Curtinhas

Domingo, 04 de Maio de 2014, 21h:23 | Atualizado: 04/05/2014, 21h:37

Taques desmente vaias

Pedro Taques reage e garante que não foi vaiado pelo público no Sesi Papa, sábado à noite. Explica que compareceu ao evento, marcado ao final pelo show da dupla Zezé Di Camargo & Luciano, em comemoração ao Dia do Trabalhador, para participar de um sorteio, a convite do Serviço Social da Indústria (Sesi-MT), entidade do Sistema Federação das Indústrias do Estado (Sistema Fiemt). Embora muitos asseguram que ele começou a falar e, diante de reações contrárias, desistiu de imediato, o pré-candidato a governador pelo PDT enfatiza que nem fez discurso. De todo modo, tanto os diretores da Fiemt quanto os políticos presentes não tiveram clima favorável para discursar perante milhares de pessoas que compareceram ao evento especialmente para assistir ao show artístico.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Anderson Netto Silva | Segunda-Feira, 05 de Maio de 2014, 20h42
    1
    5

    Se Ayrton Senna fosse vivo e estivesse no palco tomaria vaia. Eu fui no show e vi, todos tomaram vaia, inclusive quem ganhou o premio. Povo sem educação e sem respeito, claro.

  • Jucá Cuiabano | Segunda-Feira, 05 de Maio de 2014, 18h30
    6
    1

    Respeito à legislação eleitoral só para os outros candidatos Senador?!!!

  • Marcos Valle | Segunda-Feira, 05 de Maio de 2014, 13h50
    9
    2

    Qualquer pre-candidato sabe, que participar de sorteio para distribuição de prêmios e Crime Eleitoral,principalmente se o dinheiro e público,como e o. Seis-Senai. Nao acredito que um ex- membro do MPF iria cometer isso!agora na pre-campanha.

  • Josafa | Segunda-Feira, 05 de Maio de 2014, 11h56
    12
    1

    Só o fato de ventilar o nome dele causou o maior mal estar no público. Estou mentindo?

  • joaquim | Segunda-Feira, 05 de Maio de 2014, 11h02
    0
    0

    joaquim, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • MARCIO | Segunda-Feira, 05 de Maio de 2014, 09h22
    0
    0

    MARCIO , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Alessandro | Segunda-Feira, 05 de Maio de 2014, 09h06
    15
    2

    Será que é arrogância? Tá bom sr Taques, o sr não foi vaiado não, eles estavam ensaiando para vaiar o artista que ia cantar!

Irmão de prefeito não deporá à CPI

francisco faiad 400 curtinha   Por meio de seu advogado Francisco Faiad (foto), Marco Polo de Freitas Pinheiro, o Popó, dono do instituto de pesquisa Mark e irmão do prefeito Emanuel Pinheiro, comunicou oficialmente hoje à CPI do Paletó, da Câmara da Capital, que não irá prestar depoimento nesta...

Nome reserva e vulnerável para IFMT

adriano 400 curtinha   O grupo do reitor Willian de Paula deve consolidar como candidato ao comando do Instituto Federal de Mato Grosso o professor Julio Santos, diretor do Campus de Alta Floresta. A eleição acontece em novembro. Mas há um candidato reserva da cúpula situacionista. Trata-se de Adriano Breunig (foto), que...

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

Empolgado e já morando em VG

emanuelzinho 400   O deputado federal Emanuelzinho (foto), do PTB, está tão empolgado com a possibilidade de concorrer a prefeito de Várzea Grande que não só transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para o município vizinho, ainda no ano passado, como também alugou um apartamento...

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.