ECONOMIA

Quinta-Feira, 03 de Novembro de 2016, 17h:58 | Atualizado: 03/11/2016, 18h:02

Meio Ambiente

Blairo volta a defender preservação como uma responsabilidade mundial

Gilberto Leite

Blairo Maggi _ ministro _ coletiva

Ministro Blairo Maggi fez apelo para que ministros da Agricultura participem dos fóruns ambientais

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi defendeu, nesta quinta (03), durante a participação na XXXII Reunião Ordinária do Conselho Agropecuário do Sul (CAS), que países como Brasil e Paraguai devem se unir para exigir, ao menos, a preferência do comércio mundial de alimentos pela preservação ambiental. 

“Nós sabemos que estamos fazendo a nossa parte, preservando nossas florestas e rios, já que o Brasil hoje tem 61% do seu território preservado e apenas 8% são usados para agricultura, 19,7% para a pecuária. Mas, os países sul-americanos que não consigam fazer o mesmo que nós podem, sim, manter uma maior preservação”, disse Maggi.  

Blairo lembrou, ainda, que a conta ambiental sempre é cobrada dos agricultores. “Somos vistos como vilões pelos ambientalistas, sendo que nosso país é um dos que mais preserva no mundo, tendo terras intactas, exatamente como quando Cabral descobriu o Brasil”, defendeu ao citar, por exemplo, que o Brasil tem 41,2% de participação na energia renovável do mundo. 

O ministro fez um apelo para que os ministros da Agricultura dos países americanos participem dos fóruns mundiais ambientais. Segundo ele, a ideia é não deixar que apenas os ministros do Meio Ambiente decidam as políticas sobre preservação ambiental sem a participação dos agricultores.  

“Os maiores interessados em preservar o meio ambiente estão ficando de fora da mesa de debates. O Brasil tem economizado 150 milhões de hectares de floresta nos últimos 40 anos. Estamos indo numa direção que, logo mais, nenhum país irá comercializar produtos que não estejam dentro dos padrões ambientais”, alertou. 

CAS 

O Conselho Agropecuário do Sul foi fundado em 2003 e é formado por representantes dos Ministérios da Agricultura da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. 

O objetivo do CAS é promover a articulação do sistema agropecuário desses países, debater e desenvolver ações e políticas públicas para o setor. As reuniões são realizadas duas vezes por ano. Este ano a reunião acontece em Assunção (Paraguai). 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Maria | Quinta-Feira, 03 de Novembro de 2016, 20h49
    4
    0

    ISSO DAI É CONVERSA FIADA PARA BOI DORMIR, PORQUE O ESTADO DE MATO-GROSSO É CAMPEÃO DO DESMATAMENTO A MUITO TEMPO.

  • Moreira | Quinta-Feira, 03 de Novembro de 2016, 19h25
    4
    0

    Mentiroso esse camarada. Nas fazendas dele, a degradação ambiental é quase que regra.

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

PT, candidata vetada e novo ajuste

bob pt 400 curtinha   O PT em Cuiabá, comandado pelo assessor do deputado Lúdio, Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), terá de ajustar de novo a chapa proporcional, especialmente sobre candidaturas femininas em Cuiabá. Depois que foi intimado pela Justiça a completar a cota de mulheres, sob pena de indeferimento da...

TCE vê superfaturamento em Juara

carlos sirena 400 curtinha   Em plena campanha eleitoral o prefeito de Juara, Carlos Sirena (foto), candidato à reeleição pelo DEM, está tendo que buscar explicações sobre irregularidades apontadas pelo TCE-MT em alguns casos de dispensa de licitação, especialmente nas compras de produtos para...

Doação à campanha a pedido de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto) não tirou um centavo do bolso para colocar na campanha de Kalil Baracat, mas é o responsável pela entrada de praticamente a metade dos R$ 1,4 milhão doados ao candidato do MDB à Prefeitura de Várzea Grande. Graças à...