Variedades

Segunda-Feira, 08 de Julho de 2013, 08h:43 | Atualizado: 08/07/2013, 08h:46

Infraestrutura

Dnit fiscaliza BR-163, acha asfalto precário e notifica a empreiteira

Dnit encontrou atrasos, buracos e ausência de sinalização

 -- Aprosoja e Dnit verificaram situação na BR-163, que está em obras O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) está notificando as empreiteiras responsáveis pela pavimentação da BR-163, que corta diversos estados, ligando Mato Grosso e Pará. Os principais problemas encontrados foram atrasos, abandono, buracos, depressões, ausência de sinalização e, por vezes, poucos homens e máquinas em determinados trechos.

  Assim como anunciou no Simpósio do Movimento Pró-logística na segunda (1), em Lucas do Rio Verde, o diretor do Dnit Jorge Ernesto Fraxe cobrou resultado no andamento das obras. Após acompanhar os trabalhos da empresa Trimec, em um trecho de 63 km onde somente parte dele foi pavimentado desde 2009, assim que chegou ao distrito de Moreira Mendes, o dirigente disse estar decidido a punir severamente a empresa responsável. “É uma vergonha o que vi aqui. Este trecho da estrada está oferecendo risco de vida para a população, está tudo mal feito. Já notificamos e, se preciso for, vamos mandar a Polícia Federal para cá”, afirmou.

  O diretor-executivo do Movimento Pro-logística, Edeon Vaz Ferreira, lembrou que no relatório do último Estradeiro, realizado em novembro do ano passado, foram apresentadas as particularidades de cada trecho. O documento foi encaminhado a todas as autoridades responsáveis. “Já havíamos antecipado ao Dnit a precariedade de alguns trecho da BR-163”, explicou.

  O presidente da Aprosoja, Carlos Fávaro, destacou a importância da visita in loco para acompanhar o andamento dos trabalhos e as condições de trafegabilidade da rodovia. “Quando vemos ou apresentamos dados de relatórios sobre o desenvolvimento das obras, acabamos presos nos números, que são artificiais. O Estradeiro possibilita entender qual a realidade das obras. Tenho certeza que o diretor do Dnit se sensibilizou como nossa situação”, finalizou Fávaro. (Com assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Araponga | Segunda-Feira, 08 de Julho de 2013, 19h18
    0
    0

    Araponga, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Lucas de Biasi | Segunda-Feira, 08 de Julho de 2013, 14h04
    0
    0

    O Brasil e todos os brasileiros esperam que à partir de agora o dinheiro público não seja jogado fora. Relativamente às nossas estradas federais ocorre um problema: corrupção. Para economizar, as empreiteiras subornam engenheiros, mestres e seja lá quem mais for, colocando menos material, ou material de quinta categoria na construção das rodovias. Base mal acabada, obras de arte precárias, terraplenagem mal feita, drenagem pior ainda, massa asfáltica que mais parece uma folha de papel, e por aí vai. Seria interessante que os Batal~hoes de Engenharia de Construção ficassem responsáveis pelas vistorias. Teríamos as melhores estradas do mundo. Dinheiro prá isso nós temos. Se temos. Que me corrojam, se eu estiver errado.

  • FRANCISCO PIRES | Segunda-Feira, 08 de Julho de 2013, 10h25
    0
    0

    O DNIT TEM POR OBRIGAÇÃO FISCALIZAR AS OBRAS EM ANDAMENTO, SE DEIXAR POR CONTA DAS EMPREITEIRAS A COISA FICA DE MAL A PIOR. O DNIT TEM PESSOAL QUALIFICADO P/TAL SERVIÇO, SE NÃO FAZEM ALGUMA COISA ESTA CHEIRANDO MAL. PODE?

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

Ex-vereador do DEM recua da disputa

ivan evangelista 400 curtinha   O pecuarista e ex-vereador Ivan Evangelista (foto) vai mesmo jogar a tolha. Apontado como uma das apostas do DEM na briga por vaga no Legislativo cuiabano, Ivan não se empolgou, notou dificuldades para se obter êxito nas urnas e vai comunicar a direção do partido de sua desistência da...

Gestão Tatá sob várias irregularidades

tata amaral 400 curtinha   A gestão Tatá Amaral (foto), em Poconé, está sendo marcada por uma série de irregularidades. Uma denúncia feita junto ao TCE pelo auditor público interno municipal, Ademar Vivan Júnior, foi confirmada. Descobriu-se, por exemplo, contratação...

Ucamb é multada por irregularidades

edio 400 curtinha   Numa sessão realizada por videoconferência, o TCE puniu o líder comunitário Édio Martins de Souza (foto) por irregularidades num convênio de 2009 com o Estado. Na época, Édio presidia a União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairro (Ucamb)....

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.