ECONOMIA E AGRO

Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019, 08h:51 | Atualizado: 21/11/2019, 17h:01

Meio Ambiente

Adjunto diz que Sema ampliou fiscalização e espera fechar ano com menor desmate

O secretário-adjunto executivo da Sema, Alex Marega, avalia que os dados divulgados pelo Inpe sobre a taxa de desmatamento em Mato Grosso, ainda são parciais. O gestor diz acreditar que, no fechamento do ano, o índice de derrubada de floresta no Estado deve se situar em 1,5 mil km quadrados. O estudo preliminar, referente aos 12 meses encerrados em agosto, aponta que 1,6 mil quilômetros quadrados já foram desmatados no Estado.

Rodolfo Perdigão

O secret�rio-adjunto executivo da Sema Alex Marega

Secretário-adjunto da Sema Alex Marega ressalta fiscalização

“A média histórica do Estado tem sido 1,5 mil km quadrados de desmatamento por ano, e acredito que deve se manter assim em 2019. Os dados da Sema apontam que, a partir de agosto, quando implantamos o sistema de monitoramento via satélite, é que estamos conseguindo reduzir”, avalia.

Naquele mês, o Governo contratou os serviços de monitoramento de floresta em tempo real, por meio do Imagens Planet. Alex relata que, desde então, o Estado já conseguiu realizar a aplicação de R$ 271 milhões em multas até outubro, em razão do monitoramento de 71,5 mil hectares, via satélite.

O volume de autuações é considerável, já que de janeiro a julho, sem o sistema, o Estado vistoriou 72 mil hectares, e gerou R$ 382 milhões em multas. A estimativa é que o ano encerre com R$ 700 milhões em razão das infrações ambientais.

“A meta do desmatamento zero não pode ser alcançada só com fiscalização e controle. Passa também pelo Programa Produzir, Conservar e Incluir (PCI), que tem entre os objetivos a arrecadação de recursos internacionais para financiar ações de preservação”, defende.

Apesar dos dados do Prodes Amazônia serem parciais, levam em consideração um período maior do que o monitoramento feito pelo Inpe em tempo real. No começo deste semestre, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticou o modelo de compilação dos dados de desmatamento mais imediatista, e colocou como confiável os dados do Prodes, porém, as duas metodologias apontaram crescimento relativo do desmatamento.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • pesquisador ambiental | Segunda-Feira, 25 de Novembro de 2019, 09h34
    1
    0

    esse individuo tem a ficha mais suja que puleiro de galinheiro, só pesquisar sobre ele no google. qual a credibilidade dele em falar alguma coisa sobre meio ambiente? e como pode um governador nomear um individuo deste nivel como secretário adjunto???

  • Uilson | Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019, 14h27
    4
    1

    SENHOR SECRETÁRIO-ADJUNTO ALEX MAREGA DA SEMA O SEU CHEFE O GOVERNADOR MAURO MENDES COM A MAIORIA DOS DEPUTADOS VIVEM LEGISLANDO PARA AMPLIAR O LIMITE PARA DESMATAR NÃO PARA REDUZIR O DESMATAMENTO E TAMBÉM ATUAM PARA AFROUXAR A FISCALIZAÇÃO DE MADEIRA.

  • Maria | Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019, 11h36
    5
    0

    É CONVERSA FIADA PARA BOI DORMIR QUE O DESMATAMENTO ESTÁ CONTROLADO, A REALIDADE É UMA SÓ, A FLORESTA DO ESTADO DE MATO-GROSSO VEM SOFRENDO BASTANTE COM O DESMATAMENTO ILEGAL A MUITO TEMPO. A BUSCA INCESSANTE PELO LUCRO A CORRUPÇÃO E O COMODISMO DAS NOSSAS AUTORIDADES SÃO AS PRINCIPAIS CAUSAS DESTE TRÁGICO PROBLEMA, E TAMBÉM A PORTA DO ESTADO ESTÁ ABERTA ( SEM FISCALIZAÇÃO ) PARA O TRANSPORTE DE MADEIRAS COMO A CASTANHEIRA (PROIBIDA DE CORTE) E TANTAS OUTRAS, E AINDA MAIS A FISCALIZAÇÃO DE MADEIRAS SEMPRE INCOMODOU E INCOMODA A MAIORIA DOS DEPUTADOS O GOVERNO E AQUELAS MADEIREIRAS QUE QUEREM ANDAR NA ILEGALIDADE, A FLORESTA NÃO É SÓ PARA A PRESENTE GERAÇÃO MAIS TAMBÉM PARA AS FUTURAS GERAÇÕES.

Matéria(s) relacionada(s):

Reunião pra complô desmoraliza Abílio

abilio 400 curtinha   A considerar as imagens de circuito interno de vídeo do hospital privado São Benedito, exibidas nesta quinta, durante sessão na Câmara de Cuiabá, a situação de Abílio Brunini (foto) se complica mais ainda. Investigado pela Comissão de Ética por reincidentes...

Contra mudar multas do Fundecontas

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro (foto) vetou a inclusão de um dispositivo no artigo 2º da lei de 2005 que criou o Fundo de Reaparelhamento e Modernização do TCE. Essa alteração foi aprovada pela Assembleia na sessão de 29 de outubro e, na prática, iria retirar e dar outro...

Ex-deputado quer comandar Chapada

roberto nunes 400   O ex-deputado Roberto Nunes (foto), que recebe dois vencimentos da Assembleia, um como aposentado e outro como beneficiário do extinto FAP, somando mais de R$ 30 mil mensais, está se articulando para encarar mesmo a disputa pela Prefeitura de Chapada dos Guimarães. Transferiu para lá o...

Contra regular as redes a magistrados

thiago amam 400 curtinha   O presidente da Associação Mato-Grossense de Magistrados, juiz Tiago Abreu (foto), vê com preocupação a proposta de resolução do CNJ que estabelece parâmetros quanto à utilização das redes sociais por magistrados. Enfatiza que a Amam...

Sem prefeitos, Sema cancela evento

mauren 400   Sob Mauren Lazzaretti (foto), a secretaria estadual de Meio Ambiente tinha programado um ato nesta quarta, às 16h, em sua sede, para entrega do chamado Kit Descentralização a 30 prefeitos. O governador Mauro participaria do evento. Mas os gestores não apareceram. Cinco mandaram representantes. Ao ser...

"Fogo amigo" no TCE e petição no STJ

E segue a guerra nos bastidores entre conselheiros substitutos e os titulares afastados. Os reservas que há dois anos compõem o Pleno torcem para Albano, Joaquim, Sérgio, Teis e Novelli não retornar à ativa tão cedo. E, segundo informações, dois deles têm agido de forma açodada no STJ, a quem cabe decidir pelo retorno ou não, em julgamento de um recurso na pauta para o próximo dia 18. Tentam tumultuar o processo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.