Variedades

Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2012, 07h:47 | Atualizado: 10/12/2012, 11h:11

Rondonópolis

Rondonópolis comemora 59 anos e aguarda a posse de Percival

   Rondonópolis comemora hoje (10) seus 59 anos de emancipação política e administrativa, aguardando a posse do 19º prefeito no próximo dia 1º de janeiro. Percival Muniz (PPS), que assume o posto hoje ocupado por Ananias Filho (PR), vai representar a nova mudança no comando do Município. A cidade, até 1953, era distrito de Poxoréo.

   Na história política de Rondonópolis, o 1º prefeito, Rosalvo Farias, foi nomeado e ficou no cargo até a eleição de Daniel Martins de Moura, que foi eleito pela população. Daniel, falecido na década de 90, empresta o nome a uma das principais escolas da rede estadual de Rondonópolis.

   Em seguida, entre os anos de 1958 a 1966. o Município foi comandado pelos engenheiros Luthero Lopes (1959/1962) e Satyro Phol de Castilho (1963/1966). Satyro, décadas mais tarde assumiu a presidência do CREA em Mato Grosso.

   Entre os anos de 1970 a 82, a sequência de prefeitos foi Hélio Cavalcante Garcia (1967/1970); Zanete Ferreira Cardinal (1971/1972); Cândido Borges Leal Júnior, o Candinho (1973/1976) que é pai de Ana Carla Muniz - esposa do prefeito eleito Percival Muniz - e Walter de Souza Ulyssea (1977/82).

   A  partir da década de 80, os prefeitos de Rondonópolis começaram a encarar o comando do município como trampolim para saltos mais altos na política. O hoje deputado federal Carlos Bezerra (PMDB) foi eleito em 1982, e 4 anos depois já era governador do Estado.

   O vice de Bezerra, o médico Fausto Faria, governou Rondonópolis entre 86 a 88 e no final da década de 90, foi secretário de Fazenda e Educação na gestão Dante de Oliveira, no Governo do Estado.

  No ano de 1988, o PMDB tentou eleger Percival Muniz que acabou sendo derrotado por Herminío Jota Barreto (na época filiado ao PL), que ficou no poder de 1989 a 1992. 10 anos após ter vencido em 1982 , Carlos Bezerra estava de volta ao poder, derrotando nas urnas Moisés Feltrin (PFL) e a ex-vereadora Marlene de Oliveira Santos (PSB).

   Bezerra deixou a prefeitura para assumir uma cadeira no Senado, renunciando ao cargo pela 2ª vez, pois já havia saído em 1986, sem terminar o mandato.Rogério Salles (PSDB), que era vice Bezerra, assumiu o governo em 1994 e ficou até 1996. Em 2002, Rogério chegou a ser governador de Mato Grosso porque Dante de Oliveira também renunciou para concorrer ao Senado.

  Em 1997, assume Alberto de Carvalho, que governa a cidade em meio à uma crise administrativa sem precedentes. Os servidores estavam com os salários atrasados há mais de cinco meses e o Prefeito estava sendo investigado por uma suposta negociação de propina com a direção da empresa que na época detinha a concessão do transporte coletivo em Rondonópolis.

   Não suportando a pressão, Alberto acabou renunciando em dezembro de 1998, quando o seu vice Percival Muniz assumiu o cargo. Dois anos depois, Percival enfrentava Wellington Fagundes (na época, no PL) nas urnas e seria reeleito.

 Já em 2004, o então empresário Adilton Sachetti (ex-PR, hoje no PDT) foi lançado para disputar a prefeitura pelo ex-governador Blairo Maggi (PR) e pelo então prefeito Percival. Sachetti enfrentou e venceu o deputado estadual Zé do Pátio (PMDB) e Wellington Fagundes (PR), em uma eleição disputadíssima.

   Em 2008, Sachetti e Pátio voltaram a se enfrentar com o peemedebista levando a melhor. Pátio, no entanto, acabou entrando para a história como o 1º prefeito cassado. O Tribunal Regional Eleitoral condenou Pátio e perder o mandato por gastos ilícitos de campanha.

   No dia 15 de maio deste ano, o vereador Ananias Filho (PR) assumiu a prefeitura em razão da cassação do ex-prefeito, e tentou a reeleição, mas acabou sendo derrotado. Percival, por sua vez, a partir de 2013, governará Rondonópolis pelos próximos 4 anos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

AMM omite transparência e é acionada

neurilan fraga curtinhas   O Ministério Público e o TCE receberam denúncia e vão intimar a AMM, presidida por Neurilan Fraga, a se explicar sobre o porquê o portal da entidade estar completamente desatualizado. Em Transparência, nada consta de informação, muito menos em relação...

Famílias e resgate da Praça Alencastro

emanuel praca curtinha   A praça Alencastro, em frente à prefeitura, no centro de Cuiabá, voltou a ser frequentada, de forma tranquila e segura, pelas famílias, algo até então inimaginável, principalmente à noite, porque ali estava tomado por pessoas suspeitas, inclusive de tráfico de...

Silval pagou dezembro; e Taques, não

pedro taques curtinhas   Por incrível que pareça, Pedro Taques (foto), que passou o tumultuado mandato de quatro anos olhando para o retrovisor, carimbando Silval Barbosa (foto) de quadrilheiro, corrupto e de incompetente, vai fechar o mandato, no próximo dia 31, sem pagar a folha de dezembro, ou seja, empurrando-a para o...

2 na briga para cuidar do caixa da AL

guilherme maluf curtinha   Sob articulação do pai, ex-deputado José Riva, a deputada reeleita Janaína segue articulando duro nos bastidores para compor chapa como primeira-secretária. Na prática, por mais que encontre certas resistências de alguns dos colegas votantes, ela quer ser ordenadora de...

MDB aponta o des(acordo) com Mauro

carlos bezerra curtinha   O MDB conduzido por Carlos Bezerra insiste na tese de que Mauro Mendes está descumprindo acordo de campanha. Para atrair o partido ao palanque, Mauro se comprometeu a, se eleito, oferecer duas secretarias de ponta à legenda. Agora, em reunião com o dirigente emedebista, o governador eleito sugeriu as...

Selma prevarica sobre tais extorsões

selma arruda curtinha   A juíza aposentada Selma Arruda, senadora eleita pelo PSL, arrumou mais uma confusão. Acuada por estar sendo investigada por abuso de poder econômico e sob risco de ser cassada, ela disparou sua metralhadora verbal contra membros do TRE-MT. Sem citar nome, afirmou que sofreu três tentativas de...

Derrota, acordo e permanência na AL

romualdo junior   Romoaldo Júnior (foto) está rindo à toa. Após derrota à reeleição, viu nas negociações políticas a chance de continuar legislando na Assembleia. E, pelo visto, conseguiu. O governador eleito Mauro convidou o deputado reeleito Allan Kardec (PDT) para assumir a...

Misael priorizará concurso na Câmara

misael galvao curtinha   Misael Galvão, que assume a presidência da Câmara de Cuiabá em 1º de janeiro, já definiu como uma das prioridades de sua gestão a realização de concurso público para preenchimento de diversas vagas. A equipe de transição, que levanta a real...

Definida lista tríplice para vaga no TRE

Em sessão ordinária administrativa realizada na manhã desta quinta (13), o Pleno do Tribunal de Justiça (TJ)  definiu a lista tríplice com o nome dos advogados que irão concorrer à vaga de juiz membro titular – classe jurista – do Tribunal Regional (TRE). A vaga será aberta com o término do primeiro biênio do advogado Ulisses Rabaneda  na função. Compõem a lista os advogados...

MAIS LIDAS