especialmente da Educação, que cruzam os braços na próxima segunda, tende não só se acirrar, como trazer consequências quase inimagináveis. O Executivo já anunciou que vai exugar 20% dos cargos comissionados e que, se necessário, pode demitir até efetivos, o que hoje seria impossível por causa de leis que asseguram estabilidade no serviço público....

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.