Curtinhas

Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2013, 16h:37 | Atualizado: 09/12/2013, 16h:37

Curtinhas

R$ 20 mi a mais para o TCE-MT

  No controle de um orçamento de R$ 13 bilhões por ano, o governador Silval reclama de crise financeira mas, na prática, o caixa do Estado registra arrecadação cada vez maior. E, por conta disso, o chefe do Executivo atendeu ao apelo do Tribunal de Contas e liberou nada menos que R$ 20,6 milhões de crédito suplementar por excesso de arrecadação. Desse montante, o TCE, sob José Carlos Novelli (foto), argumenta que precisa aplicar R$ 11,2 milhões em gestão de tecnologia da informação; R$ 4,2 milhões na fiscalização para controle da própria arrecadação e ampliação dos recursos públicos e ainda R$ 5,1 milhões em manutenção de serviços administrativos.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Corrêa | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2013, 16h42
    0
    0

    É um absurdo. Enquanto a defensoria, que atuação em todo Estado, não consegue receber qualquer valor. Portanto, na verdade, falta gestão e compromisso desse governador com a Defensoria Pública, braço mais social da administração público. Mas, infelizmente, o governador Silval Barbosa não tem capacidade pra entender isso.

  • Jurema | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2013, 12h39
    0
    0

    O TCE é um órgão que pouco contribui para a sociedade, pois as consequências de seus pareceres são bem modestas. Por ser um órgão caríssimo deveria ser completamente reestruturado. Como esta, não pode continuar.

  • oliveira | Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2013, 06h27
    0
    0

    Em quanto isso a Secretaria de Estado de Saúde, não consegue fazer a compra de um par de Moleta, para um paciente, no valor de R$ 85,00 (oitenta e cinco reais), que espera a dias.

  • Ademir | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2013, 09h56
    0
    0

    TCE é aquele órgão que só tira prefeitos de cidades minúsculas, que não tem poder de barganha, poder político, o município de Várzea Grande há décadas some dinheiro, não tem gestão, todo prefeito arrebenta com a lei de responsabilidade fiscal, e nada acontece e a cidade é das mais feias do Brasil, e digo pra que serve este TCE, só para pegar dinheiro, 11 milhões em "tecnologia", isso é piada de mau gosto, cadê nossa Justiça??

  • Paulo | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2013, 08h09
    0
    0

    Enquanto o TCE tem R$ 20 milhões só de excesso pra torrar, grande parte dos municípios tem orçamento de 7 a 10 milhoes, pra dar conta de saúde, educação, estradas, ruas, etc. e ainda são multados e esfolados por este TCE. A final, alguém já viu algum conselheiro levando alguma multa? Na verdade eles prestam contas pra quem? Onde está disponível os gastos do TCE? Eles informam o APLIC pra alguem?

  • Zé Poxoréo | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2013, 19h18
    0
    0

    O mais engraçado disso tudo, se é que tem alguma graça, é que se as contas estivessem deficitárias o rombo resultaria em aumento de impostos. Agora arrecadou demais e o governo não teve competência para gastar (investir dar retorno a população) dai eis que surge a ideia de repassar aos órgãos que logo dão um jeitinho para gastar! Uma vergonha esse sistema de governo. Revoltante! Imaginem esses valores revertido em um programa sério de saúde e educação!

  • barbosa | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2013, 17h19
    0
    0

    Mais dinheiro para a turma do olavinho e seu assecla na TI, e viva o dinheiro publico hein...

  • Joel Nunes | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2013, 17h08
    0
    0

    Como gastam esses TCEs. Estou vindo de Goiás e a coisa lá não é diferente. Além da corrupção, precisamos sustentar esses órgãos públicos que a gente sabe que não deveriam existir, por que pouco contribuem à sociedade.

Câmara cassará 3º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o terceiro vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.